Whatsapp

Exercícios sobre conurbação

Exercícios de Geografia

Esta lista de exercícios permitirá avaliar os seus conhecimentos sobre a conurbação, processo espacial notadamente marcado pela expansão da mancha urbana das cidades. Publicado por: Mateus Campos
questão 1

A conurbação é um processo típico de regiões altamente urbanizadas, marcado pela:

A) retração do índice de crescimento das áreas rurais.

B) expansão vertical das zonas urbanas das cidades.

C) junção da mancha urbana de duas ou mais cidades.

D) intensificação da gentrificação dos centros urbanos.

E) diminuição significativa das taxas de êxodo rural.

questão 2

Aponte qual característica marcadamente espacial é decorrente do processo de conurbação.

A) Criação de condomínios de alto padrão social entre uma ou mais conurbações.

B) Ausência de limites claros entre as cidades conurbadas.

C) Remoção de zonas industriais das cidades conurbadas para as áreas rurais.

D) Crescimento das áreas gentrificadas nas cidades conurbadas.

E) Aumento do processo de verticalização nas zonas centrais das conurbações.

questão 3

O processo de conurbação das cidades é resultado do aumento das taxas de urbanização. No Brasil, esse cenário foi marcado por meio do:

A) intenso êxodo da população do campo para a cidade em busca de melhores condições de vida.

B) fomento de movimentos populacionais para as regiões interioranas e despovoadas do país.

C) planejamento urbano dos grandes centros, que privilegiou a criação de muitas áreas urbanas.

D) crescimento da ocupação das áreas rurais do país em razão da elevada produção agrícola.

E) desenvolvimento de polos de alta tecnologia nas cidades localizadas no interior do país.

questão 4

A conurbação é um processo espacial resultante do crescimento das cidades. No que toca aos processos espaciais da urbanização, as regiões conurbadas são fruto do crescimento urbano:

A) horizontal, com destaque para a concentração populacional em regiões periféricas.

B) horizontal, devido ao investimento público na criação de conjuntos habitacionais.

C) horizontal, por meio da instalação de condomínios fechados nas zonas urbanas.

D) vertical, em razão da implementação de condomínios verticais de alto valor agregado.

E) vertical, principalmente pela criação de grandes prédios nas áreas centrais das cidades.

questão 5

Assinale abaixo a alternativa que exemplifica uma razão do crescimento das áreas conurbadas no Brasil.

A) Instalação de serviços nas zonas periféricas das cidades.

B) Investimento em estrutura de transportes intraurbanos.

C) Políticas de criação de condomínios habitacionais.

D) Fomento de políticas públicas de planejamento urbano.

E) Elevado custo de moradia nas regiões centrais das cidades.

questão 6

Qual tipo de migração está diretamente vinculado ao processo de conurbação?

A) Migração externa.

B) Migração forçada.

C) Migração espontânea.

D) Migração sazonal.

E) Migração pendular.

questão 7

Entre as alternativas abaixo, aponte a que apresenta uma consequência do processo de conurbação das cidades.

A) Preservação da vegetação nativa das regiões periféricas das cidades.

B) Aumento do tempo de deslocamento entre o domicílio e o trabalho.

C) Maior facilidade de acesso da população aos serviços públicos locais.

D) Desenvolvimento de redes de transporte público para a população.

E) Crescimento do poder de compra da população economicamente ativa.

questão 8

Aponte, entre os exemplos abaixo, uma região urbana que NÃO apresenta conurbação.

A) A região formada pelos municípios do ABCD paulista.

B) As cidades nordestinas de Juazeiro (BA) e Petrolina (PE).

C) Os municípios limítrofes da capital do Rio de Janeiro.

D) A maior parte das cidades presentes na Baixada Santista.

E) A cidade de Rio Branco e demais municípios do Acre.

questão 9

(UFG 2011) Viver nas cidades tornou-se um traço característico das sociedades contemporâneas, onde aparecem extensas “manchas urbanas” que, institucionalizadas, formam as áreas metropolitanas. No processo de metropolização, é comum a ocorrência da conurbação, que se caracteriza:

A) pelo crescimento vertical das cidades, que aglutina grandes contingentes da população em reduzidos espaços.

B) pelo crescimento de uma cidade que polariza as funções econômicas das demais cidades numa mesma região.

C) pelo adensamento populacional crescente, que força a ampliação das áreas limítrofes entre municípios vizinhos.

D) pela criação de cidades no entorno de um ou mais polos tecnológicos ou de ensino, sem alterar os limites municipais.

E) pela continuidade espacial das malhas urbanas municipais, que cria uma paisagem com um espaço urbano contínuo.

questão 10

(UFT 2013) Em muitos casos, as manchas urbanas de vários municípios próximos se expandem e se unem, desencadeando um processo muito comum nas metrópoles brasileiras. Há ruas, avenidas, viadutos e outros logradouros públicos interligando esses municípios, além de redes de saneamento básico e energia elétrica comuns.

(LUCCI et al.,Território e sociedade no mundo globalizado, 2005, p. 269).

O processo ao qual o texto se refere é denominado:

A) metropolização.

B) cosmopolitismo urbano.

C) conurbação.

D) urbanização difusa.

E) rede metropolitana.

questão 11

(IFGO 2011) A sociedade capitalista imprimiu um forte processo de urbanização da sociedade. Em escala mundial, nunca antes na história da humanidade houve tantas pessoas morando em cidades e tantas áreas urbanas existentes. Dois fenômenos típicos da urbanização capitalista são a constituição das áreas metropolitanas e das megalópoles.

Sobre os conceitos de área metropolitana e megalópole, é correto afirmar que:

A) o processo de constituição de megalópoles foi inicialmente estudado por Jean Gottman, na década de 1960. Uma megalópole caracteriza-se unicamente pelo fato de as cidades serem bastante grandes.

B) as metrópoles são cidades polarizadoras das demais cidades vizinhas. Esse processo de polarização acaba por formar áreas metropolitanas que podem ou não conter processos de conurbação.

C) megalópoles e metrópoles são dois conceitos muito utilizados para compreender as cidades com até 1 milhão de habitantes.

D) estudos recentes demonstram que há já plenamente constituídas no território brasileiro duas grandes megalópoles: São Paulo/Rio de Janeiro e São Paulo/Campinas/Santos.

E) As metrópoles brasileiras, bem como as dos demais países subdesenvolvidos, são sempre populosas e isso provoca um considerável aumento na qualidade de vida de seus habitantes, pois diversifica os serviços oferecidos à população.

questão 12

(UEFS 2009) Região metropolitana é o conjunto de municípios contíguos e interligados socioeconomicamente a uma metrópole com serviços públicos e de infraestrutura comuns. Considerando-se o conceito descrito e os conhecimentos sobre a urbanização brasileira, pode-se afirmar que as regiões metropolitanas do Sudeste caracterizam-se:

A) pelo fenômeno da metropolização decorrente da crescente concentração industrial.

B) pelo processo de conurbação de seus municípios e consequente aumento dos movimentos pendulares.

C) pelo elevado IDH, o que reflete uma maior inclusão social.

D) pela rede urbana ampla e complexa, com a existência de todos os níveis hierárquicos.

E) pela especulação imobiliária que, gradativamente, elimina a segregação espacial.

respostas
Questão 1

Alternativa C. O processo de conurbação é marcado pela junção da mancha urbana de duas ou mais cidades. Ele é resultante do crescimento urbano horizontal dos centros urbanos, fomentado por processos como a urbanização e a migração.

Voltar a questão
Questão 2

Alternativa B. No que toca à espacialidade das cidades, a conurbação impede a definição de limites claros entre uma cidade e outra por meio da análise da paisagem urbana. Dessa maneira, o nível de integração entre dois ou mais centros urbanos é tão elevado que é dificultoso estabelecer limites claros entre uma cidade e outra. Esse fato é visível em regiões metropolitanas, como em municípios da Grande São Paulo (SP).

Voltar a questão
Questão 3

Alternativa A. O crescimento urbano no Brasil foi resultado do processo de êxodo rural, ou seja, da saída da população da zona rural para a urbana, notadamente em razão da busca por melhores condições de vida. O crescimento horizontal das cidades é um resultado do intenso fluxo de pessoas para os centros urbanos.

Voltar a questão
Questão 4

Alternativa A. As regiões conurbadas são fruto do crescimento horizontal das cidades. Esse tipo de crescimento urbano é caracterizado pelo aumento espacial das áreas urbanas, em especial das áreas periféricas, amplamente ocupadas pela população de renda média-baixa.

Voltar a questão
Questão 5

Alternativa E. O elevado custo de moradia nas cidades, em especial nas regiões centrais, notadamente mais valorizadas, provocou um aumento da expansão urbana para as zonas periféricas urbanas, onde o custo das habitações é menor. Dessa maneira, há um forte crescimento horizontal dos centros urbanos, resultando em processos de conurbação.

Voltar a questão
Questão 6

Alternativa E. A migração pendular é aquela em que uma determinada pessoa mora em uma cidade e se desloca para outra diariamente, principalmente por questões de trabalho. Esse tipo de migração é típico de áreas conurbadas, onde há uma grande dependência entre as cidades e, ainda, a presença das chamadas “cidades-dormitório”.

Voltar a questão
Questão 7

Alternativa B. O processo de conurbação resulta na expansão da mancha urbana de duas ou mais cidades. Dessa maneira, há um aumento no tempo de deslocamento da população, uma vez que, notadamente, as áreas periféricas são utilizadas como moradia. Já as áreas centrais das cidades são prioritariamente usadas como espaços de trabalho.

Voltar a questão
Questão 8

Alternativa E. A cidade de Rio Branco é a capital do Acre, estado da Região Norte do Brasil. Assim como a maior parte das cidades nortistas brasileiras, Rio Branco não apresenta o fenômeno da conurbação, uma vez que não possui uma mancha urbana extensa, marcada pela junção com municípios vizinhos.

Voltar a questão
Questão 9

Alternativa E. A conurbação é uma característica das regiões metropolitanas e é marcada pela expansão da mancha urbana de duas ou mais cidades, de maneira que haja uma continuidade espacial entre elas.

Voltar a questão
Questão 10

Alternativa C. O processo de expansão da mancha urbana citado no texto indica a junção de duas ou mais cidades. Esse processo é chamado de conurbação e é marcado pela continuidade espacial entre municípios vizinhos.

Voltar a questão
Questão 11

Alternativa B. As metrópoles são cidades que ocupam o topo da hierarquia urbana. São cidades com um alto grau de hegemonia espacial e apresentam características de polarização, principalmente com os municípios vizinhos. Porém, a existência de uma metrópole não está atrelada ao processo de conurbação. A junção da mancha urbana é muito comum em áreas metropolitanas, mas não é uma condição para a conceituação de metrópole.

Voltar a questão
Questão 12

Alternativa B. As grandes cidades do Sudeste do Brasil são marcadas pelo processo de conurbação, ou seja, pela junção das manchas urbanas entre municípios vizinhos. Esse processo provoca o aumento dos movimentos pendulares da população. São exemplos desse cenário as regiões metropolitanas de São Paulo (SP) e Rio de Janeiro (RJ).

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
Artigo
Relacionado