Topo
pesquisar

Exercícios sobre Geografia Urbana

Exercícios de Geografia

Estes exercícios sobre Geografia Urbana envolvem questões referentes às dinâmicas socioeconômicas e estruturais do espaço das cidades. Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
questão 1

 “A urbanização é um sinal característico da modernização econômica. A transferência da população do meio rural para o meio urbano acompanha a transição de um padrão de vida econômica apoiado na produção agrícola fechada e autossuficiente para outro, baseado na indústria, no comércio e nos serviços. Atrás do processo de urbanização, encontra-se a intensificação da divisão social do trabalho e o aprofundamento da produção mercantil”.

(MAGNOLI, D. Geografia para o Ensino Médio. São Paulo: Atual, 2008. p.402).

O urbano diferencia-se do rural não somente pela sua posicionalidade, mas também por suas características sociais, econômicas e até culturais. Conforme o trecho acima, podemos considerar que o espaço urbano envolve:

a) práticas predominantemente relacionadas com os setores secundário e terciário da economia, além de uma dinâmica trabalhista socialmente mais complexa.

b) organizações de trabalho ordenadamente divididas, sem as mesmas atribuições austeras que geralmente se vinculam ao sistema produtivo do campo.

c) uma menor relação entre custo e benefício para o trabalhador, em razão da presença de maquinários no cerne da produção, ao contrário do que ocorre no espaço rural.

d) uma mais avançada produção tecnológica, haja vista que as cidades apresentam estruturas mecânicas mais avançadas que os grandes espaços de produção agrícola.

e) uma lógica de dependência econômica e social acentuada, haja vista que as cidades não foram capazes de alcançar a mesma autossuficiência do meio agrário.

questão 2

 “Quem dela se aproxima, é impactado por seu tamanho: quilômetros de avenidas, com suas casas e galpões e blocos de edifícios, uma profusão de letreiros e imagens publicitárias. O movimento das pessoas e objetos que circulam 24 horas por dia está presente em tudo, até nas telas dos painéis coloridos que projetam o mundo eletrônico sobre a geografia construída da cidade […].

Enquanto isso, os rios, como o Tietê e o Pinheiros, que antigamente se espalhavam por largas várzeas, transformaram-se em canais de esgoto espremidos entre vias expressas [...]. Em certos pontos de suas margens se vêem, sob anúncios iluminados, barracos de madeira e tijolo com varais de roupas pendurados e anúncios de borracheiros, manicures e "vende-se geladinho"; em outros, esqueletos de construções inacabadas ou falidas, ruínas totalmente cobertas por inscrições em grafias incompreensíveis ao lado de edifícios profusamente pintados e iluminados. Mais adiante conjuntos de torres inteligentes, brilhando em aço e vidro, refletem a paisagem marcada pela crueza desses contrastes”.

(Adaptado de: Folha Online. 26/02/2009. Disponível em: <http://www1.folha.uol.com.br/folha/publifolha/ult10037u352120.shtml>. Acesso em: 15/08/2014).

O trecho acima apresenta uma narração que descreve o ambiente e a paisagem da cidade de São Paulo. O ritmo de atividade e os problemas estruturais mencionados explicam-se, respectivamente, pelos conceitos de:

a) urbanização e migração interna

b) socialização e desconcentração industrial

c) metropolização e macrocefalia urbana

d) concentração demográfica e segregação espacial

e) complexificação econômica e periferização social

questão 3

Cidade de Brasília - Visão geral
Cidade de Brasília - Visão geral

A imagem acima apresenta a paisagem da cidade de Brasília, uma cidade com funções político-administrativas. Uma característica que NÃO representa esse tipo de cidade faz-se presente na afirmativa:

a) apresenta elevada oferta de empregos no setor público.

b) representa uma arquitetura adversa ao urbanismo racionalista.

c) prioriza uma estética funcional previamente planejada.

d) estrutura uma organização prioritariamente burocrática.

e) organiza-se a partir de uma posição fundamentalmente estratégica.

questão 4

(ENEM 2013)

Trata-se de um gigantesco movimento de construção de cidades, necessário para o assentamento residencial dessa população, bem como de suas necessidades de trabalho, abastecimento, transportes, saúde, energia, água etc. Ainda que o rumo tomado pelo crescimento urbano não tenha respondido satisfatoriamente a todas essas necessidades, o território foi ocupado e foram construídas as condições para viver nesse espaço.

MARICATO, E. Brasil, cidades: alternativas para a crise urbana. Petrópolis, Vozes, 2001.

A dinâmica de transformação das cidades tende a apresentar como consequência a expansão das áreas periféricas pelo(a)

a) crescimento da população urbana e aumento da especulação imobiliária.

b) direcionamento maior do fluxo de pessoas, devido à existência de um grande número de serviços.

c) delimitação de áreas para uma ocupação organizada do espaço físico, melhorando a qualidade de vida.

d) implantação de políticas públicas que promovem a moradia e o direito à cidade aos seus moradores.

e) reurbanização de moradias nas áreas centrais, mantendo o trabalhador próximo ao seu emprego, diminuindo os deslocamentos para a periferia.

respostas
Questão 1

Conforme aponta o trecho apresentado pela questão, as práticas urbanas baseiam-se na “indústria, no comércio e nos serviços”, evidenciando a predominância dos setores secundário e terciário da economia. Assim, notam-se as mais profundas complexidades trabalhistas, além de uma maior empregabilidade que o meio rural, que hoje conta com uma produção altamente mecanizada nas grandes propriedades.

Alternativa correta: letra A.

Voltar a questão
Questão 2

A descrição comenta, inicialmente, a respeito da grandiosidade e do ritmo acelerado das práticas no espaço da cidade de São Paulo, o que foi causado principalmente pelo seu crescimento acelerado ao longo do século XX, fator vinculado ao conceito de metropolização. Em seguida, apontam-se alguns problemas estruturais de ordem ambiental, social e de moradia, o que se faz pelo inchaço do espaço da cidade, assinalando o conceito de macrocefalia urbana.

Alternativa correta: letra C.

Voltar a questão
Questão 3

Cidades político-administrativas, como Brasília, costumam apresentar uma ampla oferta no setor público, haja vista a numerosa presença de órgãos estatais, puramente burocráticos, além de uma paisagem que garanta a sua funcionalidade. Além disso, essas cidades costumam ser planejadas e localizam-se em áreas estratégicas previamente escolhidas. O caso de Brasília – e de muitas outras do mesmo tipo, como Chandigarh na Índia – representa uma arquitetura racionalista, tipicamente moderna.

Alternativa correta: letra B.

Voltar a questão
Questão 4

O movimento de crescimento das cidades, quando ocorrido de forma acelerada e acompanhado por uma intensa valorização do solo, tende a gerar uma expansão de áreas periféricas pelo crescimento rápido e pela segregação espacial gerada pela elevação do preço das áreas centrais. Tal valorização ocorre, principalmente, pela intensa especulação imobiliária, que “joga” a população de baixa renda para as zonas mais afastadas, onde novos loteamentos costumam ser instaurados, fazendo com que as cidades cresçam mais ainda.

Alternativa correta: letra A.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola