Topo
pesquisar

Exercícios sobre nomenclatura binomial

Exercícios de Biologia

Resolver exercícios sobre nomenclatura binomial pode servir como uma forma de fixar as regras que regem a escrita dos nomes científicos. Publicado por: Vanessa Sardinha dos Santos
questão 1

Os nomes científicos são extremamente importantes para a ciência, uma vez que permitem a identificação de um organismo independentemente da língua utilizada em um país. Isso é possível porque os nomes científicos:

a) sempre são escritos em grego ou em palavras derivadas dessa língua.

b) sempre são escritos em português.

c) sempre são escritos em inglês, a língua mais falada no mundo.

d) são escritos em uma língua criada pela coordenação do Código Internacional de Nomenclatura Biológica.

e) sempre são escritos em latim ou os termos são latinizados.

questão 2

Todo nome científico de uma espécie é formado por dois termos (nomenclatura binomial). Cada termo possui um significado, e o primeiro indica:

a) o gênero ao qual a espécie pertence.

b) o filo ao qual a espécie pertence.

c) a ordem a qual a espécie pertence.

d) o reino ao qual a espécie pertence.

e) a família a qual a espécie pertence.

questão 3

Os nomes científicos apresentam algumas regras que devem ser seguidas no momento da escrita em um texto. Observe a seguir o nome científico do cajueiro e marque a alternativa em que todas as regras são obedecidas:

a) Anacardium Occidentale.

b) anacardium occidentale.

c) Anacardium occidentale.

d) Anacardium occidentale.

e) Anacardium Occidentale.

questão 4

Algumas vezes, citamos o autor do nome da espécie juntamente ao nome científico. Analise as alternativas a seguir e marque aquela em que a escrita do nome da espécie e de seu respectivo autor obedece às regras de nomenclatura.

a) Cyanopsitta spixii (Wagler).

b) Cyanopsitta spixii, Wagler.

c) Cyanopsitta spixii. Wagler.

d) Cyanopsitta spixii Wagler.

e) Cyanopsitta spixii; Wagler.

questão 5

Quando escrevemos o nome de uma espécie, utilizamos normalmente dois termos: o gênero e o epíteto específico. Algumas vezes, no entanto, observamos a nomenclatura trinomial, como é o caso da ave: Haematopus ostralegus occidentalis. Nesse caso, temos um exemplo de:

a) subgênero.

b) subreino.

c) subfilo.

d) subespécie.

e) subclasse.

respostas
Questão 1

Alternativa “e”. O latim é uma língua que não é usada atualmente por nenhum país, portanto, não sofre nenhuma alteração. Por essa razão, ele foi escolhido para a escrita dos nomes científicos.

Voltar a questão
Questão 2

Alternativa “a”. O nome científico é formado por dois termos: o primeiro que indica o gênero, e o segundo que é chamado de epíteto específico. Os dois termos juntos determinam o nome de uma espécie.

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa “d”. O nome científico deve estar em itálico ou destacado de outra maneira no texto (sublinhado, por exemplo). Além disso, o gênero deve ser escrito com letra maiúscula, e o epíteto específico, com letra minuscula.

Voltar a questão
Questão 4

Alternativa “d”. Quando o autor de uma espécie for citado, seu nome dever vir logo após o nome científico sem nenhuma pontuação e com letras normais.

Voltar a questão
Questão 5

Alternativa “d”. A nomenclatura trinominal como mostrada no enunciado indica um caso de subespécie.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola