Topo
pesquisar

Exercícios sobre radicais e prefixos latinos

Exercícios de Gramática

Estes exercícios sobre radicais e prefixos latinos testarão seus conhecimentos sobre os processos de formação de palavras de origem latina. Publicado por: Luciana Kuchenbecker Araújo
questão 1

(Fuvest-2003. Adaptada.) Leia o poema de Tom Jobim e Chico Buarque:

Eu te amo

Ah, se já perdemos a noção da hora,

Se juntos já jogamos tudo fora,

Me conta agora como hei de partir...

Se, ao te conhecer, dei pra sonhar, fiz tantos desvarios,

Rompi com o mundo, queimei meus navios,

Me diz pra onde é que inda posso ir...

(...)

Se entornaste a nossa sorte pelo chão,

Se na bagunça do teu coração

Meu sangue errou de veia e se perdeu...

(...)

Como, se nos amamos como dois pagãos,

Teus seios inda estão nas minhas mãos,

Me explica com que cara eu vou sair...

Não, acho que estás só fazendo de conta,

Te dei meus olhos pra tomares conta,

Agora conta como hei de partir...

(Tom Jobim - Chico Buarque)

O prefixo assinalado em “desvario” expressa

a) negação.

b) cessação.

c) ação contrária.

d) separação.

e) intensificação

questão 2

Leia o trecho do poema “Destino”, de Cecília Meireles:

Pastora de nuvens, fui posta a serviço por uma campina

tão desamparada que não principia nem também termina,

e onde nunca é noite e nunca madrugada.

Pastores da terra, vós tendes sossego, que olhais para o

sol e encontrais direção. Sabeis quando é tarde, sabeis

quando é cedo. Eu, não.

(Cecília Meireles)

Com relação ao processo de formação da palavra sossego, marque a alternativa correta:

a) derivação prefixal e radical latino.

b) derivação prefixal e radical grego.

c) derivação parassintética.

d) composição por aglutinação.

e) composição por justaposição

questão 3

(ITA - Adaptada.) Leia o poema de Carlos Drummond de Andrade para responder à pergunta: Com relação ao processo de formação das palavras, marque a alternativa incorreta:

Hino Nacional

Precisamos descobrir o Brasil!

Escondido atrás das florestas,

com a água dos rios no meio,

o Brasil está dormindo, coitado.

precisamos colonizar o Brasil.

Precisamos educar o Brasil.

Compraremos professores e livros,

Assimilaremos finas culturas,

abriremos 'dancings' e subconvencionaremos as elites.

que faremos importando francesas muito louras, de pele macia

alemãs gordas, russas nostálgicas para

'garçonettes' dos restaurantes noturnos.

E virão sírias fidelíssimas.

Não convém desprezar as japonesas...

Cada brasileiro terá sua casa

com fogão e aquecedor elétricos, piscina,

salão para conferências científicas.

E cuidaremos do Estado Técnico.

Precisamos louvar o Brasil.

Não é só um país sem igual.

Nossas revoluções são bem maiores

do que quaisquer outras; nossos erros também.

E nossas virtudes? A terra das sublimes paixões...

os Amazonas inenarráveis... os incríveis João-Pessoas...

Precisamos adorar o Brasil!

Se bem que seja difícil caber tanto oceano e tanta solidão

no pobre coração já cheio de compromissos...

se bem que seja difícil compreender o que querem esses homens,

por que motivo êles se ajuntaram e qual a razão de seus sofrimentos.

Precisamos, precisamos esquecer o Brasil!

Tão majestoso, tão sem limites, tão despropositado,

êle quer repousar de nossos terríveis carinhos.

O Brasil não nos quer! Está farto de nós!

Nosso Brasil é o outro mundo. Êste não é o Brasil.

Nenhum Brasil existe. E acaso existirão os brasileiros?

(Carlos Drummond de Andrade)

a) 'Escondido'(verso 2) pode ser substituído por 'olvidado', embora modifique o sentido.

b) 'fidelíssimo'(verso 14) tem o mesmo radical latino de 'fidelidade' e de 'fidedigno'.

c) 'Piscina'(verso 17) tem o mesmo radical latino de 'piscicultura'.

d) 'Piscina'(verso 17) não tem o mesmo radical de 'psicologia'.

e) Há apenas três palavras no poema que são formadas por radicais e prefixos latinos.

questão 4

Leia o enunciado: “A criança foi castigada injustamente.”. Com relação à palavra sublinhada, marque que alternativa revela seu processo de formação:

a) um radical grego e um sufixo formador de advérbio.

b) um prefixo e um radical latino.

c) dois afixos e um radical latino.

d) um prefixo, um radical popular e um sufixo.

e) um prefixo, um radical grego e um sufixo adverbial.

respostas
Questão 1

Letra C: De origem latina, o prefixo 'des' sugere ideia de oposição.

Voltar a questão
Questão 2

Letra A: A palavra sossego é formada pelo prefixo so + radical latino 'ego' (eu).

Voltar a questão
Questão 3

Letra E: No poema, há várias palavras formadas por radicais e sufixos latinos: fidelíssimas, sublimes, desprezar, inenarráveis, despropositado, repousar etc.

Voltar a questão
Questão 4

Letra B: Um prefixo latino 'in' e um radical latino 'just'.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola