Exercícios sobre clima

Esta lista de exercícios será uma excelente ferramenta para você testar seus conhecimentos sobre o clima. Publicado por: Larissa Mesquita
Questão 1

São as condições atmosféricas de um determinado lugar durante um longo período de tempo. Para sua classificação, são necessárias as observações sobre o comportamento atmosférico durante, no mínimo, trinta anos.

O enunciado acima faz referência:

a) às temperaturas.

b) à pressão atmosférica.

c) ao tempo.

d) ao clima.

e) à umidade do ar.

Ver resposta
Resposta

Letra D.

O clima é o comportamento atmosférico constante de um determinado lugar. Ele não muda em pequenos períodos de tempo, por isso é considerado constante. Para que um clima seja devidamente classificado, é fundamental que observações acerca da temperatura, umidade e pressão atmosférica sejam realizadas em período mínimo de trinta anos.

Questão 2

Os elementos do clima são as grandezas atmosféricas que, em conjunto, são responsáveis pela caracterização de um determinado tipo climático.

Assinale a alternativa que NÃO indica um elemento do clima:

a) Temperatura.

b) Pressão atmosférica.

c) Umidade do ar.

d) Relevo.

Ver resposta
Resposta

Letra D.

O relevo é o único que não constitui um elemento do clima. Embora ele influencie na dinâmica climática, não é um fator constituinte. Pressão atmosférica, umidade do ar e temperatura são os elementos do clima.

Questão 3

Existem diversos tipos de climas no planeta, e vários são os fatores que influenciam nessa diversidade. Marque a única alternativa que não indica corretamente um fator de influência nos climas mundiais.

a) Maritimidade.

b) Continentalidade.

c) Altitude.

d) Latitude.

e) Umidade do ar.

Ver resposta
Resposta

Letra E.

A umidade do ar não configura um fator de influência do clima. Trata-se, na verdade, de um elemento constituinte dos diferentes tipos de clima do mundo.

Questão 4

Observe o mapa abaixo:

Mapa-múndi com divisão das zonas climáticas da Terra.
Mapa-múndi com divisão das zonas climáticas da Terra.

O mapa representa o planeta Terra dividido em zonas climáticas. O fator que influencia os climas e que é o responsável por essa divisão é:

a) Altitude.

b) Latitude.

c) Maritimidade.

d) Massas de ar.

e) Relevo.

Ver resposta
Resposta

Letra B.

A latitude é a distância em graus de qualquer ponto da superfície terrestre em relação à Linha do Equador. Por meio dessa grandeza, é possível dividir o planeta em zonas climáticas. A latitude influencia o clima devido à incidência de raios solares em diferentes áreas da superfície terrestre.

Questão 5

A altitude é um dos fatores de influência nos climas. A relação é bem simples: em altitudes elevadas, as temperaturas são mais baixas do que nas áreas onde a altitude não existe.

Qual fator é diretamente determinado pela altitude para causar as alterações nas temperaturas?

a) Radiação solar.

b) Luminosidade.

c) Pressão atmosférica.

d) Umidade do ar.

e) Amplitude térmica.

Ver resposta
Resposta

Letra C.

A altitude está diretamente ligada à pressão atmosférica. Em ambientes de altitude, a pressão atmosférica é baixa, logo a geração de calor é dificultada. Em elevadas altitudes, as temperaturas de qualquer lugar são baixas, pois a altitude exerce influência no clima de uma região.

Questão 6

Um dos fatores que influenciam os climas é a maritimidade, ou seja, a proximidade de grandes porções de água. Indique a alternativa que estabelece um elemento ligado à maritimidade e sua influência direta sobre um tipo climático.

a) Maior temperatura.

b) Maior pressão atmosférica.

c) Menor umidade.

d) Menor amplitude térmica.

e) Maior amplitude térmica.

Ver resposta
Resposta

Letra D.

A proximidade de grandes porções de água, fenômeno conhecido com maritimidade, influencia diretamente o clima. A oferta de água aumenta a umidade do local e, com isso, há a diminuição na variação das temperaturas locais, conhecida como amplitude térmica.

Questão 7

O mapa abaixo representa a atuação das massas de ar no território brasileiro durante o verão.

Representação do movimento das massas sobre o mapa do Brasil

As massas de ar são grandes porções da atmosfera que se deslocam próximo da superfície, influenciando os climas por meio de suas características. As massas de ar são quentes ou frias, secas ou úmidas.

Com base nos conhecimentos acerca das cinco massas de ar que atuam no território brasileiro, marque a alternativa que indica corretamente a massa de ar e suas respectivas características:

a) Massa polar atlântica (mPa): fria e úmida.

b) Massa tropical continental (mTc): fria e seca.

c) Massa tropical atlântica (mTa): quente e seca.

d) Massa equatorial atlântica (mEa): fria e úmida.

e) Massa equatorial continental (mEc): quente e seca.

Ver resposta
Resposta

Letra A. O Brasil sofre a atuação de cinco massas de ar ao longo de todo o ano. Elas apresentam características fixas, mas podem tornar-se mais ou menos fortes em função da estação do ano. As características das massas de ar que atuam no Brasil são:

  • mPa: fria e úmida.

  • mTc: quente e seca.

  • mTa: quente e úmida.

  • mEa: quente e úmida.

  • mEc: quente e úmida.

Questão 8

“Presente na região Norte do Brasil. É caracterizado pelas temperaturas elevadas durante o ano, com médias superiores a 25 °C, e alta umidade relativa do ar. A amplitude térmica diária e anual é baixa. As chuvas são abundantes e bem distribuídas durante o ano, não havendo a existência de uma estação seca.”

A descrição pode ser associada à qual tipo climático do Brasil?

a) Tropical litorâneo.

b) Tropical semiúmido.

c) Tropical semiárido.

d) Equatorial.

e) Subtropical.

Ver resposta
Resposta

Letra D.

O clima descrito é o equatorial, típico da região amazônica. Suas principais características são as elevadas temperaturas e umidade ao longo do ano.

Questão 9

(UECE 2020) “Uma das principais características que distinguem os climas da porção Sul do restante do país é a sua maior regularidade na distribuição anual da pluviometria, associada às baixas temperaturas do inverno.”

Mendonça, F. Climatologia, noções básicas e climas do Brasil. São Paulo. Oficina de Textos. 2007.

Essas características, que definem o clima subtropical úmido presente na região Sul do Brasil, são resultantes da:

a) combinação da atuação das massas de ar polar atlântica (MPA) e equatorial atlântica (MEA).

b) associação entre posição geográfica, relevo e atuação dos sistemas atmosféricos intertropicais e polares.

c) atuação de massas equatoriais continental e marítima (MEC e MEAN).

d) área de transição entre os climas quentes e úmidos, que predominam mais ao norte, e tropicais da região Sudeste.

Ver resposta
Resposta

Letra B.

O clima subtropical, típico da região Sul do Brasil, possui quatro estações bem definidas e chuvas regulares e bem distribuídas ao longo do ano. Sofre a influência direta da mPa, a massa polar atlântica, e da mTa, massa tropical atlântica.

Questão 10

(Mackenzie 2019) Além dos fatores climáticos estáticos (latitude e altitude), deve-se destacar também a atuação dos fatores dinâmicos sobre os climas encontrados no território brasileiro: as massas de ar. Elas são grandes extensões de ar que apresentam características de temperatura, pressão e umidade das regiões onde se formam. Por exemplo, as massas que começam a se movimentar da linha equatorial são quentes, uma vez que essa é a região que recebe a mais forte insolação no planeta. As massas que adquirem movimentos vindos dos polos são frias, em função do pouco aquecimento daquela parcela do planeta. Cinco grandes massas de ar agem frequentemente no Brasil.

TAMDJIAN, James e MENDES, Ivan. Geografia – Estudos para a compreensão do espaço. São Paulo: FTD, 2011, p. 64.

A respeito das massas de ar que atuam no território brasileiro, analise as afirmativas a seguir.

I. A Massa Equatorial Continental (mEc) origina-se na Amazônia Oriental. Ela atua apenas nos meses de verão, ou seja, de dezembro a março.

II. A Massa Tropical Atlântica (mTa) é mais sentida ao longo do litoral das regiões Norte e Nordeste, pois é formada pelos ventos alísios que sopram das zonas de altas pressões subtropicais do Hemisfério Norte.

III. A Massa Tropical Continental (mTc), quente e seca, atua principalmente no Centro-Sul do Brasil, influenciando a temperatura e umidade relativa do ar dessa região.

É correto o que se afirma em

a) I, apenas.

b) II, apenas.

c) III, apenas.

d) I e II, apenas.

e) II e III, apenas.

Ver resposta
Resposta

Letra C.

A Massa tropical continental, quente e seca, tem sua origem na Argentina e influencia diretamente a umidade da porção central do Brasil. Ela atua no sentido de baixar a umidade, especialmente durante os meses do inverno.

Questão 11

(UFMS 2019) O clima é o nome que se dá às condições atmosféricas que costumam ocorrer num determinado lugar. Para conhecer o clima de uma região, é necessário estudar as variações do tempo atmosférico da área durante vários anos seguidos, normalmente 30 anos. O Brasil apresenta a seguinte diversidade de climas:

Mapa com representação em cores dos diversos climas do Brasil

Assinale a alternativa correspondente aos itens 1 e 2 posicionados no mapa.

a) (1) clima tropical; (2) clima subtropical.

b) (1) clima equatorial; (2) clima tropical.

c) (1) clima tropical; (2) clima equatorial.

d) (1) clima equatorial; (2) clima subtropical.

e) (1) clima subtropical; (2) clima tropical.

Ver resposta
Resposta

Letra A.

O clima tropical típico, com temperaturas elevadas ao longo do ano e verão chuvoso alternado ao inverno seco, é o clima da região 1. A área 2, na região Sul do país, refere-se ao clima subtropical que se caracteriza pelas quatro estações bem definidas e chuvas regulares.

Questão 12

(ESPM 2013)

Mapa com representação dos diversos climas nas regiões do Brasil.

A alternativa que encerra corretamente o tipo climático e o respectivo gênero agrícola cultivado em larga escala atualmente é:

a) 2 — tropical típico, trigo.

b) 3 — árido, cacau.

c) 4 — tropical úmido, soja.

d) 5 — subtropical, fruticultura de irrigação.

e) 6 — tropical de altitude, café.

Ver resposta
Resposta

Letra E.

O clima tropical de altitude, presente nas regiões serranas dos estados da região Sudeste, serve de cenário para a grande produção de café, que se estabelece na região desde o século XIX.