Topo
pesquisar

Exercícios sobre Reforma Gregoriana

Exercícios de História

Nestes exercícios sobre Reforma Gregoriana, você poderá testar os seus conhecimentos a respeito desse tema que é crucial para o entendimento da história da Igreja. Publicado por: Cláudio Fernandes
questão 1

(FGV – SP) “De um lado a Igreja. Do outro lado, os poderes laicos, nomeadamente o do Império Romano Germânico, herdeiro parcial de Carlos Magno. Esses dois poderes são distintos, mas defrontam-se vivamente para assegurarem a preeminência de um sobre o outro. A aspiração à reforma da Igreja corresponde portanto a uma velha exigência: libertar a Igreja do seu enfeudamento ao temporal. Esse movimento assume uma importância excepcional com a reforma gregoriana, que Gregório VII, papa de 1073 a 1085, simboliza. Reforma que se realiza ao longo de todo o século XII.” (LE GOFF, Jacques. Em busca da Idade Média. Trad., Lisboa, Teorema, 2003, p. 61.)

A respeito da Reforma Gregoriana, é correto afirmar:

a) Significou o rompimento dos poderes eclesiásticos com as estruturas feudais e uma defesa das transformações econômicas e políticas que levariam ao capitalismo.

b) Caracterizou-se pela tentativa de demarcar as fronteiras entre clérigos e leigos com a recomendação enérgica do celibato clerical e a afirmação da superioridade dos poderes espirituais sobre os temporais.

c) Foi marcada por uma profunda reorientação religiosa que condenava o culto aos santos, a devoção às relíquias, às práticas de peregrinação e sustentava a infalibilidade das Escrituras Sagradas.

d) Permitiu uma reaproximação com a Igreja de Constantinopla baseada na proibição da devoção às imagens e uma convivência mais tolerante com judeus e muçulmanos.

e) Representou o reconhecimento das autoridades temporais, sobretudo do Império Romano Germânico, como a única instituição de caráter universal no seio da cristandade.

questão 2

(FUVEST/SP) Alguns séculos antes da grande Reforma do século XVI, o catolicismo medieval sofreu uma série de reformas que visavam à restauração das Instituições da Igreja, a fim de fazê-las retornarem ao anterior estado de pureza. O primeiro desses movimentos reformadores foi desencadeado pelos religiosos do Mosteiro de Cluny, fundado em 910, e visava, originalmente:

a) à reforma do monasticismo, com a consequente purificação da vida conventual e à libertação da dominação da ordem dominicana;

b) ao estabelecimento de costumes mais ascéticos entre os religiosos e à libertação da dominação da ordem cartuxa;

c) à reforma do monasticismo, com a consequente purificação da vida conventual e à libertação da dominação feudal;

d) ao estabelecimento de costumes mais ascéticos entre os religiosos e à libertação da dominação burguesa;

e) à reforma do monasticismo, com os consequentes ataques à simonia e à libertação da ordem franciscana.

questão 3

O principal documento que instituiu as bases da Reforma Gregoriana, tornando-a efetiva, foi:

a) Rerum Novarum

b) Pascendi Dominici Gregis

c) Dictatus Papae

d) Ratio et Fidei

e) Quo Primum Tempore

questão 4

A chamada Querela das Investiduras começou na época em que o Papa Gregório VII procurava instituir suas diretrizes reformistas na Igreja. As pretensões do rei Henrique IV rivalizavam com o projeto do papa no que se refere:

a) ao fato de o rei também querer exercer o título de papa, como ocorria no Império Bizantino.

b) à questão da atribuição de cargos eclesiásticos a membros da igreja.

c) ao fato de uma das pautas da reforma do papa abolir o celibato clerical.

d) à diretriz sugerida pelo rei de que os clérigos deveriam se recusar a obedecer ao papa.

e) ao grande poder militar que o papa teria quando fosse aplicada a reforma.

respostas
Questão 1

Letra B

A Reforma Gregoriana teve como objetivo principal estabelecer uma nítida diferença entre o poder temporal (do Estado) e o poder espiritual (da Igreja). Para tanto, foram necessárias mudanças decisivas no comportamento tanto de clérigos quanto de leigos católicos. A instituição dos sete sacramentos (que até hoje vigoram) foi uma dessas medidas; a questão das investiduras (ordenação de clérigos) também esteve no centro dessas transformações, haja vista que o papa Gregório era contrário à ideia de o rei atribuir cargos aos membros do clero.

Voltar a questão
Questão 2

Letra D

Os reformadores de Cluny, ao lado do papa Gregório VII, promoveram uma verdadeira transformação no comportamento dos clérigos. O ascetismo (medidas contenciosas aplicadas ao corpo, com o objetivo de exponenciar a espiritualidade), o efetivo cultivo do celibato, as meditações e orações sistemáticas, tudo isso contribuiu para a reforma operada a partir dos séculos X e XI.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C

No documento Dictatus Papae foram escritas as principais medidas para a reforma empreendida por Gregório VII. Foi nesse conjunto de normas que foram vistas as orientações voltadas ao exercício dos sacramentos, aos ritos litúrgicos e ao comportamento dos clérigos e dos leigos.

Voltar a questão
Questão 4

Letra B

A Querela das Investiduras começou em razão da pretensão que tinha o rei Henrique IV de investir, isto é, atribuir os postos dos clérigos dentro das esferas hierárquicas da Igreja; fato que era rejeitado pelo papa, que reconhecia no gesto da investidura uma função exclusiva dos domínios eclesiásticos.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola