Topo
pesquisar

Exercícios sobre Oswald de Andrade

Exercícios de Literatura

Estes exercícios sobre Oswald de Andrade abordam as principais características da obra de um dos representantes da famosa tríade modernista. Publicado por: Luana Castro Alves Perez
questão 1

(UNIFESP – SP)

SENHOR FEUDAL

Se Pedro Segundo

Vier aqui

Com história

Eu boto ele na cadeia.

Oswald de Andrade

O título do poema de Oswald remete o leitor à Idade Média. Nele, assim como nas cantigas de amor, a ideia de poder retoma o conceito de

a) fé religiosa.

b) relação de vassalagem.

c) idealização do amor.

d) saudade de um ente distante.

e) igualdade entre as pessoas.

questão 2

Vício na fala

Para dizerem milho dizem mio

Para melhor dizem mió

Para pior pió

Para telha dizem teia

Para telhado dizem teiado

E vão fazendo telhados.

Oswald de Andrade

Sobre o poema de Oswald de Andrade, julgue as seguintes proposições:

I. O poema de Oswald de Andrade volta-se contra o preconceito linguístico e nos chama a atenção para a necessidade de uma espécie de ética linguística pautada na diferença entre as línguas, nesse caso em uma única língua.

II. O poema critica a maneira de falar do povo brasileiro, sobretudo das classes incultas que desconhecem o nível formal da língua.

III. Para ele, os falantes que dizem “mio”, “mió”, “pió”, “teia”, “teiado”, de certa forma, constroem um “telhado”, ou seja, criam novas formas de pronúncia que se sobressaem, em muitos casos, à norma culta.

IV. A palavra “vício”, encontrada no título do poema, denota certo preconceito linguístico do autor, que julga a norma culta superior ao coloquialismo presente na fala das pessoas menos esclarecidas.

a) Todas estão corretas.

b) I e III estão corretas.

c) I, III e IV estão corretas.

d) II e III estão corretas.

questão 3

(Enem – 2013)

MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA. Oswald de Andrade: o culpado de tudo. 27 set. 2011 a 29 jan. 2012. São Paulo: Prol Gráfica, 2012
MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA. Oswald de Andrade: o culpado de tudo.
27 set. 2011 a 29 jan. 2012. São Paulo: Prol Gráfica, 2012

O poema de Oswald de Andrade remonta à ideia de que a brasilidade está relacionada com o futebol. Quanto à questão da identidade nacional, as anotações em torno dos versos constituem:

a) direcionamentos possíveis para uma leitura crítica de dados histórico-culturais.

b) forma clássica da construção poética brasileira.

c) rejeição à ideia do Brasil como o país do futebol.

d) intervenções de um leitor estrangeiro no exercício de leitura poética.

e) lembretes de palavras tipicamente brasileiras substitutivas das originais.

questão 4

Fazem parte da obra de Oswald de Andrade os seguintes títulos:

a) Macunaíma e Amar, verbo intransitivo.

b) A cinza das horas e Estrela da Manhã.

c) Laranja da China e Cavaquinho e Saxofone.

d) Memórias sentimentais de João Miramar e Serafim Ponte Grande.

questão 5

São características da obra de Oswald de Andrade, exceto:

a) A obra de Oswald de Andrade representa um dos cortes mais profundos do modernismo brasileiro em relação à cultura do passado.

b) Sua obra é debochada, irônica e crítica, sempre pronta para satirizar os meios acadêmicos ou a própria burguesia, classe da qual se originara.

c) A linguagem utilizada por Oswald caracteriza-se pela síntese, pelas rupturas sintáticas e lógicas, pelas imagens bruscas e pela fragmentação.

d) Em sua obra estão presentes o lirismo, a piada, a imaginação, a fala popular, a ironia, os flashes cinematográficos, todos elementos observados nos chamados poemas-minuto.

e) Os temas mais comuns de sua obra são a paixão pela vida, a morte, o amor e o erotismo, a solidão, a angústia existencial, o cotidiano e a infância.

respostas
Questão 1

Alternativa “b”. Nada mais notório que a relação entre “Senhor Feudal” e a organização social da Idade Média e a instituição da suserania e vassalagem. No poema de Oswald, podemos perceber as características que nortearam sua obra, como a liberdade na construção do texto, deixando de lado aspectos formais encontrados nas obras dos períodos anteriores, entre eles o romantismo e o parnasianismo. Assim como Mário de Andrade, o escritor buscava a formação de uma identidade nacional, pois acreditava na relevância da cultura brasileira.

Voltar a questão
Questão 2

Alternativa “b”. Em razão do projeto político do autor e da escola literária à qual Oswald de Andrade pertencia, podemos afirmar que o “vício” é, na verdade, uma virtude, uma marca de regionalismo importante para a construção da identidade nacional, bandeira defendida pelos primeiros modernistas. Por intermédio da linguagem, Oswald conseguiu contrastar as diferenças entre a classe culta e a classe operária, essa última responsável por usar variantes e regionalismos. Contudo, não há intenção preconceituosa no posicionamento de Oswald, que sempre buscou a valorização do Brasil real presente na linguagem empregada pelo povo.

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa “a”. A instalação “Brasilidade em construção” explora elementos socioculturais defendidos pelos primeiros modernistas, fazendo referência ao futebol como instrumento de supremacia sobre os portugueses, nossos colonizadores. As anotações feitas em torno dos versos denunciam possíveis direcionamentos para uma leitura crítica de dados histórico-culturais. Conhecer algumas das características da 1ª fase do Modernismo é fundamental para a resolução da questão.

Voltar a questão
Questão 4

Alternativa “d”. a) Mário de Andrade. b) Manuel Bandeira. c) Alcântara Machado.

Voltar a questão
Questão 5

Alternativa “e”: As características descritas na alternativa “e” fazem referência à obra de Manuel Bandeira, que, ao lado de Oswald e Mário de Andrade, formou a famosa tríade modernista, responsável por difundir os ideais modernistas. Entre esses ideais, a construção de uma literatura genuinamente brasileira que falasse de seu povo e de seus costumes por meio de uma linguagem livre de arcaísmos, na qual os temas do cotidiano, o nacionalismo, o humor e a ironia fossem privilegiados.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola