Topo
pesquisar

Exercícios sobre Graciliano Ramos

Exercícios de Literatura

Graciliano Ramos se destacou no cenário artístico pertencente à geração de 1930, dotado de uma ideologia voltada para os aspectos sociais. Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
questão 1

(PUC-PR) Graciliano Ramos, cujos livros chegaram à publicação a partir de 1933, distingue-se no quadro amplo da literatura que a partir do Modernismo foi produzida. É marca de sua modernidade, que se constitui de maneira peculiar e distinta:

a) a elevação da caatinga a espaço mítico de transcendência e superação do real.

b) a exaltação da cultura popular baiana.

c) a procura rousseauniana do ideal na simplicidade campestre, na vida rústica, mas gratificante do sertanejo.

d) a reconstituição saudosista do passado, sufocados o espírito crítico e o impulso para a reavaliação.

e) a via do despojamento, que o faz recusar o pitoresco, isentando-o de fraquezas populistas.

questão 2

(UCMG) Graciliano Ramos é autor que, no Modernismo, faz parte da:

a) fase destruidora, que procura romper com o passado.

b) segunda fase, em que se destaca a ficção regionalista.

c) fase irreverente, que busca motivos no primitivismo.

d) geração de 45, que procura estabelecer uma ordem no caos anterior.

e) década de 60, que transcendentaliza o regionalismo.

questão 3

Tendo em vista que as criações artísticas, independentemente se manifestadas na prosa ou na poesia, traduzem os posicionamentos oriundos de todo um contexto histórico, social, econômico e político, adornadas, é claro, com um leve toque das habilidades que se atribuem aos escritores de uma forma geral, explique, ainda que em breves palavras, acerca dos traços ideológicos presentes na obra de Graciliano Ramos, Vidas Secas

questão 4

Sinhá Vitória, Baleia, o menino mais velho, cujo nome se torna uma incógnita para o leitor, todos esses personagens são retratados, nomeados, digamos assim, de forma intencional, levando em conta os traços ideológicos a que se propôs Graciliano ao criar Vidas Secas. Assim, levando em conta esses pressupostos, comente acerca disso.

respostas
Questão 1

Na alternativa demarcada pela letra “A”, atestamos a presença da palavra transcendência, logo verificamos que ela, sem nenhuma dúvida, adéqua-se ao que é proposto no enunciado, visto que o artista realmente transcende ao escrever uma obra, no caso, quase todas pertencentes ao escritor em questão carregam consigo essa característica. Acerca da questão voltada para a caatinga, sabemos que o Nordeste foi alvo de todo esse desencadear de habilidades artísticas, demarcado, por sua vez, pelos problemas sociais, acima de tudo, tais como a seca, a miséria, o êxodo, entre outros.

Voltar a questão
Questão 2

Analisando as características que nortearam a segunda fase do Modernismo brasileiro, sobretudo demarcada pela geração de 1930, atestamos que não só Graciliano Ramos, mas também os demais artistas que compuseram esse período, estiveram voltados para uma análise mais acurada do meio social. Dessa forma, o Nordeste, cenário que serviu de pano de fundo para a maioria das criações, denunciava os traços de uma região em decomposição, digamos assim, uma região levada ao descaso dos políticos, uma região totalmente acometida pela miséria, pela seca, pelo abandono dos que lá viviam, visto ser as condições insuficientes para se viver, o que fez com que os retirantes se deslocassem para o eixo Sul-Sudeste.

Nesse sentido, todos os posicionamentos ideológicos estiveram voltados para uma espécie de denúncia, levando em conta a situação vigente da época em questão. Dessa forma, aproveitando desse “aparato”, o trabalho envolvendo o psicológico dos personagens se fez uma constante em todas as obras desse nobre escritor, Graciliano Ramos.

Voltar a questão
Questão 3

A obra em questão, uma vez analisada, representa uma espécie de denúncia acerca das condições em que viviam os habitantes nordestinos naquela época em que foi escrita. O Nordeste, acometido pela seca, pelo abandono das pessoas que lá viviam, representando assim os retirantes que iam em busca de melhores condições de vida, deslocando-se para o eixo Sul-Sudeste, representava o cenário ideal para os artistas, sobretudo Graciliano Ramos, comporem suas obras. Nesse sentido, Vidas Secas simboliza na íntegra tais condições e, através do trabalho com os caracteres físicos, psicológicos, até mesmo o próprio nome, denuncia essa nítida questão de cunho econômico, social e político, acima de tudo.

Voltar a questão
Questão 4

Tendo em vista que Baleia representa um mamífero de grande porte, envolto por uma robustez vista a olhos nus, bem como Vitória, a começar pelo sentido estrito da palavra, a qual simboliza conquistas, algo voltado para aspectos somente de cunho positivo, percebe-se que o autor da obra em questão fez uso de uma perceptível ironia, haja vista que as condições em que se encontravam os personagens retratados não eram das melhores. Continuando com os aspectos ideológicos, a falta de um nome, de uma identidade, empreendida pelos dois filhos do casal, tão bem denuncia essa questão da falta de posição enquanto ser presente na sociedade, marginalizada, jogada ao descaso.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola