Topo
pesquisar

Exercícios sobre ondas estacionárias em cordas

Exercícios de Física

Estes exercícios testarão seus conhecimentos sobre as ondas estacionárias que se formam sobre cordas presas em suas extremidades. Publicado por: Rafael Helerbrock
questão 1

Sobre uma corda vibrante de 2 m de comprimento é formada uma onda estacionária correspondente ao primeiro harmônico (frequência fundamental). O comprimento de onda dessa oscilação tem módulo igual a:

a) 4,0 m;

b) 2,0 m;

c) 1,0 m;

d) 0,5 m;

e) 8,0 m.

questão 2

Uma onda estacionária cujo comprimento de onda mede 50 cm é formada em uma corda vibrante de 4,0 m de comprimento. A ordem do harmônico formado é igual a:

a) 8

b) 12

c) 16

d) 4

e) 2

questão 3

(UCS-Adaptado) Um tubo sonoro aberto emite o seu quinto harmônico com frequência de 1,7kHz. A velocidade do som, no ar que preenche o tubo, tem módulo igual a 340 m/s. O comprimento do tubo vale:

a) 5,0 m

b) 0,5 m

c) 0,25 m

d) 0,025 m

e) 2,0 m

questão 4

Em uma corda vibrante, forma-se uma onda estacionária correspondente ao quinto harmônico. O número de meio comprimento de onda e o de nós nessa corda equivalem a, respectivamente:

a) 4 e 5

b) 5 e 4

c) 6 e 5

d) 5 e 6

e) 2 e 3

respostas
Questão 1

Letra A

Para que um harmônico seja formado em uma corda vibrante, é necessário que os nós da onda estacionária estejam nas extremidades da corda. Dessa forma, existe uma relação entre o comprimento da corda e o comprimento de onda do harmônico:

Na equação acima, L é o comprimento da corda, n é a ordem do harmônico (n = 1,2,3...), e λ é o comprimento da onda estacionária que se forma na corda. O exercício referiu-se à formação do primeiro harmônico, portanto, o valor de n é 1. Dessa forma, temos que:

Multiplicando os termos, encontramos um valor de λ = 4 m para o harmônico fundamental.

Voltar a questão
Questão 2

Letra C

A relação entre o comprimento da corda e o comprimento da onda estacionária é determinada pela equação a seguir:

Sendo o comprimento da corda 4,0 m e o comprimento da onda (λ) igual a 0,5 m (50 cm = 0,5 m), escrevemos que:

Portanto, o harmônico formado na corda corresponde ao décimo sexto harmônico (n = 16).

Voltar a questão
Questão 3

Letra B

Dessa forma, a frequência do harmônico (1,7 kHz = 1700 Hz) é 5 vezes a frequência fundamental:

Relacionando o comprimento de onda formado no tubo com o seu comprimento e a velocidade do som, podemos usar a seguinte expressão:

Utilizando as informações dadas pelo enunciado do exercício, temos que:

Portanto, o comprimento desse tubo sonoro é de 0,5 m.

Voltar a questão
Questão 4

Letra D

A relação entre o comprimento de uma corda e a ordem do harmônico formado sobre ela é dada por:

Dessa forma, n (a ordem do harmônico) corresponde à quantidade de meio comprimento de onda, que totaliza o comprimento total da corda vibrante, e o número de nós é sempre igual a (n+1), ou seja, o número do harmônico acrescido de 1. Portanto, o número de meio comprimento de onda é 5, enquanto o número de nós é 6.

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola