Topo
pesquisar

Exercícios sobre a invasão da Polônia e o início da Segunda Guerra Mundial

Exercícios de História

Com estes exercícios, teste seus conhecimentos sobre a invasão da Polônia e o início da Segunda Guerra Mundial. Publicado por: Daniel Neves Silva
questão 1

(UTFPR) Em 1935, a Alemanha havia reiniciado a produção de armamentos e restabelecido o serviço militar obrigatório, contrariando o Tratado de Versalhes. Em 1938, anexou a Áustria; logo em seguida, incorporou a região dos Sudetos, que abrigava minorias alemãs na Tchecoslováquia, e assinou um acordo de não agressão e neutralidade com a União Soviética. Estava plantada a semente da Segunda Guerra Mundial, que eclodiu em 1º de setembro de 1939, com o (a):

a) participação efetiva de tropas nazistas na Guerra Civil Espanhola, por meio da invasão de Madri.

b) invasão da Polônia por tropas nazistas e a ação da Inglaterra e da França em socorro dos seus aliados, declarando guerra ao Terceiro Reich.

c) rompimento do Pacto Germano-Soviético com a invasão do território russo por tropas nazistas.

d) saída dos invasores alemães do território dos Sudetos, na Tchecoslováquia, para invadir a Hungria.

e) tomada do “corredor polonês”, que desembocava na cidade livre de Dantzig, pelos aliados nazistas, principalmente italianos.

questão 2

A Wehrmacht era muito mais bem armada e blindada do que seus inimigos. A Polônia era um país pobre, com apenas poucos milhares de caminhões militares e civis; seu orçamento nacional era menor do que o da cidade de Berlim.

HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p. 27.

O trecho faz menção ao despreparo do exército polonês durante a invasão de seu território pelas tropas alemãs em setembro de 1939. Além disso, existia outro fator fundamental, em termos táticos, para entender a vitória alemã, que foi:

a) a invasão russa no leste polonês, que foi fundamental para desmobilizar as forças que seriam enviadas para lutar contra os alemães.

b) a tática de guerra empregada pelos alemães, que consistia em coordenar ataques simultâneos das várias forças, a blitzkrieg.

c) o pouco engajamento da população com a luta, uma vez que havia um grande número de alemães étnicos no exército polonês.

d) não houve outro elemento decisivo para o conflito além desse.

e) a utilização da cavalaria, o que garantia melhor locomoção às tropas alemãs nas batalhas contra os poloneses.

questão 3

Para Hitler, a conquista da Polônia era parte importante na construção do lebensraum. Esse conceito foi desenvolvido por ele em seu livro “Minha Luta”, escrito entre 1924 e 1925, no cárcere. Defina o que era o lebensraum:

a) instituição do alemão como língua oficial de toda a Europa.

b) anexação das tropas polonesas ao exército alemão para aumentar as fileiras nazistas.

c) fundação de uma filial nazista no leste europeu que seria fundamental para a propagação dos ideais nazistas em contraposição ao bolchevismo.

d) construção do chamado “espaço vital”, onde seria desenvolvido o novo Reich alemão.

e) projeto de cooperação com a União Soviética no qual ambos comprometiam-se a perseguir os judeus no leste europeu.

questão 4

Em março de 1939, os governos britânico e francês deram garantias, formalizadas em tratados subsequentes, de que lutariam caso houvesse agressão alemã contra a Polônia. Se o pior acontecesse, a França prometeu à cúpula militar, em Varsóvia, que seu exército atacaria a linha Siegfried de Hitler em até treze dias depois da mobilização. A Grã-Bretanha prometeu uma ofensiva imediata com aviões de bombardeio contra a Alemanha. As garantias oferecidas pelas potências refletiam cinismo, pois nenhuma delas tinha a menor intenção de cumpri-las: destinavam-se a deter Hitler mais do que a fornecer assistência militar verdadeira à Polônia.

HASTINGS, Max. O mundo em guerra 1939-1945. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2012, p. 16.

A prometida ajuda de Reino Unido e França limitou-se a uma pequena movimentação do exército francês por oito quilômetros em território alemão. Como mencionado no trecho acima, ambas as nações não possuíam nenhuma intenção de ajudar os poloneses, e a declaração de guerra contra a Alemanha só foi emitida no dia 3 de setembro de 1939. Se essas nações não tinham a real intenção de lutar contra a Alemanha, qual foi, então, a real estratégia com a declaração de guerra?

a) A declaração de guerra anglo-francesa era uma espécie de blefe com o qual esperavam forçar o recuo de Hitler por temor a um conflito contra as duas nações.

b) Forçar a entrada dos EUA na guerra para garantir os acordos de cooperação militares assinados entre o Reino Unido e os EUA em 1938.

c) Forçar a entrada da União Soviética no conflito ao demonstrar o comprometimento na defesa do povo eslavo.

d) Promover a insatisfação popular na Alemanha, uma vez que era notório, na época, que a população alemã era contrária à guerra.

e) A declaração de guerra foi utilizada por Neville e Chamberlain com o objetivo de autopromoção, uma vez que as eleições para primeiro-ministro aproximavam-se nos dois países.

respostas
Questão 1

Letra B

A guerra começou oficialmente com a invasão nazista na Polônia, em 1º de setembro de 1939. Dois dias depois, no dia 3, a França e o Reino Unido declararam guerra à Alemanha como forma de garantir os acordos de defesa que haviam assinado com os poloneses. Entretanto, não foram enviadas tropas para defender a Polônia. Esse país precisou lidar sozinho com a invasão alemã e, em menos de um mês, já havia sido dominado. O país também foi invadido pelos soviéticos a partir do dia 17 de setembro de 1939.

Voltar a questão
Questão 2

Letra B

A blitzkrieg foi fundamental para a vitória, não só na Polônia, mas em quase todas as conquistas alemãs na primeira fase da Segunda Guerra Mundial. A tática consistia em utilizar ataques coordenados entre aviação, blindados e infantaria. O objetivo da aviação era cortar as comunicações adversárias para impedir a defesa a ataques aéreos. Além de atacar pontos de fragilidade das linhas inimigas, os blindados e a infantaria revezavam ataques a um ponto do exército polonês e, com isso, quebravam as linhas adversárias e infiltravam-se a partir das rupturas. Em contraposição, o exército polonês era obsoleto e havia escolhido táticas de defesa inadequadas, o que também contribuiu para a sua derrota.

Voltar a questão
Questão 3

Letra D

O lebensraum consistia na criação do “espaço vital” da Alemanha a partir da construção de um novo Reich. Essa ideia foi desenvolvida por Hitler em seu livro Mein Kampf e baseava-se na expansão territorial do povo alemão para o leste europeu a fim de colonizar essas terras e explorar os recursos materiais que elas ofereciam. Além disso, no lebensraum, estava incluída a ideia de reaver antigos territórios alemães que foram perdidos após o Tratado de Versalhes, assinado ao final da Primeira Guerra Mundial.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A

Reino Unido e França não estavam dispostos a lutar contra a Alemanha, por isso, a declaração de guerra foi uma espécie de blefe com o objetivo de forçar um recuo de Hitler para evitar um confronto contra essas duas nações. Durante o final da década de 1930, a forma condescendente com que os primeiros-ministros britânicos e franceses haviam agido com o projeto nazista de expansão territorial acabou por motivar a invasão alemã da Polônia. A única demonstração de ajuda à Polônia foi uma pequena marcha feita pelas tropas francesas no território alemão, o que, entretanto, não gerou combates. A Polônia, isolada, resistiu por poucos dias, e sua capital, Varsóvia, rendeu-se no dia 28 de setembro de 1939.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola