Topo
pesquisar

Exercícios sobre Economia Feudal

Exercícios de História do Brasil

Com estes exercícios sobre Economia Feudal, você poderá avaliar seus conhecimentos sobre um dos pontos fundamentais referentes à Idade Média. Publicado por: Cláudio Fernandes
questão 1

Podemos afirmar que a economia feudal começou a entrar em declínio no momento em que:

a) houve o chamado Renascimento Urbano e Comercial, no século XIV.

b) foram criadas as primeiras corporações de ofício.

c) os muçulmanos invadiram a Europa.

d) foram criadas as primeiras abadias.

e) houve a Revolução Francesa.

questão 2

(Mackenzie) (...) Resta enfim a inatividade sagrada: a vida terrestre do homem é uma prova que, em caso de sucesso, conduz à felicidade eterna; o culto de Deus e dos santos é, portanto, uma atividade espiritual mais importante que o trabalho material. Este é imposto ao homem como resgate do pecado e como meio de santificação, mas não tem por fim senão a subsistência do homem. Nem o trabalho nem o produto do trabalho são um fim em si. O calendário litúrgico impunha, pois, aos fiéis a cessação de toda atividade laboriosa por ocasião de um grande número de festas, a fim de que eles se consagrassem inteiramente ao culto. Assim, em razão do número de festas e de vigílias, a duração média do trabalho semanal não parece ter sido superior a quatro dias! No século XV suprimiu-se um bom número de festas com folga, mas no século XVI contavam-se ainda, anualmente, além dos domingos, uma sessenta delas. É evidente que a mentalidade medieval ignorava a obsessão pelo trabalho e pela produtividade, que seria rigorosa na época mercantilista (…). Guy Antonetti - “A economia medieval”.

Segundo o trecho acima, sobre a Idade Média, é correto afirmar que:

a) a economia, naquela época, conheceu períodos de profunda estagnação em razão do absoluto desinteresse dos homens pelo trabalho material e pelo lucro, haja vista que estavam preocupados apenas com o culto de Deus e dos santos.

b) um traço próprio da mentalidade medieval, quando comparada à de uma época posterior, é a ausência da obsessão pelo trabalho material e sua produtividade.

c) o excessivo número de festas religiosas imposto pela Igreja reduzia drasticamente os dias úteis de trabalho, provocando períodos de escassez de alimentos e, em consequência, uma maior preocupação dos homens com a vida eterna.

d) o anseio por resgatar-se do pecado original e por santificar-se levou o homem medieval a considerar o trabalho e seu produto um bem em si, ou seja, o caminho único que conduziria à felicidade eterna.

e) na época mercantilista, a supressão de um bom número de feriados religiosos foi a causa de ter nascido nos homens a obsessão pelo trabalho e pela produtividade, bem própria da mentalidade capitalista então nascente.

questão 3

No contexto da economia feudal na Europa, podemos dizer que as guildas eram:

a) quadrilhas de criminosos que assaltavam as abadias.

b) cartéis financeiros associados a bancos judaicos.

c) associações de profissionais que desempenhavam o mesmo ofício.

d) latifúndios com terras improdutivas.

e) pequeno loteamento de terra arrendado ao servo pelo senhor feudal.

questão 4

(Fuvest) “A instituição das corveias variava de acordo com os domínios senhoriais, e, no interior de cada um, de acordo com o estatuto jurídico dos camponeses, ou de seus mansos [parcelas de terra].” Marc Bloch. Os caracteres originais da França rural, 1952. Essa frase sobre o feudalismo trata:

a) da vassalagem.

b) do colonato.

c) do comitatus.

d) da servidão.

e) da guilda.

respostas
Questão 1

Letra A

O Renascimento Comercial e Urbano do século XIV, provocado sobretudo pela reabertura do Mar Mediterrâneo como efeito colateral das Cruzadas, mudou a situação das trocas comerciais na Europa, possibilitando uma decomposição da estrutura principal do feudalismo: a relação entre senhores e servos.

Voltar a questão
Questão 2

Letra B

Certamente a concepção de trabalho no mundo medieval não estava associada à obsessão por enriquecimento que marcaria a modernidade. O trabalho era entendido como uma das três ordens que vigiam no mundo, cada qual com suas importâncias perante os homens e perante Deus: a ordem dos oradores, a ordem dos guerreiros e a ordem dos trabalhadores.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C

As guildas consistiam em organizações de trabalhadores que desempenhavam a mesma profissão, isto é, eram formas de associação entre mestres e aprendizes; grosso modo, uma corporação. Foi a partir das guildas que nasceram as chamadas corporações de ofício.

Voltar a questão
Questão 4

Letra D

O servo prestava ao senhor feudal serviços variados sem remuneração, por um determinado tempo, de acordo com as circunstâncias. Esses serviços recebiam a denominação de corveia.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola