Topo
pesquisar

Exercícios sobre Dígrafos

Exercícios de Gramática

Os dígrafos se caracterizam pelo encontro de duas consoantes ou de duas vogais, embora ambas sejam representadas por apenas um fonema. Publicado por: Vânia Maria do Nascimento Duarte
questão 1

(PUCCAMP-SP)

Para dizerem milho dizem mio
Para melhor dizem mió
para pior dizem pió
Para telha dizem teia
Para telhado dizem teiado
E vão fazendo telhados.
(Oswald de Andrade – Vício na fala)

Com relação ao que ocorre nas falas reproduzidas do poema, é correto afirmar que:

a) No 1º verso, a pronúncia “mio” omite um dígrafo, criando um ditongo oral crescente.
b) No 2º verso, a pronúncia “mió” omite um dígrafo e cria um hiato no final da palavra.
c) No 4º verso, a pronúncia “teia” omite o encontro consonantal e cria um tritongo no final da palavra.
d) No 5º verso, a pronúncia “teiado” omite o dígrafo, criando um ditongo decrescente no meio da palavra.
e) n.d.a.

Ver Resposta
questão 2

Tendo em vista o código aqui exposto, aplique-o às palavras abaixo descritas, segundo os conhecimentos dos quais dispõe acerca de alguns fatos linguísticos, tais como: dígrafos consonantais e vocálicos e encontros consonantais:

1 – Encontro consonantal
2 – Dígrafo vocálico
3 – Dígrafo consonantal

( ) banco
(  ) pêssego
(  ) santo
(  ) chapéu
(   ) guerra
(   ) blusa
(   ) prato
(   ) nasça
(   ) cresça
(   ) alho
(   ) campo
(   ) flauta
(   ) chave
(   ) ninho
(   ) pássaro
(   ) terra

Ver Resposta
questão 3

(FMU-SP)Nas palavras unha, guerra e quilo:  

  • Há dígrafo na primeira, mas não nas duas últimas.
  • Há dígrafo nas duas primeiras, mas não na última.
  • Não há dígrafo na primeira, mas sim nas duas últimas.
  • Há dígrafo em todas.

Não há dígrafo, pois esse termo não existe.

Ver Resposta
questão 4

Explicite seus conhecimentos acerca das diferenças que demarcam o dígrafo e o encontro consonantal, inclusive citando exemplos.

Ver Resposta
respostas
Questão 1

a) Alternativa incorreta, haja vista que apesar da omissão do dígrafo “lh” (milho), não podemos afirmar que a palavra em questão (mio) se encontra demarcada por um ditongo oral crescente, mas sim nasal.

b) Alternativa correta, pois, na verdade, há a omissão do dígrafo “lh” (milho) e, quando separada, a palavra que se formou representa um hiato, ou seja: mi-ó.

c) Alternativa incorreta, haja vista que se trata de duas incoerências: a primeira delas diz respeito à afirmação condizente ao encontro consonantal, quando na verdade se trata de um dígrafo (telha) que, uma vez omitido, deu-se a reconhecer pela palavra “teia”. A segunda diz respeito à afirmação retratada pela existência de um tritongo, ao passo que se trata de um hiato, ou seja: tei –a.

d) Alternativa incorreta, pois mesmo que atestemos a omissão de um dígrafo “lh” (telhado), não podemos afirmar que se trata de um ditongo decrescente no meio da palavra, visto que a separação silábica da palavra em questão assim se demarca: tei – a – do. Dessa forma, temos que se trata de um hiato, presente no meio da palavra, não um ditongo.

e) Alternativa incorreta, pois a alternativa verdadeira já foi ressaltada anteriormente por meio da análise realizada, correspondendo à letra “b”.

Voltar a questão
Questão 2

( 2 ) banco
( 3) pêssego
( 2 ) santo
( 3 ) chapéu
( 3 ) exceção
( 1 ) blusa
( 1) prato
( 3 ) nasça
( 3) cresça
( 3) alho
( 2) campo
( 1) flauta
( 3) chave
( 3) ninho
( 3) pássaro
( 3) terra

Voltar a questão
Questão 3

a – Alternativa incorreta, pois há dígrafo em todas as palavras citadas, demarcados por “nh”, “gu”, “rr” e “qu”. 
b – Alternativa incorreta, haja vista a presença do dígrafo também na palavra “quilo”.
c – Alternativa incorreta, pois na palavra “unha” atestamos a presença do dígrafo, representado pelo “nh”.     
d – Alternativa correta, dada a presença desse elemento em todas as palavras.
e – Alternativa incorreta, a qual contradiz a afirmativa que se apresenta como verdadeira, expressa pela letra “d”.

Voltar a questão
Questão 4

Consoante aos critérios que demarcam o dígrafo, esse é demarcado pelo encontro de duas consoantes, embora o som de apenas uma delas seja pronunciado, ou seja, há a presença de apenas um fonema. Já no encontro consonantal, também há a junção de duas consoantes, contudo ambas são pronunciadas.

Quanto aos casos representativos, podemos tomar como exemplo de dígrafo a palavra pássaro: apesar da presença de duas consoantes, apenas uma é pronunciada. No que tange ao encontro consonantal, pode-se citar a palavra prato, cuja presença das consoantes “pr” evidencia as características sonoras de cada uma delas.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola