Topo
pesquisar

Exercícios sobre a vida nas trincheiras

Exercícios de História

Com estes exercícios sobre a vida nas trincheiras, você pode testar seus conhecimentos sobre como viviam os soldados nas trincheiras durante a Primeira Guerra. Publicado por: Cláudio Fernandes
questão 1

Um dos problemas mais frequentes que os soldados da Primeira Guerra Mundial enfrentavam em seu cotidiano dentro das trincheiras eram males e doenças de toda sorte. Entre elas, estava:

a) a gripe de trincheira

b) o pé de trincheira

c) a hanseníase

d) a cegueira psicológica

e) a febre tifoide

questão 2

Leio o texto a seguir e, em seguida, assinale a alternativa correta.

Outro soldado francês descreveu como infantes abatidos por metralhadoras ficaram estirados durante um mês diante de sua trincheira, “alinhados como numa manobra. A chuva cai sobre eles inexoravelmente, e balas despedaçam seus ossos embranquecidos. Certa noite, Jacques, durante uma patrulha, viu enormes ratos saindo debaixo de seus casacos desbotados. Estavam gordos da carne humana de que se alimentavam. Com o coração batendo, ele se aproximou rastejando de um morto. O capacete tinha rolado. O morto ostentava uma careta na face desprovida de carne; o crânio pelado, os olhos comidos. Uma dentadura caíra em sua camisa decomposta e, da boca, escancarada, saltou um animal imundo”. (HASTINGS, Max. Catástrofe: 1914 - a Europa vai à guerra. Trad. Berilo Vargas. Rio de Janeiro: Intrínseca, 2014.).

A descrição que o historiador Max Hastings trouxe é de um soldado da Primeira Guerra Mundial que viveu nas trincheiras no Front Ocidental. A partir dela, podemos perceber que o ambiente das trincheiras:

a) era favorável à defesa da posição.

b) era vulnerável e insalubre.

c) estava abandonado há meses.

d) não foi comum na Primeira Guerra.

e) não sofria ataques de bombas, apenas de tiros.

questão 3

Ao território que ficava entre os cinturões de trincheiras inimigas dava-se o nome de:

a) campos de posição

b) espaço circundante

c) terra de ninguém

d) arena da morte

e) becos assassinos

questão 4

(Cefet-MG) O uso das trincheiras na Primeira Guerra Mundial:

a) acelerou o fim do embate entre os países beligerantes.

b) encerrou as disputas territoriais entre os países europeus.

c) marcou a memória de uma geração de forma traumática.

d) incentivou o seu emprego nas lutas europeias posteriores.

e) garantiu a proteção da população civil dos horrores do conflito.

respostas
Questão 1

Letra B

O pé de trincheira consistia na falta de circulação sanguínea nos pés dos soldados provocada pelo frio e pela umidade e imobilidade, já que ficavam muito tempo sem sair do mesmo local. Essa falta de circulação, acompanhada de congelamento, provocava o apodrecimento de partes dos pés ou mesmo de todo o pé, o que exigia amputações e a consequente invalidez do soldado.

Voltar a questão
Questão 2

Letra B

Como pôde ser percebido na citação, a vida nas trincheiras era extremamente perigosa e insalubre. Os soldados estavam vulneráveis ao fogo inimigo, às doenças provocadas por animais, como os ratos, e ao clima de terror, acentuado pelo apodrecimento dos cadáveres de soldados abatidos.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C

A “terra de ninguém” era o território disputado por ambas as partes em confronto. Cada pelotão entrincheirado procurava avançar sobre esse território e delimitar mais espaço para a sua posição.

Voltar a questão
Questão 4

Letra C

A guerra de trincheiras expôs todo o horror da capacidade destrutiva e mortal do maquinário empregado na Primeira Guerra: canhões, metralhadoras, gases tóxicos que faziam a pele arrebentar em pústulas de sangue, cadáveres insepultos dentro e fora das trincheiras, tudo isso marcou tremendamente toda uma geração, sobretudo das nações europeias. Escritores como Tolkien, Erique Maria Remarque, Ernst Jünger, que lutaram na guerra, deixaram isso registrado em suas obras.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola