Topo
pesquisar

Exercícios sobre o Governo Jânio Quadros

Exercícios de História do Brasil

Teste os seus conhecimentos: Faça exercícios sobre o Governo Jânio Quadros e veja a resolução comentada. Publicado por: Rainer Gonçalves Sousa
questão 1

(UFMG) Nas eleições presidenciais de 1960, os candidatos Jânio Quadros e Marechal Teixeira Lott destacaram-se usando como jingles principais, respectivamente:

• "Varre, varre, varre, varre, varre, varre, vassourinha/ Varre, varre a bandalheira/
Que o povo já está cansado/ De sofrer desta maneira/ Jânio Quadros é a
esperança deste povo abandonado."

• "O povo sabe, sabe, sabe, não se engana/ Essa vassoura é de piaçava americana/
Mas a espada do nosso Marechal/ É fabricada com aço nacional."

Com base na letra de cada um desses jingles,

a) ANALISE o projeto político de cada uma dessas duas candidaturas.

b) EXPLIQUE o impacto político dos resultados das eleições presidenciais de 1960 até fins de 1961.

questão 2

(UNIMEP-SP) Jânio da Silva Quadros (1961) apresenta-se na vida brasileira como um líder carismático e sua política provoca inquietações nos meios empresariais, entre outros motivos por:

a) revogar medidas que favoreciam a acumulação de capitais estrangeiros.

b) valorizar constantemente o cruzeiro, graças a artifícios contábeis.

c) conceder subsídios federais para vários produtos, como o trigo.

d) adotar uma política populista de descongelamento dos salários.

e) determinar medidas que geraram uma grande restrição creditícia.

questão 3

A renúncia do presidente Jânio Quadros, em 1961, pode ser associada a um conjunto de problemas, dentre os quais se destaca a(o):

a) resistência do presidente em adotar uma forma autoritária de governo, defendida pela oposição e pelos militares.

b) reação dos setores conservadores contra a política externa independente, principalmente após a condecoração do líder revolucionário cubano Che Guevara.

c) crescente oposição popular, liderada pelo PTB, contrária ao controle da UDN e, em especial, à ascendência de Carlos Lacerda no governo.

d) rompimento com o FMI (Fundo Monetário Internacional) e o lançamento de uma política de integração americana, a OPA (Operação Pan-Americana), em contraponto à Aliança para o Progresso.

e) apoio de Jânio Quadros ao projeto do vice-presidente João Goulart de conferir aos sindicatos crescente papel no governo.

questão 4

(PUC-SP) A partir dos vários episódios políticos relacionados pelo texto e de seus conhecimentos sobre o período 1945-1964, pode-se afirmar que a:

a) disputa entre direita e esquerda se expressava no confronto que opunha militares e políticos da UDN (União Democrática Nacional) a partidários do PSD (Partido Social Democrático), as duas principais forças políticas da época.

b) morte de Getúlio Vargas, ao contrário do que a história oficial conta, foi provocada por uma ação conservadora de políticos ligados ao PTB (Partido Trabalhista Brasileiro).

c) vitória eleitoral de Juscelino Kubitschek e João Goulart, políticos de esquerda, favoreceu a imediata realização do golpe militar de direita que impediu a posse de JK e depôs Goulart da Presidência em 1964.

d) renúncia de Jânio Quadros, em 1961, provocou uma profunda crise política e, apesar de tentativas golpistas, negociações políticas asseguraram o respeito à Constituição e a posse do Vice-Presidente João Goulart.

e) eleição presidencial de 1955 definiu o fim da influência varguista, dado o apoio que os sindicatos e as centrais operárias deram à candidatura de João Goulart à Presidência da República.

respostas
Questão 1

a) Fazendo uso da vassoura como símbolo, Jânio Quadros prometia acabar com os escândalos de corrupção que tomavam o país através de um amplo projeto de moralização das instituições. Por outro lado, o marechal Henrique Lott acusava seu adversário político de ser aliado do capital estrangeiro. Dessa maneira, defendia um projeto de desenvolvimento econômico baseado em princípios nacionalistas.

b) Ao fim das eleições, observamos que as duas chapas políticas dividiram a vitória daquele pleito. Em primeiro plano, vemos o discurso moralizador de Jânio Quadros estabelecendo a sua vitória ao cargo de presidente do Brasil. Contudo, com um número de votos superior, João Goulart, vice do marechal Henrique Lott, venceu as eleições para o segundo posto do Poder Executivo. Dessa forma, quando Jânio inesperadamente renunciou ao cargo, temos a instalação de uma grave crise institucional que quase promoveu a instalação do regime militar no Brasil.

Voltar a questão
Questão 2

Letra E. Durante seu governo, Jânio Quadros tinha a difícil tarefa de resolver os graves problemas econômicos enfrentados pelo país. Nesse sentido, ele procurou sanear a economia nacional impondo ações que diminuíssem significativamente a emissão de crédito no mercado nacional. Apesar de ter interesse em ampliar os elos comerciais no mercado internacional, provocou uma grande insatisfação entre os representantes do empresariado brasileiro.

Voltar a questão
Questão 3

Letra B. Ao assumir o poder tomando atitudes de natureza esquerdizante e nacionalista, Jânio Quadros provocou um grande imbróglio que o colocava como uma figura política incógnita, em plena Guerra Fria. Dessa forma, os setores mais conservadores retiraram o apoio político anteriormente oferecido.

Voltar a questão
Questão 4

Letra D. Militares e grupos políticos conservadores temiam que a ascensão de João Goulart ao poder pudesse vir a impor reformas de cunho popular. Dessa forma, houve uma tentativa de golpe que só foi derrubada depois que Jango aceitou governar o país sob a vigência do parlamentarismo, que restringia o seu poder de ação enquanto ocupante do cargo presidencial.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola