Topo
pesquisar

Exercícios sobre Agropecuária do Centro-Oeste

Exercícios de Geografia do Brasil

A produção agropecuária do Centro-Oeste compreende grãos (como soja e milho), cana-de-açúcar e pecuária bovina. Publicado por: Regis Rodrigues de Almeida
questão 1

(PUC – RJ) O Centro-Oeste brasileiro tem registrado, segundo vários estudos, elevada produtividade e rentabilidade nas lavouras agrícolas. Para entender tal dinâmica, os estudos sobre a sojicultora são exemplares, já que esse cultivo é implementado em alguns estados da região, como em Mato Grosso, com base na intensa utilização de insumos como fertilizantes e agrotóxicos, e de máquinas e implementos modernos.

(Adaptado de Bernardes, J. e Filho, O. [orgs]. Geografias da Soja: BR-163. Fronteiras em mutação.     Rio de Janeiro. Arquimedes, 2006).

Dentre as opções abaixo, assinale aquela que apresenta corretamente os impactos socioeconômicos e ambientais da expansão da sojicultura no Centro-Oeste.

(A)   Valorização das terras, utilização intensiva de mão de obra migrante nordestina e desconcentração fundiária.

(B)   Aumento da utilização da mão de obra barata do migrante nordestino e preservação do meio físico-biótico.

(C)   Ampliação de novas dinâmicas socioeconômicas em todas as cidades regionais, a partir da diversificação das atividades geradas pela agricultura moderna.

(D)   Alteração no meio físico-biótico, forte presença de agroindústrias e predominância de pequenas e médias propriedades.

(E)   Valorização das terras favoráveis à mecanização, alterações no meio físico-biótico e (re)concentração fundiária.

questão 2

A atividade agropecuária do Centro-Oeste tem como principais atividades a produção de soja, cana-de-açúcar, milho, gado de corte e produção de leite. Em relação à cana-de-açúcar, esta vem crescendo muito nos últimos anos, principalmente em Goiás. Cite os principais fatores que contribuíram para essa expansão da cana no Centro-Oeste brasileiro.

questão 3

(ENEM) Em uma disputa por terras, em Mato Grosso do Sul, dois depoimentos são colhidos: o do proprietário de uma fazenda e o de um integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais sem Terras:

Depoimento 1

"A minha propriedade foi conseguida com muito sacrifício pelos meus antepassados. Não admito invasão. Essa gente não sabe de nada. Estão sendo manipulados pelos comunistas. Minha resposta será à bala. Esse povo tem que saber que a Constituição do Brasil garante a propriedade privada. Além disso, se esse governo quiser as minhas terras para a Reforma Agrária terá que pagar, em dinheiro, o valor que eu quero." proprietário de uma fazenda no Mato Grosso do Sul.

Depoimento 2

"Sempre lutei muito. Minha família veio para a cidade porque fui despedido quando as máquinas chegaram lá na Usina. Seu moço, acontece que eu sou um homem da terra. Olho pro céu, sei quando é tempo de plantar e de colher. Na cidade não fico mais. Eu quero um pedaço de terra, custe o que custar. Hoje eu sei que não estou sozinho. Aprendi que a terra tem um valor social. Ela é feita para produzir alimento. O que o homem come vem da terra. O que é duro é ver que aqueles que possuem muita terra e não dependem dela para sobreviver, pouco se preocupam em produzir nela." integrante do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), de Corumbá - MS.

A partir da leitura do depoimento 1, os argumentos utilizados para defender a posição do proprietário de terras são:

I. A Constituição do país garante o direito à propriedade privada, portanto, invadir terras é crime.

II. O MST é um movimento político controlado por partidos políticos.

III. As terras são o fruto do árduo trabalho das famílias que as possuem.

IV. Este é um problema político e depende unicamente da decisão da justiça.

Estão corretas as proposições:

a) I, apenas.

b) I e IV, apenas.

c) II e IV, apenas.

d) I, II e III, apenas.

e) I, III e IV, apenas.

questão 4

O Centro-Oeste brasileiro é considerado um “celeiro nacional”. O motor de desenvolvimento da agropecuária da região foi a chamada “Revolução Verde”. Sobre esse assunto, descreva sua origem, objetivos e impactos na região Centro-Oeste.

respostas
Questão 1

Letra “E”.

A)    INCORRETO – Esse processo gerou, na verdade, uma maior concentração fundiária, principalmente latifúndios.

B)    INCORRETO – A fauna e a flora do Cerrado foram totalmente afetadas. Algumas espécies já estão em extinção. Os principais motivos foram a derrubada da mata nativa e sua queimada.

C)    INCORRETO – Esse processo foi seletivo e funcional. Somente algumas regiões foram beneficiadas, principalmente a região sudoeste de Goiás, o nordeste do Mato Grosso do Sul e grande parte do Mato Grosso. Também, a monocultura da soja não traz tantos benefícios sociais, pois, além do aumento na concentração fundiária, o produto não é industrializado aqui, sendo vendido in natura. Com isso, não há geração de empregos.

D)    INCORRETO – Não há um predomínio de pequenas e médias propriedades, mas sim de grandes latifúndios. Por exemplo, o ex-governador do Mato Grosso e atual senador do estado, Blairo Maggi, sozinho, é responsável por grande parte da produção de soja nessa Unidade da Federação, sendo considerado o maior produtor de soja individual do mundo.

(E)   CORRETO – Essa alternativa identifica com precisão os impactos do processo de modernização em porções da macrorregião centro-oestina gerados pela sojicultura. No entanto, a elevada densidade técnica empregada no processo produtivo tem possibilitado empreendimentos desse tipo, além das políticas governamentais nos anos de 1970 que desencadearam seu processo de ocupação e fomentaram pesquisas de adaptação de cultivares “exportáveis” no cerrado brasileiro.

Voltar a questão
Questão 2

Os principais fatores da expansão da cana-de-açúcar no Centro-Oeste brasileiro são: demanda de energias alternativas no cenário mundial, como é o caso do álcool; incentivos fiscais, por parte do governo; estrutura fundiária da região Centro-Oeste favorável à sua produção; custo de produção relativamente baixo; uso de mão de obra barata; e condições climáticas, do relevo e do solo propícias à plantação de cana-de-açúcar.

Voltar a questão
Questão 3

Letra “D”

I – CORRETO. No Brasil, o direito à propriedade privada é previsto em lei. O fazendeiro utiliza-se desse argumento para coibir a ocupação do MST em suas terras, o que facultaria em crime por parte do movimento.

II – CORRETO. Para o fazendeiro, o MST é controlado por partidos comunistas. Em seu depoimento diz: “Essa gente não sabe de nada. Estão sendo manipulados pelos comunistas. Minha resposta será à bala”. Trata-se da visão do fazendeiro, dono da terra, e não pode ser tomada como verdade absoluta.

III – INCORRETO. Preste atenção nos discursos. Fazendeiro: “A minha propriedade foi conseguida com muito sacrifício pelos meus antepassados”. Ou seja, ele ganhou a terra por herança familiar, dos seus antepassados. Sabe-se que no passado grandes partes das terras eram conseguidas por ocupação. Discurso do integrante do MST: “O que é duro é ver que aqueles que possuem muita terra e não dependem dela para sobreviver, pouco se preocupam em produzir nela.” Fica evidente que o MST está ocupando essa terra porque o proprietário não está produzindo alimentos. Portanto, não está se extraindo o valor social da terra, o que leva a entender que as famílias que a possuem não estão trabalhando.

IV – CORRETO. Se a propriedade privada é um direito garantido em Constituição, somente a justiça pode resolver o problema da “invasão” de terras.

Voltar a questão
Questão 4

A “Revolução Verde” foi introduzida nos países latino-americanos e asiáticos em meados da década de 1960 e começo de 1970. Seu objetivo era erradicar a fome e reduzir a pobreza da população mundial. Todavia, as promessas de modernização tecnológica da agricultura não foram cumpridas inteiramente, o que contribuiu, decisivamente, para a geração de novos problemas e aprofundou velhas desigualdades. O principal foi a reconcentração de terras, crescimento do uso de insumos industriais e agravamento da erosão dos solos.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola