Whatsapp

Exercícios sobre a escravidão africana no Brasil

Exercícios de História

Com estes exercícios você testará seus conhecimentos sobre a escravidão africana no Brasil, que se estabeleceu no século XVI e só foi abolida no final do século XIX. Publicado por: Daniel Neves Silva
questão 1

(IF sul-riograndense) Leia o excerto a seguir.

“O Brasil, em razão da sua dimensão e da ausência de preocupação com a reprodução biológica dos negros, foi o maior importador de escravos das Américas. Estudos recentes estimam em quase 10 milhões o número de negros transferidos para o Novo Mundo, entre o século XV e XIX. Para o Brasil teriam vindo em torno de 3,6 milhões.”

SILVA, J. M. da. Raízes do conservadorismo brasileiro. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2018. p. 374.

Sobre a temática abordada pelo autor no excerto acima, afirma-se, EXCETO que

a) com a Lei Eusébio de Queirós, de 1850, e o fim do tráfico transatlântico de cativos, o Brasil foi um dos primeiros países a abolirem o comércio negreiro.

b) o Bill Aberdeen, de 1845, permitia que as autoridades da Inglaterra aprisionassem navios que transportassem escravos para o Brasil.

c) a Lei Nabuco de Araújo, de 1854, previa sanções para as autoridades que encobrissem o contrabando de trabalhadores escravizados.

d) a Lei Feijó, de 1831, proibiu o tráfico negreiro, mas não foi respeitada, já que o número de trabalhadores que vieram da África se intensificou nos anos seguintes.

e) a Lei Áurea, de 1888, aboliu o trabalho escravo do Brasil.

questão 2

(Fadesp) O “abolicionismo”, segundo o Dicionário Houaiss da língua portuguesa, significa “conjunto de princípios e medidas adotados para extinguir a escravidão”. Neste sentido, o abolicionista é aquele que “prega ou defende o abolicionismo”. No Brasil, e em especial entre os anos de 1871 até 1888, houve um forte movimento abolicionista. São características deste movimento:

a) pregar uma abolição ilimitada e irrestrita de toda forma de escravidão, indígena ou negra de matriz africana, sendo seus principais nomes Joaquim Nabuco, José Bonifácio e Mário de Andrade.

b) lutar por direitos e cidadania para os libertos do ventre e lutar por liberdade para escravos de matrizes africanas, sendo seus líderes todos negros ou mestiços, como José do Patrocínio, Euclides da Cunha e Zumbi dos Palmares.

c) lutar por liberdade para os escravos e princípios educacionais para ex-escravos de origem africana, e alguns, como Joaquim Nabuco, pensavam em uma liberdade lenta e gradual sem a participação dos negros, enquanto outros, como Luiz Gama, pregavam uma participação maior dos negros.

d) solicitar ao parlamento brasileiro mais liberdade aos libertos e povos indígenas e uma lenta e gradual liberdade aos escravos de origem africana, sem dar a eles a cidadania brasileira, com a instauração de um regime de segregação racial, sendo seu líder maior o imperador Pedro II e sua filha Isabel.

e) nenhuma das alternativas acima.

questão 3

(AEVSF/Pacape) O tráfico transatlântico de escravos oriundos da África teve terreno fértil no Brasil no período colonial e imperial. Sobre a escravidão no Brasil e seus reflexos, assinale a alternativa INCORRETA.

a) O tráfico de escravos, tanto para a metrópole quanto para a colônia, desde cedo, demostrou ser muito lucrativo.

b) Os quilombos não seguiam o mesmo padrão, variando muito, sendo comum serem encontrados nas proximidades dos grandes centros urbanos da colônia e do império.

c) A expressão “negros de ganho” (ou “escravos de ganho”) representava uma forma de exploração do trabalho escravo que poderia ser alugado para terceiros.

d) A Lei Eusébio de Queirós, de 1850, colocou fim ao tráfico externo e interno de escravos.

e) A influência dos povos africanos no Brasil é perceptível em diversos aspectos das nossas cultura, língua, culinária, danças, músicas e religiões.

questão 4

Os navios que traziam os africanos escravizados para o Brasil ficaram conhecidos como:

a) tumbeiros

b) coveiros

c) compartimentos

d) bandeirantes

e) fragatas

questão 5

Local que abrigava os africanos escravizados no Brasil:

a) casa grande

b) quilombos

c) senzala

d) capoeira

e) plantation

questão 6

O maior quilombo do Brasil, conhecido como Quilombo dos Palmares, ficava em qual estado brasileiro?

a) Sergipe

b) Alagoas

c) Bahia

d) Rio de Janeiro

e) São Paulo

questão 7

A Lei Áurea foi assinada por:

a) D. Pedro I

b) Conde d’Eu

c) Marechal Deodoro da Fonseca

d) Princesa Isabel

e) D. Pedro II

questão 8

A lei que libertou os filhos das escravizadas nascidos a partir de 1871:

a) Lei de Terras

b) Lei dos Sexagenários

c) Lei Feijó

d) Bill Aberdeen

e) Lei do Ventre Livre

questão 9

A maior revolta de escravizados no Brasil aconteceu em qual cidade?

a) Rio de Janeiro

b) Salvador

c) Recife

d) São Paulo

e) São Luís

questão 10

Zumbi dos Palmares ficou conhecido por

a) liderar o Quilombo dos Palmares.

b) ser um abolicionista.

c) ser o primeiro político negro do Brasil.

d) relatar o seu cotidiano como escravizado.

e) nenhuma das alternativas anteriores.

questão 11

A expansão do tráfico negreiro tem relação direta com o desenvolvimento de qual negócio no Brasil?

a) Exploração do pau-brasil

b) Plantio de café

c) Produção de açúcar

d) Mineração

e) Nenhuma das alternativas anteriores

questão 12

Sobre a escravidão indígena, selecione a alternativa CORRETA:

a) Foi oficialmente abolida pelo Marquês de Pombal, no século XVIII.

b) Os índios foram substituídos pelos africanos como principal população de escravizados já na década de 1550.

c) Os índios não se rebelaram contra os portugueses.

d) Os índios foram catequizados pelos franciscanos.

e) Todas as alternativas estão corretas.

respostas
Questão 1

Letra A. A Lei Eusébio de Queirós pôs fim no tráfico negreiro, mas o Brasil não foi um dos primeiros países a abolirem o tráfico de africanos escravizados.

Voltar a questão
Questão 2

Letra C. O movimento abolicionista defendia a liberdade dos escravos que ainda existiam no Brasil, e ele teve grande força na década de 1880. Os abolicionistas defendiam pautas como reforma agrária, alfabetização dos escravizados etc.

Voltar a questão
Questão 3

Letra D. A Lei Eusébio de Queirós, aprovada em 1850, não determinou o fim do tráfico interprovincial de escravizados. Esse comércio passou a ser realizado em grande escala na segunda metade do século XIX.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A. Os tumbeiros eram as embarcações que traziam os africanos escravizados para o Brasil pelo tráfico negreiro. Os africanos eram amontoados nos porões dos tumbeiros e obrigados a viverem em péssimas condições de higiene. Cerca de 25% deles morriam durante a travessia do oceano Atlântico.

Voltar a questão
Questão 5

Letra C. As senzalas eram alojamentos construídos nas fazendas brasileiras e reservados aos escravizados. Essas construções foram muito comuns durante o período colonial e o período do império. Eram onde os escravizados passavam suas noites.

Voltar a questão
Questão 6

Letra B. O Quilombo dos Palmares, maior quilombo da história da escravidão no Brasil, foi construído em uma região que corresponde ao atual estado das Alagoas.

Voltar a questão
Questão 7

Letra D. A abolição do trabalho escravizado no Brasil foi resultado da pressão popular. De toda forma, a Lei Áurea, documento que decretou a abolição, foi assinada pela princesa Isabel.

Voltar a questão
Questão 8

Letra E. A Lei do Ventre Livre foi decretada em setembro de 1871 e determinava que os filhos de mulheres escravizadas que nascessem a partir do ano de 1871 seriam considerados livres.

Voltar a questão
Questão 9

Letra B. A Revolta dos Malês aconteceu em Salvador, em 1835, e foi marcada pela rebelião de cerca de 600 escravizados haussás, adeptos do islamismo. Houve confrontos pelas ruas de Salvador, mas os rebeldes foram derrotados e sua revolta, finalizada.

Voltar a questão
Questão 10

Letra A. Zumbi dos Palmares foi um dos líderes do Quilombo dos Palmares, o maior quilombo da história da escravidão no Brasil. Liderou a luta dos africanos contra os portugueses e foi morto em uma emboscada, em 20 de novembro de 1695.

Voltar a questão
Questão 11

Letra C. O crescimento do tráfico negreiro teve relação direta com a produção de açúcar no Brasil e a necessidade de mão de obra escravizada por essa atividade econômica.

Voltar a questão
Questão 12

Letra A. A escravidão de indígenas no Brasil foi abolida definitivamente, em 1757, por ordem de Marquês de Pombal, primeiro-ministro de Portugal na época.

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
Artigo
Relacionado