Topo
pesquisar

Exercícios sobre o Brasil na Primeira Guerra Mundial

Exercícios de História do Brasil

Lista de exercícios que aborda a participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial e o apoio dado aos países da Tríplice Entente. Publicado por: Fabrício Barroso dos Santos
questão 1

Explique o principal motivo que levou o Brasil a entrar na Primeira Guerra Mundial em 1917.

questão 2

Discorra sobre a participação do Brasil durante a Primeira Guerra Mundial (1914 – 1918).

questão 3

Em relação à participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial é correto afirmar que:

a) Teve uma participação decisiva durante o confronto naval que influenciou diretamente o resultado da guerra, dando a vitória aos países da Tríplice Aliança. Em troca da ajuda dada a estes países, o Brasil chefiou as reuniões do pós-guerra, como foi o caso do Tratado de Versalhes.

b) A participação do Brasil contribuiu para o fornecimento de suprimentos agrícolas aos países da Tríplice Entente. Além disso, a economia brasileira passou por um grande processo de industrialização, figurando entre as principais potências capitalistas do mundo pós-guerra.

c) O governo brasileiro participou timidamente da Primeira Guerra Mundial, ele ficou responsável pelo envio de navios para a defesa do Atlântico, caso houvesse ataques alemães, além do envio de suprimentos agrícolas e apoio médico aos países da Tríplice Entente.

d) A Alemanha no ano de 1917 financiou a industrialização brasileira para conseguir seu apoio durante a Primeira Guerra Mundial. O governo do Presidente Venceslau Brás aceitou a ajuda econômica e no mesmo ano invadiu o território da França.

questão 4

Sobre o mais conhecido caso da participação militar do Brasil na Primeira Guerra Mundial é correto afirmar que:

a) José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque foi o principal militar brasileiro envolvido no conflito. Foi ele quem comandou os pelotões de cavalaria francesa e uma pequena unidade de tanques de guerra contra os alemães. Com sua experiência, ele incentivou o Brasil a adquirir os primeiros carros blindados.

b) O Brigadeiro Francisco de Lima e Silva tornou-se um dos símbolos da participação do Brasil na grande guerra, pois foi ele quem liderou os navios brasileiros nos ataques aos navios alemães, conquistando uma grande vitória das forças militares brasileiras no Atlântico.

c) O Brasil teve um grande confronto com os japoneses na tentativa de conquistar o território do Império Austro-húngaro. Nessa disputa com os asiáticos, destacou-se a figura do militar brasileiro Carlos Prestes, que no controle do navio Encouraçado, trouxe a vitória para os aliados da Tríplice Entente.

d) O mais conhecido caso de participação do Brasil foi durante a invasão da Itália, quando o Marechal Hermes da Fonseca em 1917 liderou os navios brasileiros contra os navios italianos. Hermes da Fonseca, logo após o fim da guerra, tornou-se o símbolo da participação brasileira na Primeira Guerra Mundial.

respostas
Questão 1

Nos primeiros anos da Primeira Guerra Mundial, o Brasil adotou uma postura de neutralidade no apoio aos países envolvidos no confronto, porém essa neutralidade causou a fúria dos alemães. Em abril de 1917, eles decretaram um ataque ao navio brasileiro Paraná nas proximidades do Canal da Mancha. Meses depois, o navio Encouraçado Macau foi também atacado. Dessa forma, o governo brasileiro pressionado pela população resolveu apoiar os países da Tríplice Entente (Estados Unidos, Inglaterra e França) que lutavam contra as nações da Tríplice Aliança (Alemanha, Império Austro húngaro e Império Turco-Otomano.)

Voltar a questão
Questão 2

Ao entrar na Primeira Guerra Mundial, o Brasil teve a incumbência de proteger o Atlântico de possíveis ataques alemães. Para isso, foram utilizados sete navios brasileiros: dois cruzadores, quatro contratorpedeiros e mais um navio auxiliar. Além disso, o Brasil teve participação no envio de suprimentos agrícolas, apoio médico e matéria-prima para os envolvidos no conflito.  É importante salientar também que nesse período a economia brasileira passou por um leve processo de industrialização. Como as indústrias das potências europeias estavam em retrocesso em virtude da guerra, o Brasil acabou recebendo mais investimentos internos do governo para suprir a falta de produtos industrializados.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C.Por não ter uma grande estrutura militar, o Brasil não teve um papel decisivo em relação à Primeira Guerra Mundial. A participação aconteceu de maneira tímida, mas ajudou os países da Tríplice Entente no envio de navios, alimentos (produtos agrícolas) e médicos para tratar dos soldados feridos nas linhas de frente das batalhas.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A. Nos relatos sobre a participação do Brasil na Primeira Guerra Mundial, o nome do militar José Pessoa Cavalcanti de Albuquerque figurou como o grande símbolo do país tupiniquim nesse conflito mundial. A experiência com a guerra fez com que Albuquerque contribuísse para o pedido dos primeiros carros blindados para o exército brasileiro. Destacou-se na sua participação o comando dos pelotões de cavalaria francesa e uma pequena unidade de tanques de guerra contra os alemães.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola