Topo
pesquisar

Exercícios sobre as figuras de som ou de harmonia

Exercícios de Gramática

Com estes exercícios, é possível verificar seus conhecimentos sobre o uso das figuras de som ou de harmonia. Publicado por: Mariana Rigonatto
questão 1

Nomeie as figuras de som utilizadas nos enunciados abaixo:

a) O rato roeu a roupa do rei de Roma.

b) Tic-tac, tic-tac fazia o relógio na parede.

c) Venha, Vera, venha ver as velas ao vento.

d) Quem conta um conto sempre aumenta um ponto.

questão 2

Relacione as colunas de acordo com as figuras sonoras utilizadas nas frases.

a) O gato fez “miau"

b) Quem casa, quer casa.

c) “A bela bola rola: a bela bola de Raul”. Cecícila Meireles.

d) O peito do pé de Pedro é preto.

( ) Aliteração

( ) Assonância

( ) Paronomásia

( ) Onomatopeia

questão 3

(Enem – Inep)

Canção do vento e da minha vida

O vento varria as folhas,
O vento varria os frutos,

O vento varria as flores...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De frutos, de flores, de folhas.

[...]

O vento varria os sonhos
E varria as amizades...

O vento varria as mulheres...
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De afetos e de mulheres.

O vento varria os meses
E varria os teus sorrisos...
O vento varria tudo!
E a minha vida ficava
Cada vez mais cheia
De tudo.

BANDEIRA, M. Poesia completa e prosa. Rio de Janeiro: José Aguilar, 1967.

Na estruturação do texto, destaca-se:

a) ( ) a construção de oposições semânticas.

b) ( ) a apresentação de ideias de forma objetiva.

c) ( ) o emprego recorrente de figuras de linguagem, como o eufemismo.

d) ( ) a repetição de sons e de construções sintáticas semelhantes.

e) ( ) a inversão da ordem sintática das palavras.

questão 4

(Enem – Inep )

Para o Mano Caetano

O que fazer do ouro de tolo
Quando um doce bardo brada a toda brida,

Em velas pandas, suas esquisitas rimas?
Geografia de verdades, Guanabaras postiças
Saudades banguelas, tropicais preguiças?

A boca cheia de dentes
De um implacável sorriso
Morre a cada instante
Que devora a voz do morto, e com isso,
Ressuscita vampira, sem o menor aviso

[...]

E eu soy lobo-bolo? lobo-bolo
Tipo pra rimar com ouro de tolo?
Oh, Narciso Peixe Ornamental!
Tease me, tease me outra vez
Ou em banto baiano
Ou em português de Portugal
De Natal

[...]

* Tease me (caçoe de mim, importune-me).

LOBÃO. Disponível em: http://vagalume.uol.com.br. Acesso em: 14 ago. 2009 (adaptado).

Na letra da canção apresentada, o compositor Lobão explora vários recursos da língua portuguesa, a fim de conseguir efeitos estéticos ou de sentido. Nessa letra, o autor explora o extrato sonoro do idioma e o uso de termos coloquiais na seguinte passagem:

a) ( ) “Quando um doce bardo brada a toda brida” (v. 2)

b) ( ) “Em velas pandas, suas esquisitas rimas?” (v. 3)

c) ( ) “Que devora a voz do morto” (v. 9)

d) ( ) “lobo-bolo//Tipo pra rimar com ouro de tolo? (v. 11-12)

e) ( ) “Tease me, tease me outra vez” (v. 14)

respostas
Questão 1

a) Aliteração.

b) Onomatopeia.

c) Assonância.

d) Paronomásia.

Voltar a questão
Questão 2

( D )

( C )

( B )

( A )

Voltar a questão
Questão 3
Questão 4
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola