Topo
pesquisar

Exercícios sobre a Guerra da Bósnia

Exercícios de História

Com estes exercícios, você pode avaliar seus conhecimentos sobre a Guerra da Bósnia durante a fragmentação da Iugoslávia. Publicado por: Daniel Neves Silva
questão 1

(Unesp - adaptado) A divisão territorial da ex-Iugoslávia originou seis novos países. Assinale a alternativa que contém o nome desses países.

a) República Tcheca, Eslovênia, Macedônia, Croácia, Sérvia, Montenegro.

b) Albânia, Macedônia, Bósnia, Croácia, Sérvia, Montenegro.

c) Romênia, Croácia, Eslovênia, Bósnia, Sérvia, Montenegro.

d) Bósnia, Macedônia, Croácia, Eslovênia, Sérvia, Montenegro.

e) Bulgária, Bósnia, Eslovênia, Macedônia, Sérvia, Montenegro.

questão 2

(UFV- adaptado) A prisão do ex-presidente iugoslavo Slobodan Milosevic, em junho de 2001, foi mais um capítulo dos intensos conflitos separatistas e étnicos que eclodiram na Europa durante a década de 90 do século XX, dentre os quais, podemos citar a Guerra da Bósnia. Um dos elementos que contribuíram para a emergência desses conflitos foi:

a) a intensificação do processo de repressão aos cultos religiosos por parte do governo central de Moscou.

b) a entrada da Iugoslávia na OTAN, contrariando os interesses militares do bloco socialista na Europa.

c) a formalização da União Europeia, contrariando interesses da Iugoslávia e da Sérvia.

d) o fim da URSS, ampliando a autonomia das antigas repúblicas que compunham o bloco socialista.

e) as disputas por terra entre colonos judeus e separatistas sérvios em território iugoslavo.

questão 3

Por fim, no dia 15 de outubro de 1991, com o conflito na Croácia a atingir uma fase muito intensa e decisiva, Karadzic dirigiu-se a Izetbegovic durante uma sessão do parlamento da Bósnia-Herzegovina: “Pretendem conduzir a Bósnia-Herzegovina para o mesmo caminho do inferno e do sofrimento, semelhante ao que a Eslovênia e a Croácia estão a atravessar. Não pensem que vão conduzir a Bósnia-Herzegovina para o inferno, e não pensem que vão conseguir evitar que o povo muçulmano seja conduzido para a aniquilação, porque os muçulmanos não se poderão defender a si próprios em caso de guerra. Como vão impedir que toda a vossa gente seja morta na Bósnia-Herzegovina?”, avisou.

NIKSIC, Stevan e RODRIGUES, Pedro Caldeira. O vírus balcânico: o caso da Jugoslávia. Lisboa: Assírio & Alvim, 1996, p. 122.

O texto acima traz um discurso de Radovan Karadzic no parlamento da Bósnia. Karadzic foi uma importante figura no contexto da guerra da Bósnia e:

a) representava os bósnio-muçulmanos.

b) representava os bósnios de origem croata e católica.

c) representava os bósnios de origem sérvia e católica.

d) defendia a manutenção das fronteiras iugoslavas sob um governo tríade representado por sérvios, croatas e bósnios.

e) representava os partidários que procuravam resgatar os princípios da Ustaše, movimento de origem croata que contou com apoio de bósnio-muçulmanos durante a Segunda Guerra Mundial.

questão 4

Após a guerra, Radovan Karadzic, líder dos sérvios da Bósnia, e Ratko Mladic, comandante das tropas sérvias na Bósnia, foram considerados criminosos de guerra e presos recentemente. Karadzic foi condenado a 40 anos de prisão, e Mladic aguarda sentença prevista para o final de 2017. Entre os crimes de guerra cometidos pelos sérvios na guerra da Bósnia, destacam-se:

a) o massacre de Srebrenica, em que 8 mil bósnios foram assassinados por milícias sérvias.

b) a formação do campo de concentração e extermínio de Jasenovac.

c) o bombardeio a Belgrado.

d) a destruição da mesquita de Sarajevo.

e) o extermínio de bósnios em Banja Luka, na República Srpska.

respostas
Questão 1

Letra D

As seis nações surgidas com a fragmentação da Iugoslávia foram Bósnia, Macedônia, Croácia, Eslovênia, Sérvia e Montenegro. Em 2008, a província sérvia de Kosovo declarou sua independência, porém, houve parcialmente o reconhecimento internacional. Assim, alguns países não consideram Kosovo um país independente, mas uma província sérvia.

Voltar a questão
Questão 2

Letra D

O fim da União Soviética contribuiu para o processo de fragmentação da Iugoslávia, pois o governo central de Moscou procurava manter a estabilidade dos países que formavam o bloco socialista, sobretudo na Europa. Além disso, a fragmentação da União Soviética em quinze novas nações motivou os movimentos separatistas da Iugoslávia a buscarem a sua independência.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C

Radovan Karadzic era o líder do SDS (Partido Democrático Sérvio) e representava a população sérvia adepta do cristianismo ortodoxo. Karadzic defendia a anexação à Sérvia dos territórios habitados pelos sérvios da Bósnia para formar uma grande nação de sérvios. Quando a guerra começou, Karadzic tornou-se presidente da Republika Srpska, entidade autônoma criada pelos sérvios que habitavam a Bósnia-Herzegovina.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A

O crime de guerra mais conhecido cometido pelos sérvios da Bósnia foi o massacre de Srebrenica, no qual milícias sérvias, lideradas por Ratko Mladic, invadiram Srebrenica e mataram cerca de oito mil muçulmanos, já no final da guerra. As vítimas eram civis, e o caso foi considerado como um genocídio promovido pelos sérvios na Bósnia. Outro caso conhecido foi o cerco sérvio na cidade de Sarajevo, ao longo de 44 meses, que vitimou 10 mil pessoas.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola