Topo
pesquisar

Exercícios sobre a Região Nordeste

Exercícios de Geografia do Brasil

A região Nordeste é uma das mais diversificadas do país, tanto em aspectos culturais e humanos quanto em aspectos físicos e naturais. Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
questão 1

Sobre a população nordestina, julgue os itens a seguir, assinalando V para verdadeiro e F para falso.

(   )      A região Nordeste é etnicamente homogênea, assinalando uma identidade única entre os seus habitantes.

(   )      A sub-região da Zona da Mata é aquela que apresenta o menor número de habitantes.

(   )      Em razão do elevado grau de industrialização, a maior parte da população brasileira encontra-se, atualmente, na região Nordeste.

(   )      Apesar de apresentar um elevado índice populacional, algumas regiões do Nordeste apresentam verdadeiros “vazios demográficos”.

questão 2

Assinale a alternativa que apresenta as quatro principais sub-regiões do Nordeste brasileiro:

a) Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio Norte.

b) Zona da Mata, Recôncavo Baiano, Planalto da Borborema e Sertão Maranhense.

c) Agreste, Polígono das Secas, Zona açucareira, Litoral norte.

d) Sertão, Região da Caatinga, Cangaço e Norte Úmido.

e) Litoral, Meio Norte, Noroeste e Oeste.

questão 3

Leia o texto a seguir:

O fenômeno das secas só recebeu a atenção do poder central quando os “coronéis” sertanejos do algodão e do gado completaram sua ascensão econômica. Durante a grande seca de 1877-79, que dizimou cerca de 500 mil nordestinos, entre os quais a metade dos 120 mil habitantes de Fortaleza, D. Pedro II chegou a afirmar que “empenharia até as joias da Coroa, mas não permitiria que os sertanejos passassem fome”. O imperador não vendeu as joias, mas iniciou em 1881 a construção do primeiro grande açude no Nordeste, em Quixadá, no Ceará.

As secas passaram a ter significado político na época da consolidação da oligarquia algodoeira [...]. A “política hidráulica” que tomava corpo, focalizada na construção de barragens, açudes, poços e estradas, constituiu um veículo de transferência de recursos públicos para o patrimônio privado da elite sertaneja.

MAGNOLI, D. Geografia para o Ensino Médio. São Paulo: Atual, 2008.p.327-328.

Diante das considerações expostas pelo texto, assinale a alternativa correta:

a) O problema da seca do Nordeste limita-se à não funcionalidade do açude de Quixadá, no Ceará.

b) Ao afirmar que a “política hidráulica” foi responsável por transferir recursos públicos para o setor privado, o autor quis dizer que a esperança do governo era o empreendedorismo dos pequenos agricultores regionais para resolver o problema da seca.

c) Com a leitura do texto, percebemos que o problema da seca continuou no Nordeste em razão de D. Pedro II não ter empenhado as joias da Coroa, conforme havia prometido.

d) O autor do texto revela que o problema da seca do Nordeste é histórico e está relacionado a eventos políticos e interesses econômicos oligárquicos.

questão 4

(UnB – com adaptações)

Leia o texto a seguir e assinale a alternativa INCORRETA sobre o Nordeste semiárido brasileiro:

"Existem na América do Sul três grandes áreas semiáridas - a região Guajira, na Venezuela e Colômbia; a diagonal seca do Cone Sul que envolve muitas nuances de aridez ao longo da Argentina, Chile e Equador; e, por fim, o Nordeste Seco do Brasil. Das velhas e repetitivas noções do ensino médio herdadas um pouco por todos nós restaram observações pontuais e desconexas sobre o universo físico e ecológico do Nordeste Seco."

(Aziz Nacib Ab Saber, "Ciência Hoje", Volume Especial - Eco Brasil, mai. 1992.)

a) O semiárido nordestino caracteriza-se por baixos níveis de umidade, escassez de chuvas anuais e irregularidades no ritmo das precipitações ao longo dos anos.

b) Um dos fatores marcantes da região é a inexistência de rios perenes e caudalosos. Essa drenagem intermitente inviabiliza projetos de irrigação na área.

c) Apesar de predominantemente seco, no semiárido, encontram-se algumas áreas de mata úmida, alimentadas por chuvas orográficas. Essas áreas são conhecidas, regionalmente, como "brejos".

d) Ao contrário do que se imagina, o Nordeste seco não é o "império" das chapadas. Em 85% do seu território predominam depressões interplanálticas, situadas entre maciços antigos e chapadas localizadas.

questão 5

(UEM)

A região destacada no mapa a seguir caracteriza-se entre outros fatores por:

Sub-região do Nordeste brasileiro

a) apresentar uma estrutura agrária exclusivamente de latifúndios dedicados à lavoura de cana-de-açúcar.

b) dedicar-se à pecuária extensiva, lembrança da principal atividade desenvolvida no período colonial.

c) aproveitar suas terras mais úmidas para a fruticultura, não necessitando, desta forma, de irrigação.

d) englobar a maior produção de arroz de toda a região nordestina.

e) fornecer mão de obra temporária para as plantações de cana-de-açúcar da Zona da Mata.

respostas
Questão 1

(F) – Em virtude da colonização, que foi responsável pela inter-relação sociocultural de povos ameríndios, africanos e europeus, a região Nordeste é extremamente diversificada sob o ponto de vista étnico, apresentando, assim, múltiplas identidades.

(F) – Na verdade, a Zona da Mata, por ser a região mais desenvolvida do Nordeste, é a sub-região mais densamente povoada.

(F) – A maior parte da população brasileira encontra-se, na verdade, na região Sudeste do país.

(V) – Algumas regiões, como o Sertão, apresentam vazios demográficos em função das condições naturais desfavoráveis e, principalmente, do pouco desenvolvimento econômico local.

Voltar a questão
Questão 2

As quatro sub-regiões do Nordeste são: Zona da Mata, Agreste, Sertão e Meio Norte.

Letra A.

Voltar a questão
Questão 3

a) Falso – segundo o texto, o açude de Quixadá foi a primeira medida tomada por D. Pedro II para tentar resolver o problema da seca no Nordeste.

b) Falso – na verdade, quando o autor afirma que a “política hidráulica” foi responsável por transferir recursos públicos para o setor privado, ele insinua que as ações públicas favoreceram apenas os grandes coronéis da época na região.

c) Falso – “empenhar as joias da coroa” foi uma expressão utilizada pelo imperador para dizer que não deixaria, em hipótese alguma, a população sertaneja sofrer com as condições de miséria.

d) Verdadeira – conforme podemos perceber com a leitura do texto, o problema da seca no Nordeste existe desde os tempos de D. Pedro II (ou até antes), estando mais relacionado aos poderes oligárquicos locais do que propriamente às condições climáticas.

Voltar a questão
Questão 4

a) Correto – o clima do semiárido é marcado por níveis baixos de umidade, poucas precipitações, que costumam ser mal distribuídas ao longo do ano.

b) Incorreto – o Rio São Francisco é um exemplo da existência de rios perenes e caudalosos na região, o que viabiliza sim a existência de projetos de irrigação.

c) Correto – Os brejos são algumas das poucas regiões úmidas do sertão nordestino.

d) Correto – A maior parte das regiões nordestinas é interplanáltica, ou seja, está localizada entre regiões com altitudes um pouco mais elevadas, típicas de planaltos, o que explica a ausência de massas de ar úmido em algumas regiões.

Voltar a questão
Questão 5

Letra “e”

A região representada pelo mapa é o Agreste nordestino, que é muito marcado por fornecer mão de obra para a Zona da Mata em épocas de corte da cana-de-açúcar nessa região, atividade que demanda uma grande quantidade de funcionários.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola