Topo
pesquisar

Exercícios sobre a Conferência de Teerã

Exercícios de História

Por meio destes exercícios sobre a Conferência de Teerã, você poderá avaliar os seus conhecimentos a respeito dos acordos feitos em 1943 entre Stalin, Churchill e Roosevelt. Publicado por: Cláudio Fernandes
questão 1

(UFJF) Em dezembro de 1943, foi realizada por Roosevelt, Churchill e Stalin a Conferência de Teerã, que decidiu a abertura de um novo front da Guerra com a invasão da Normandia. Essa reunião assinala alteração na situação estratégica da Alemanha, que passa a atuar na defensiva. A inversão no quadro da guerra se deveu à:

a) ruptura do pacto germano-soviético pela URSS, que libertou a França.

b) unificação da Coreia e ao controle do petróleo romeno pelos norte-americanos.

c) aliança da URSS com o Japão, obrigando o Eixo a recuar na Ásia.

d) ofensiva soviética iniciada na Batalha de Stalingrado e à capitulação italiana frente aos aliados.

e) proclamação da República Social Italiana por Mussolini, que rompeu o pacto com a Alemanha e arrastou a Iugoslávia

questão 2

A Conferência de Teerã ficou caracterizada também pela animosidade entre Churchill e Stalin. O clima hostil entre o líder do Reino Unido e o líder da URSS tinha como motivo principal:

a) o fato de Stalin não admitir fazer acordos com os ingleses, já que pretendia também invadir a Inglaterra.

b) o fato de Churchill não querer entrar em guerra com os adeptos de Mussolini, na Itália.

c) o fato de Stalin desconfiar da estratégia defendida por Churchill, que implicaria a exposição do Exército Vermelho ao ataque nazista por todos os flancos.

d) o fato de o Exército Vermelho não possuir mais estratégias de combate contra os nazistas.

e) o fato de o Reino Unido não estar disposto a fornecer o apoio aéreo da RAF (sua força aérea).

questão 3

Leia o texto e, em seguida, assinale a alternativa correta.

Ao longo dos seis meses que se seguiram a Teerã, toda a atenção do campo aliado se concentrou nos planos para os desembarques na Normandia. A operação combinada implicou um esforço de preparação sem paralelo. O transporte de enormes quantidades de armas e de homens dos EUA por via aérea e marítima foi extremamente complexo. (Davies, Norman. A Europa em Guerra (1939-1945). Lisboa: Edições 70, 2008. p. 213.).

O “esforço de preparação sem paralelo”, indicado por Norman Davies, culminaria no “Dia D” e na vitória dos aliados tanto no fronte Ocidental quanto no fronte Oriental. A vitória que veio com os planos traçados em Teerã teve desdobramentos que demandaram outra Conferência, que foi a de:

a) Berlim

b) Potsdam

c) Washington

d) Yalta

e) Tóquio

questão 4

Durante a Conferência de Teerã, Stalin reivindicou uma série de medidas a seu favor, sobretudo referentes à situação no Leste Europeu. É correto afirmar que, entre essas medidas, estava:

a) Destruir o Estado polonês.

b) Tornar Moscou o centro político de toda a Europa.

c) Desmembrar a Iugoslávia.

d) Dar apoio à resistência francesa atuante nas proximidades de Stalingrado.

e) Dar apoio a Broz Tito, na Iugoslávia, e manter a anexação de algumas regiões do Leste Europeu pela URSS.

respostas
Questão 1

Letra D

A Segunda Guerra Mundial tomou um rumo decisivo após as estratégias traçadas na Conferência de Teerã, haja vista que os aliados elaboraram a ofensiva contra a Alemanha e a Itália que se dividiu em dois frontes, o ocidental, com EUA, Reino Unido, Brasil e outros países, e o oriental, com o Exército Vermelho Soviético.

Voltar a questão
Questão 2

Letra C

Winston Churchill relutou em ceder às exigências de Stalin, pois sabia do caráter antidemocrático e totalitário desse líder, e quis concentrar as forças aliadas em regiões que não estivessem na rota de encontro com o Exército Vermelho para não lhe dar apoio. O objetivo, segundo alguns historiadores, era deixar o Exército Vermelho exaurir-se na luta contra as tropas nazistas.

Voltar a questão
Questão 3

Letra B

Após a vitória dos aliados em 1945, uma nova Conferência foi feita em Potsdam, Alemanha (próximo a Berlim). Novamente, os líderes dos EUA, Reino Unido e URSS encontraram-se para, dessa vez, tratar do destino da Europa, sobretudo da Alemanha, nas décadas que se seguiriam.

Voltar a questão
Questão 4

Letra E

Stalin garantiu o apoio do Exército Vermelho aos planos do aliados em troca do favorecimento de seus interesses na região do Leste Europeu. Entre esses interesses estava o apoio ao líder comunista da Iugoslávia, Joseph Broz Tito, e anexação de territórios como a Polônia, que já havia sido invadida pelos nazistas logo no início da guerra.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola