Topo
pesquisar

Exercícios sobre poesia social

Exercícios de Literatura

Estes exercícios sobre poesia social abordam as principais características literárias desse importante período da literatura brasileira do século XX. Publicado por: Luana Castro Alves Perez
questão 1

(Enem - 2010)

Ferreira Gullar, um dos grandes poetas brasileiros da atualidade, é autor de “Bicho urbano”, poema sobre sua relação com as pequenas e grandes cidades.

BICHO URBANO


Se disser que prefiro morar em Pirapemas

ou em outra qualquer pequena cidade do país

estou mentindo

ainda que lá se possa de manhã

lavar o rosto no orvalho

e o pão preserve aquele branco

sabor de alvorada.


A natureza me assusta.

Com seus matos sombrios suas águas

suas aves que são como aparições

me assusta quase tanto quanto

esse abismo

de gases e de estrelas

aberto sob minha cabeça.

(GULLAR, Ferreira. Toda poesia. Rio de Janeiro, José Olympio Editora, 1991.)

Embora não opte por viver numa pequena cidade, o poeta reconhece elementos de valor no cotidiano das pequenas comunidades. Para expressar a relação do homem com alguns desses elementos, ele recorre à sinestesia, construção de linguagem em que se mesclam impressões sensoriais diversas. Assinale a opção em que se observa esse recurso.

a) “e o pão preserve aquele branco / sabor de alvorada.”

b) “ainda que lá se possa de manhã / lavar o rosto no orvalho”

c) “A natureza me assusta / Com seus matos sombrios suas águas”

d) “suas aves que são como aparições / me assusta quase tanto quanto”

e) “me assusta quase tanto quanto / esse abismo / de gases e de estrelas”

questão 2

São características da poesia social:

I. O movimento teve como líderes os irmãos Augusto e Haroldo de Campos, além do escritor Décio Pignatari, e surgiu na década de 1950.

II. A poesia social surgiu como um manifesto contra o excesso de teorização e de experimentalismo da poesia concreta, também chamada de poesia de vanguarda.

III. A poesia social retomou certos procedimentos adotados pelas correntes de vanguarda do começo do século XX, como o Futurismo e o Cubismo.

IV. A poesia social propunha a volta da linguagem discursiva por meio de um estilo simples e direto, já que tal característica havia sido abolida pelos poetas do Concretismo.

V. Os poetas da poesia social valeram-se de materiais gráficos e visuais para criar uma poesia urbana. O poema abandona a linguagem discursiva e assume forma de cartaz, cartão, anúncio, fotografia ou qualquer objeto da produção industrial.

a) II e IV estão corretas.

b) I, III e V estão corretas.

c) I e II estão corretas.

d) II, IV e V estão corretas.

e) Apenas I está correta.

questão 3

Estão, entre os principais representantes da poesia social brasileira:

a) João Cabral de Melo Neto, Carlos Drummond de Andrade e Décio Pignatari.

b) Haroldo de Campos, Augusto de Campos e Décio Pignatari.

c) Ferreira Gullar, Thiago de Melo e Afonso Romano de Sant'Ana.

d) Ferreira Gullar, João Cabral de Melo Neto e Murilo Mendes.

e) Paulo Leminski, Torquato Neto e Waly Salomão.

questão 4

 Não há vagas

                                             O preço do feijão 

                                             não cabe no poema. O preço

                                             do arroz  

                                             não cabe no poema.

 

                                             Não cabem no poema

                                             a luz o telefone  

                                             a sonegação

                                             do leite

                                             da carne

                                             do açúcar

                                             do pão

 

                                            O funcionário público

                                            não cabe no poema

                                            com seu salário de fome

                                            sua vida fechada

                                            em arquivos.

                                            Como não cabe no poema

                                            o operário

                                            que esmerila seu dia de aço

                                            e carvão

                                            nas oficinas escuras

 

                                            - porque o poema, senhores,

                                              está fechado:

                                             "não há vagas"

 

                                             Só cabe no poema

                                             o homem sem estômago

                                             a mulher de nuvens

                                             a fruta sem preço

               O poema, senhores,

                                                            não fede

                                                            nem cheira.

Ferreira Gullar

Podemos afirmar que o poema de Ferreira Gullar representa a chamada poesia social, pois:

a) Apresenta características que o assemelham à poesia produzida pela terceira geração do modernismo brasileiro, cujo ideal era o experimentalismo e a ruptura com o poema formal.

b) Propõe a volta de uma linguagem discursiva, num estilo simples e direto, representando na poesia o cotidiano do homem das cidades, além de representar os momentos difíceis de situação social e política enfrentados pelo Brasil nas décadas de 1960 e 1970.

c) A poesia de Ferreira Gullar apresenta um corte profundo entre a poesia romântica e a poesia moderna, embora ainda faça uso de elementos linguísticos comuns ao parnasianismo brasileiro.

d) Pode ser considerado como poesia social porque não apresenta qualquer tipo de preocupação com a vida do homem nas grandes cidades. Há apenas o compromisso com a palavra e com a estrutura do poema, que rompe com a linguagem discursiva a favor do verso livremente disposto na página.

respostas
Questão 1

Alternativa “a”. A expressão “branco sabor”, ao associar o sentido da visão com o do paladar, promove a fusão de impressões sensoriais diversas, constituindo uma sinestesia.

Voltar a questão
Questão 2

Alternativa “a”. Com exceção das proposições II e IV, as demais trazem características do Concretismo.

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa “c”. Ferreira Gullar, Thiago de Melo e Afonso Romano de Sant'Ana foram os principais representantes da poesia social brasileira. A poesia social buscava expressar a posição do autor diante da vida e dos problemas da sociedade por meio de uma arte mais discursiva e menos visual.

Voltar a questão
Questão 4

Alternativa “c”.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola