Topo
pesquisar

Exercícios sobre o arianismo

Exercícios de História

Com estes exercícios sobre o arianismo, você pode avaliar seus conhecimentos sobre a heresia que dividiu a Igreja Primitiva no século IV. Publicado por: Daniel Neves Silva
questão 1

“Ário afirmava a existência de um único Deus, o Pai, eterno, absoluto, imutável, incorruptível. Este Ser Supremo e Absoluto, não pode comunicar, segundo sua concepção seu Ser nem mesmo parcelas dele, nem por criação, nem por geração. Se Deus não é corpo, não pode ser composto, divisível. Assim, é impossível a Deus gerar um filho. Tudo o que está fora dele, portanto, foi criado do nada. Tudo o que existe fora de Deus Absoluto, eterno, incriado, incomunicável, são meras criaturas”.

FRANGIOTTI, Roque. História das heresias – séculos I-VII: conflitos ideológicos dentro do cristianismo. São Paulo: Paulus, 1995, p.86-87.

O trecho faz menção ao Arianismo, doutrina criada por Ário, no século IV, que negava a existência:

a) de Cristo

b) do pecado original

c) da Trindade

d) do diabo

e) da Bíblia

questão 2

Quem foi a primeira personalidade eclesiástica a confrontar as doutrinas difundidas por Ário?

a) Alexandre, bispo de Alexandria

b) Imperador Constantino

c) Santo Atanásio

d) Eusébio de Nicomédia

e) Bispo Osório de Córdoba

questão 3

“Com a intenção de resolver de vez a controvérsia, Constantino, juntamente com Ósio e Alexandre e com outros bispos ortodoxos, concluíram que se impunha um concílio geral, ecumênico. A ideia viera, talvez da assembleia dos bispos reunidos em Antioquia ou proposta por Ósio a Constantino. O fato é que o executor do projeto foi o próprio imperador. Encarregou-se desde a convocação até a providenciar viagens, transportes, alimentação e alojamento dos bispos participantes Está presente nas assembleias na qualidade de juiz das decisões. Foi um concílio tenso, com discussões apaixonadas, ardentes”.

FRANGIOTTI, Roque. História das heresias – séculos I-VII: conflitos ideológicos dentro do cristianismo. São Paulo: Paulus, 1995, p.92-93.

O imperador Constantino, preocupado com a escalada na violência causada entre os defensores do arianismo e seus críticos, convocou um concílio para debater a doutrina ariana. Esse concílio ficou conhecido como:

a) Concílio de Jerusalém

b) Concílio de Constantinopla

c) Concílio de Sárdica

d) Concílio de Córdoba

e) Concílio de Niceia

questão 4

Discípulo de Alexandre, bispo de Alexandria, lutou contra o crescimento do arianismo e foi perseguido por isso, tendo sido excomungado e exilado por várias vezes. Estamos falando de:

a) Santo Atanásio

b) Eusébio de Nicomédia

c) Ário

d) Papa Libério

e) Constantino

respostas
Questão 1

Letra C

O trecho faz menção à crença de Ário e sua negação da Trindade. A Trindade é uma doutrina cristã que defende que Deus Pai, Cristo e Espírito Santo são, na verdade, apenas um, que se manifesta a partir de três pessoas. Ário defendia que era impossível que Deus manifestasse sua própria natureza em outro ser, assim, para Ário, Cristo, apesar de ser divino, teria sido criado por Deus e, logo, não era igual a Deus, sendo subordinado a Ele.

Voltar a questão
Questão 2

Letra A

Alexandre, bispo de Alexandria, foi o primeiro a se posicionar contra a doutrina difundida por Ário. Alexandre, primeiramente, admoestou Ário para que ele abandonasse suas ideias e aceitasse a ortodoxia vigente. Como Ário recusou-se, Alexandre convocou um sínodo (assembleia de eclesiásticos), que condenou os princípios do arianismo.

Voltar a questão
Questão 3

Letra E

O Concílio de Niceia foi organizado em 325 pelo imperador Constantino sob influência de Ósio de Córdoba ou Alexandre, bispo de Alexandria. No Concílio, foram reunidos cerca de 300 bispos para debater sobre vários fatores, sendo o principal deles o arianismo. Ao final do concílio, somente dois bispos recusaram-se a concordar com a negação dos princípios de Ário e foram excomungados por isso. Ário também foi excomungado e condenado ao exílio.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A

Santo Atanásio esteve presente no Concílio de Niceia com Alexandre, bispo de Alexandria, e durante toda sua vida atuou no combate ao arianismo. Passou a ser perseguido por isso quando a irmã de Constantino, Constança, passou a defender Eusébio de Nicomédia. Quando o exílio de Eusébio de Nicomédia foi revogado, Atanásio passou a ser perseguido pelos arianos, que conseguiram forçar o exilamento e a excomungação de Santo Atanásio.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola