Topo
pesquisar

Exercícios sobre clichês e senso comum

Exercícios de Redação

Esta lista de exercícios sobre clichês e senso comum traz questões sobre esses elementos indesejados na produção de textos. Publicado por: Luana Castro Alves Perez
questão 1

(MACKENZIE)

“Acho que não pode haver discriminação racial e religiosa de espécie alguma. O direito de um termina quando começa o do outro. Em todas as raças, todas as categorias, existe sempre gente boa e gente má. No caso particular dessa música, não posso julgar, porque nem conheço o Tiririca. Como posso saber se o que passou na cabeça dele era mesmo ofender os negros? Eu, Carmen Mayrink Veiga, não tenho idéia. Mas o que posso dizer é que se os negros acharam que a música é uma ofensa, eles devem estar com toda razão.” (Revista Veja).

a) A argumentação, desenvolvida por meio de clichês, subtende um distanciamento entre o eu /
enunciador e o ele / negros.

b) A argumentação revela um senso crítico e reflexivo, uma mente que sofre com os preconceitos e,
principalmente, com a própria impotência diante deles.

c) A argumentação, partindo de visões inusitadas, mas abalizadas na realidade cotidiana, aponta para a total solidariedade com os negros e oprimidos.

d) O discurso, altamente assumido pelo enunciador, a ponto de autocitar-se sem pejo, ataca
rebeldemente a hipocrisia social, que mascara os preconceitos.

e) Impossível conceber, como desse mesmo enunciador, essa frase: “Sempre trabalhei como uma
negra”, publicada semanas antes na mesma revista.

questão 2

No mundo em que vivemos a violência aumenta cada vez mais. Nos dias de hoje o cidadão de bem não consegue mais caminhar pelas ruas sem sentir medo. É preciso que os governantes tomem providências para acabar com esse mal que assola o país. Prefeitos, governadores e presidente precisam conscientizar-se de que a situação não pode permanecer como está. Por último, mas não menos importante, é importante também que as pessoas façam a sua parte, evitando certos comportamentos que as deixam vulneráveis à violência.

Sobre o trecho acima é correto afirmar:

I. Apresenta ideias e argumentos criativos para a resolução do problema proposto no tema da redação.

II. Apresenta quebra do paralelismo sintático, desvios ortográficos e desrespeita à norma culta da língua portuguesa.

III. Apresenta soluções aplicáveis para o fim do problema da violência no Brasil, constituíndo um bom exemplo de proposta de intervenção para a redação do Enem.

IV. Abusa de clichês e do senso comum, elementos que impedem o desenvolvimento de ideias e esvaziam os sentidos do texto.

V. Expressões como nos dias de hoje, por último, mas não menos importante, no mundo em que vivemos são exemplos de chavões e, por isso, devem ser evitadas em uma dissertação argumentativa.

a) Todas estão corretas.

b) Apenas I está correta.

c) I, II e III estão corretas.

d) IV e V estão corretas.

e) II e V estão corretas.

questão 3

Assinale o trecho que não apresenta clichês (chavões, senso comum, frases prontas e expressões):

a) Nos dias de hoje o ser humano não tem piedade da natureza, está desmatando nossas reservas naturais sem pensar no amanhã. É preciso que a população se conscientize para dar um basta nesse processo que já vem acontecendo há muitos anos, pois sem natureza não haverá futuro para nossos filhos e netos. (Tema da redação: “Desenvolvimento e preservação ambiental”, Enem 2001).

b) Hoje em dia, todos somos reféns da insegurança e do medo, pois a violência tem atingido proporções assustadoras. Nossos governantes precisam se mobilizar para proteger o cidadão, mas os políticos são todos corruptos, não se importam com o bem-estar do povo. As autoridades precisam investir na segurança pública, pois só assim essa chaga da sociedade chamada “violência”, será combatida. (Tema da redação: “A violência na sociedade brasileira: como mudar as regras desse jogo?”, Enem 2003).

c) Fica clara, portanto, a necessidade de uma ampliação da legislação atual a fim de limitar, como já acontece em países como Canadá e Noruega, a propaganda para esse público, visando à proibição de técnicas abusivas e inadequadas. Além disso, é preciso focar na conscientização dessa faixa etária em escolas, com professores que abordem esse assunto de forma compreensível e responsável. Só assim construiremos um sistema que, ao mesmo tempo, consiga vender seus produtos sem obter vantagem abusiva da ingenuidade infantil. (Tema da redação: "Publicidade infantil em questão no Brasil”, Enem 2014).

d) No mundo em que vivemos a falta de gentileza entre as pessoas está cada vez maior. Nos dias de hoje, as pessoas estão cada vez menos humanas e mais solitárias e a falta de amor entre os seres humanos é enorme. As pessoas precisam se conscientizar de que vivemos em sociedade, precisamos uns dos outros, senão ficaremos isolados no universo. É preciso pensar positivo e acreditar que um dia nos tornaremos pessoas melhores, afinal de contas, a esperança é sempre a última que morre.

questão 4

Sobre os clichês, estão corretas as alternativas, exceto:

a) Em uma redação, os clichês podem manifestar-se por meio do senso comum, dos chavões, das frases prontas e das expressões, elementos que comprometem a originalidade e a progressão das ideias em um texto.

b) O senso comum é o saber imediato, o nível mais elementar do conhecimento, que se baseia em observações ingênuas da realidade. Nesse tipo de pensamento existe pouca – ou nenhuma – reflexão, são ideias pré-fabricadas que circulam entre as pessoas como se fossem verdades incontestáveis. Os estereótipos são exemplos da manifestação do senso comum em uma redação.

c) Nem sempre as expressões são escritas da mesma maneira, mas as ideias nelas contidas são sempre as mesmas: “as pessoas estão cada vez menos humanas”, “a falta de amor entre os seres humanos é enorme”, “as pessoas precisam se conscientizar”, “é preciso pensar positivo” etc.

d) “No mundo em que vivemos”, “nos dias de hoje”, “hoje em dia”, “era uma vez”, “no mundo globalizado”, “fechar com chave de ouro”, “por último, mas não menos importante”, entre outras sentenças, estão entre os exemplos mais comuns de frases prontas, encontradas à exaustão nas redações de concursos e vestibulares.

e) Os clichês não devem ser vistos como exemplos de banalidade, pois não comprometem a originalidade, tampouco o desenvolvimento das ideias de um texto. Pelo contrário, o uso de clichês é recomendável, pois representam uma maneira fácil de entendimento, asseguram a inteligibilidade dos enunciados e permitem que o leitor compreenda adequadamente a mensagem do texto.

respostas
Questão 1

Alternativa “a”.

Voltar a questão
Questão 2

Alternativa “d”. Os clichês, expressões amplamente difundidas e utilizadas pelos falantes, são considerados pela linguística textual como vícios de linguagem. Essas expressões são utilizadas de maneira excessiva, e a sedimentação de seus significados propicia o surgimento de ideias generalizantes ou estereotipadas, efeito que compromete a originalidade de um texto.

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa “c”. O autor do texto, além de ter apresentado uma proposta de intervenção eficiente e coerente para o problema proposto no tema, não recorreu ao uso de clichês, muletas linguísticas que comprometem o desenvolvimento das ideias e denunciam falta de conhecimento ou poder de reflexão sobre determinado assunto.

Voltar a questão
Questão 4

Alternativa “e”. O uso de clichês deve ser evitado nas produções textuais. 

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola