Topo
pesquisar

Exercícios sobre revoltas no mundo árabe

Exercícios de Geografia

Os protestos do mundo árabe estão entre os temas mais discutidos pela mídia internacional na atualidade. Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
questão 1

Esses movimentos estão surgindo lentamente. As pessoas estão começando a ficar extremamente desencantadas com a realidade da situação. No mundo Árabe, as revoltas aconteceram porque a situação simplesmente explodiu.

Em alguns casos, os ditadores foram depostos, mas quem atuava por trás deles? Nós falamos de democracia na imprensa ocidental, mas aqueles ditadores eram fantoches que atuavam na lógica norte-americana de governar o mundo. Por isso que eu digo que essa realidade é uma contradição imensa [...]. Autoridades inglesas declararam que a saída do ditador do Iêmen seria muito perigosa porque poderia significar o controle do país pela Al Qaeda e, portanto, um risco à segurança na Inglaterra. Dá para imaginar isso? A Al Qaeda no Iêmen sendo um perigo para a segurança inglesa? É um absurdo e os políticos se atrevem a dizê-lo em público, mesmo que não acreditem sinceramente numa palavra.

MÉSZÁROS, I. As revoltas do mundo árabe. Carta Capital, 23/06/2011. Disponível em: <http://www.cartacapital.com.br>. Acesso em: 08/11/2013.

Sobre as afirmações colocadas no texto, considere as afirmações a seguir:

I. A crítica proclamada pelo autor refere-se ao fato de as revoltas do mundo árabe constituírem um acontecimento antigo, mas que só agora recebeu atenção das grandes potências mundiais.

II. As atenções sobre uma possível ascensão da Al-Qaeda no mundo devem-se ao fato de essa organização ser um grupo terrorista, considerada como responsável pelos atentados às Torres Gêmeas em setembro de 2001.

III. A “primavera árabe” ocorre, na verdade, em função da intervenção de Estados Unidos e Inglaterra no mundo árabe, que almejam estabelecer o controle da região.

IV. Ao ressaltar a questão do Iêmen, o autor questiona o fato de não haver apoio internacional aos manifestantes no país, ao contrário do que aconteceu na Líbia, durante a queda do ditador Muammar Kadhafi.

Sobre as considerações acima, é correto dizer que:

a) somente a afirmativa I é verdadeira.

b) somente a afirmativa II é verdadeira.

c) somente as afirmativas II e IV são verdadeiras.

d) somente as afirmativas II, III e IV são verdadeiras.

e) todas as afirmativas são verdadeiras.

questão 2

(UECE) O ano de 2011, além de completar dez anos do atentado terrorista aos Estados Unidos, tem visto vários conflitos no mundo árabe: a queda dos regimes tunisiano e egípcio e, em seguida, a derrubada de Muammar Kadhafi, na Líbia, e a insurreição na Síria. Sobre os atuais conflitos no mundo árabe, é correto afirmar que:

a) as revoltas da Tunísia e do Egito foram geradas pela indignação diante da riqueza e da corrupção da elite governante.

b) reivindicam a política de bem-estar social que garante educação, segurança e saúde gratuitas, bem como uma renda digna para todos.

c) foram gerados pela queda do preço do petróleo e pela indignação com a falta de oportunidades para os jovens.

d) os casos sírio e líbio decorrem da aceitação da desigualdade como preço a ser pago em troca do crescimento econômico.

questão 3

Poucos dias após o confronto armado entre as forças pró-governo e opositores ter chegado à capital do país, Damasco, um atentado suicida atingiu nesta quarta-feira o centro nervoso do regime de Bashar al-Assad, causando a morte de alguns dos principais nomes de sua cúpula de segurança.

Segundo a imprensa estatal síria, morreram no ataque o ministro da Defesa do país, general Dawoud Abdelah Rayiha, seu vice-ministro, general Assef Shawkat (cunhado de Assad), e o general sírio Hassan Turkmani, chefe do grupo governamental encarregado da crise, ex-ministro da Defesa e até então assistente do vice-presidente.

UOL Notícias, 08/07/2012. Disponível em: <http://noticias.uol.com.br/ >. Acesso em: 08/11/2013.

O texto acima se refere aos protestos que se iniciaram na Síria em março de 2011 e que visam à derrubada do ditador Bashar al-Assad. Sobre essa questão, é correto afirmar que:

a) Os protestos na Síria não chamam a atenção dos demais países, pois estes não consideram como estratégica uma possível intervenção militar no país, que passa por uma guerra civil.

b) A queda do ditador sírio seria considerada vantajosa para os Estados Unidos, uma vez que o líder de Estado mantém relações diplomáticas muito estreitas com o Irã, grande inimigo político dos estadunidenses.

c) Os protestos na Síria, apesar de fazerem parte do mundo árabe, não fazem parte dos acontecimentos referentes à “Primavera Árabe”, uma vez que eles são anteriores a ela.

d) O texto fornece a informação de que membros do governo sírio foram atacados e mortos por forças rebeldes em julho de 2012. Esse fato foi um dos elementos decisivos para a queda do ditador Bashar al-Assad.

questão 4

Sobre as revoltas que marcaram aquilo que se convencionou chamar de “Primavera Árabe”, assinale a alternativa INCORRETA:

a) Trata-se de uma série de protestos organizados pela população, de maioria jovem, contra regimes ditatoriais em países situados no mundo árabe.

b) Teve início na chamada “Revolução de Jasmim”, iniciada em dezembro de 2010 na Tunísia.

c) Envolve a disputa pela posse de armas nucleares, até então controladas pelos regimes ditatoriais árabes.

d) Envolveu a utilização da internet e de redes sociais, muito utilizadas pelos manifestantes para propalar suas ideias e divulgar informações sobre os protestos realizados.

questão 5

(UFTM - adaptada)

Em julho de 2011, a série de revoltas contra regimes do mundo árabe, conhecida como Primavera Árabe, completou seis meses. Os ativistas utilizaram os dispositivos tecnoinformacionais para questionar os regimes autoritários e centralizadores que ocorrem em diversos países do Oriente Médio. Os levantes contra os governos da situação reivindicaram políticas liberais. Sobre esta crise, é correto afirmar que:

a) o novo cenário político, que se forma após a crise árabe, será construído sobre os pressupostos ideológicos do alcorão.

b) o uso das mídias interativas extrapolou o espaço físico-geográfico da revolução e tornou-se uma estratégia política para sensibilizar a comunidade internacional.

c) a grande preocupação mundial dos países do G8, a respeito da Primavera Árabe, é a revolta dos migrantes muçulmanos que residem em países europeus.

d) o movimento despertou uma onda de atentados terroristas de origem islâmica nos Estados Unidos.

respostas
Questão 1

I. Falso – A primavera árabe não é um acontecimento considerado “antigo”, tendo recebido as atenções da comunidade internacional desde os primeiros momentos de sua eclosão.

II. Verdadeiro – As preocupações referentes à presença da Al-Qaeda nos protestos árabes, notadamente no Iêmen, são referentes à reputação que esse grupo terrorista adquiriu desde os atentados de 11 de setembro.

III. Falso – Apesar de terem participado de intervenções políticas e militares, Estados Unidos e Inglaterra não são os responsáveis pela ocorrência da Primavera Árabe.

IV. Verdadeiro – O texto refere-se, entre outras questões, à postura arbitrária das potências militares ocidentais para com as revoltas no mundo árabe, apoiando alguns grupos rebeldes e repudiando outros sob a argumentação de que esses sejam formados por “terroristas”.

Portanto, a alternativa correta é a Letra C.

Voltar a questão
Questão 2

a) Verdadeiro – as revoltas na Tunísia e Egito, que serviram de inspiração para os demais protestos e revoltas no mundo árabe, foram ocasionadas pela insatisfação da população em relação às condições sociais em que vivia, questionando a validade dos regimes ditatoriais em seus países.

b) Falso – não há uma reivindicação em termos econômicos na Primavera Árabe, uma vez que as insatisfações são de cunho predominantemente político e social.

c) Falso – apesar de a maioria dos países no mundo árabe serem produtores de petróleo, essa questão, dessa vez, não se relaciona aos protestos, e sim à qualidade de vida da população e dos rumos políticos dos países.

d) Falso – na verdade, o que ocorre é justamente uma não aceitação das desigualdades e condições de miséria que assolam boa parte da população dos países do mundo árabe.

Voltar a questão
Questão 3

a) Falso – Os protestos na Síria estão sendo constantemente observados pelo mundo, tanto é que os Estados Unidos, em 2013, ameaçaram intervir militarmente no país, provocando uma certa instabilidade, principalmente, com Rússia e China, principais aliados sírios.

b) Verdadeiro – Os Estados Unidos enxergam a possível queda de al-Assad como uma oportunidade de derrubar mais um dos aliados do Irã, um de seus principais inimigos na atualidade.

c) Falso – Os protestos na Síria tiveram início em função dos demais protestos que aconteciam simultaneamente no mundo árabe, denominados de Primavera Árabe.

d) Falso – Apesar de ter sido um fato importante, o episódio citado na notícia presente no enunciado da questão não foi determinante para a queda de Assad, uma vez que as batalhas continuaram posteriormente.

Voltar a questão
Questão 4

A Primavera Árabe iniciou-se em dezembro de 2010, quando um jovem comerciante ateou fogo em seu próprio corpo na Tunísia em protesto às condições sociais e econômicas de seu país. Esse acontecimento foi a “gota d’água” para que a população, principalmente os mais jovens, fossem às ruas pedirem melhorias sociais, políticas e, em alguns casos, até reivindicar a derrubada dos ditadores. A internet foi um dos instrumentos mais utilizados para instrumentalizar as revoltas nas diferentes partes da região.

Entretanto, essas revoltas não envolveram a disputa pela posse de armas nucleares.

Portanto, a alternativa incorreta é a Letra C.

Voltar a questão
Questão 5

a) Falso – as novas diretrizes políticas dos países que passaram por suas revoltas no contexto da Primavera Árabe não se fundamentam em premissas unicamente religiosas.

b) Verdadeiro – as mídias sociais e a internet foram as principais formas de divulgação das causas relacionadas às revoltas do mundo árabe.

c) Falso – não houve nenhum tipo de revolta no Ocidente por parte da população árabe contra os governos ocidentais.

d) Falso – não há registros da ocorrência de ataques terroristas relacionados à Primavera Árabe.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola