Topo
pesquisar

Exercícios sobre choques elétricos

Exercícios de Física

Esta lista de exercícios trata sobre a corrente elétrica e seus efeitos no corpo humano. Dependendo de sua intensidade, pode causar formigamentos, queimaduras ou ser letal. Publicado por: Rafael Helerbrock
questão 1

Correntes elétricas superiores a 0,1 A são capazes de provocar paradas cardíacas, causar queimaduras e, até mesmo, levar a vítima a óbito. Considere que a pele humana seca tem cerca 100 000 Ω de resistência elétrica. A corrente elétrica produzida por uma diferença de potencial de 200 V em um ser humano é de aproximadamente:

a) 0,02 A

b) 0,002 A

c) 200,0 A

d) 0,2 A

e) 0,01 A

questão 2

A passagem da corrente elétrica através do corpo humano, entre outros efeitos, é capaz de produzir queimaduras sérias. A produção dessas queimaduras decorre:

a) da alta-tensão elétrica.

b) da alta condutividade da pele.

c) da alta potência elétrica.

d) da conservação da corrente elétrica.

e) do efeito Joule.

questão 3

Quando o corpo humano está molhado, a resistência elétrica da pele fica até 100 vezes menor que seu valor quando a pele está seca. Um homem leva um choque em uma tomada de 110 V. Considerando a resistência elétrica de sua pele igual a 1000 Ω, o valor mais próximo da corrente elétrica formada em seu corpo é de:

a) 0,01 A

b) 0,001 A

c) 0,1 A

d) 1,0 A

e) 10,0 A

questão 4

Assinale a alternativa INCORRETA:

a) Valores elevados de corrente elétrica são potencialmente fatais para os seres humanos.

b) O efeito Joule, causador das queimaduras originárias de choques elétricos, surge em decorrência da corrente elétrica.

c) A pele humana apresenta um alto valor de resistência elétrica, portanto, é um material isolante.

d) Quando a pele humana está molhada, sua resistência elétrica cai.

e) O efeito Joule, causador das queimaduras originárias de choques elétricos, surge em decorrência do potencial elétrico.

respostas
Questão 1

Letra B

Para calcularmos a intensidade da corrente média formada, utilizamos a 1ª lei de Ohm:

Na equação acima, U é a diferença de potencial, r é a resistência elétrica e i é a corrente elétrica. Portanto, a corrente elétrica que se forma no corpo humano equivale a:

Voltar a questão
Questão 2

Letra E

Vamos analisar as alternativas:

a) FALSA – A tensão elétrica não é responsável pelas queimaduras, que são causadas pela corrente elétrica.

b) FALSA – A pele humana apresenta alta resistividade e, portanto, baixa condutividade, já que essas duas propriedades são inversamente proporcionais.

c) FALSA – A potência elétrica não precisa ser necessariamente alta para que o choque cause queimadura. A queimadura é decorrente do alto aquecimento produzido pela passagem da corrente elétrica.

d) FALSA – A conservação da corrente elétrica faz com que toda a carga elétrica que flua através do corpo saia por algum ponto.

e) VERDADEIRA – As queimaduras surgem em virtude do grande aquecimento promovido pela passagem dos elétrons. Ao colidirem com os elétrons, os átomos presentes nos tecidos do corpo humano têm sua agitação térmica aumentada. Esse fenômeno é decorrente do efeito Joule.

Voltar a questão
Questão 3

Letra C

Podemos calcular a intensidade da corrente elétrica por meio da 1ª lei de Ohm:

De acordo com os dados fornecidos pelo enunciado do exercício, o potencial elétrico do choque foi de 110 V, e a resistência elétrica da pele foi de 1000 Ω. Logo, temos:

Voltar a questão
Questão 4

Letra E

O efeito Joule é o principal causador das queimaduras quando tomamos algum choque. O aumento da temperatura é decorrente da passagem da corrente elétrica. Como a pele humana é altamente resistiva, ou seja, é um material isolante, alguns choques podem não ser sentidos. Entretanto, correntes elétricas de grande intensidade podem ser letais.

Além disso, o efeito Joule não depende do potencial elétrico do choque, mas sim da intensidade da corrente elétrica formada.

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola