Topo
pesquisar

Exercícios sobre Carga Formal

Exercícios de Química

Existem exceções à regra do octeto. Assim, para não ter dúvidas sobre a fórmula das moléculas e íons, basta realizar o cálculo da carga formal. Publicado por: Jennifer Rocha Vargas Fogaça
questão 1

Abaixo foram propostas duas estruturas para a molécula de sulfato de hidrogênio (ácido sulfúrico, H2SO4). Realize o cálculo da carga formal e descubra qual delas tem maior probabilidade de existência real.

Ver Resposta
questão 2

Sabendo que o número atômico do Carbono é igual a 6 e o do oxigênio é igual a 8, e com base no cálculo da carga formal, prove que a estrutura 1 para o dióxido de enxofre (CO2) tem maior probabilidade de existência real:

Ver Resposta
questão 3

(UFRGS/2005) Observe a estrutura eletrônica de Lewis sugerida para o N2O:

Nessa estrutura, as cargas formais dos átomos, lidos da esquerda para a direita, são, respectivamente:

a)      zero, zero e zero.

b)      -1, -1 e +2.

c)       -1, +1 e zero.

d)      +1, -1 e zero.

e)      +3, +3 e -6.

Ver Resposta
questão 4

Determine a carga formal para o ânion tetrafluorborato (BF4-):

Ver Resposta
respostas
Questão 1

A estrutura 1 tem maior probabilidade de existência real, mesmo considerando que nessa estrutura o enxofre tenha expandido seu octeto. Isso é mostrado no cálculo da carga formal abaixo, em que os valores mais próximos de zero foram os dessa estrutura.

A fórmula da carga formal (Cfo) é:

Cf = V – (L + ½ S)

Em que:

V = quantidade de elétrons de valência do átomo livre;
L = quantidade de elétrons presentes nos pares isolados (não ligantes) do átomo na estrutura;
S = quantidade de elétrons compartilhados pelo átomo na estrutura.

Realizaremos o cálculo da carga formal apenas para os átomos em destaque abaixo, pois os demais estão com arranjos iguais. Assim, temos:

Voltar a questão
Questão 2

 

Embora nas duas estruturas todos os átomos completem o seu octeto, o cálculo da carga formal nos leva à conclusão de que a estrutura 1 é a mais provável:

Estrutura 1:

Oxigênio (O)                      Carbono (C):                      Oxigênio (O)                  
Cf(O) = 6 – (4 + ½ 4)             Cf(C) = 4 – (0 + ½ 8)         Cf(O) = 6 – (4 + ½ 4)
Cf(O) = 0                                 Cf(S) =0                               Cf(O) = 0                                            

Estrutura 2:

Oxigênio (O)                      Carbono (C):                      Oxigênio (O)                  
Cf(O) = 6 – (4 + ½ 4)             Cf(S) = 4 – (4 + ½ 4)         Cf(O) = 6 – (0 + ½ 8)
Cf(O) = 0                                 Cf(C) = -2                            Cf(O) = +2

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa “c”

Observe o cálculo da carga formal dos elementos (da esquerda para a direita):

Voltar a questão
Questão 4

Neste caso, a carga formal (Cf) do boro [Cf(b)]e de cada átomo de flúor [Cf(f)] são iguais a:

Cf(b) = 3 – [ 0 + ½ 8]  = -1.

Cf(f) = 7 – (6 + ½ 2) = 0.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola