Topo
pesquisar

Exercícios sobre moléculas com carbonos assimétricos iguais

Exercícios de Química

Estes exercícios sobre moléculas com carbonos assimétricos iguais testarão seus conhecimentos sobre a quantidade de isômeros formados a partir de tais compostos. Publicado por: Diogo Lopes Dias
questão 1

(Furg) Assinale a alternativa que apresenta o número correto de isômeros opticamente ativos apresentados pela molécula de 1,2,3,4-tetrahidroxibutano.

a) 0

b) 4

c) 3

d) 2

e) 1

questão 2

Qual é a quantidade de isômeros meso que o composto 2,3 dimetil-hexano é capaz de originar?

a) 0

b) 2

c) 1

d) 3

e) 4

questão 3

(PUC-MG) O composto:

apresenta isômeros opticamente ativos em número de:

a) 2

b) 4

c) 6

d) 8

e) 10

questão 4

Qual dos compostos a seguir é capaz de formar um isômero meso (isômero que apresenta uma compensação interna com relação ao ângulo em que a luz é desviada) a partir de dois carbonos quirais iguais?

a) Ácido 2,4-dihidróxi-hexan-1,6-dioico

b) 2,3-dimetil-pentanodial

c) Ácido 2,3 dimetil-pentan-1,5-dioico

d) Butan-2,3-diol

e) Pentan-2,3-diamina

respostas
Questão 1

Letra d). Para determinar o número de isômeros ativos na molécula, é preciso verificar o número de carbonos quirais presentes em sua fórmula estrutural.

Na estrutura, existem apenas dois átomos de carbonos quirais, os quais apresentam os mesmos ligantes.

Como os dois carbonos apresentam os mesmos ligantes, logo, são assimétricos iguais. Por essa razão, consideramos que a molécula apresenta apenas um carbono quiral para determinar a quantidade de isômeros ativos na expressão a seguir:

IOA = 2n

IOA = 21

IOA = 2

Voltar a questão
Questão 2

Letra c). A quantidade de isômeros meso que um determinado composto pode originar está relacionada com a quantidade de pares de carbonos quirais que apresentam os mesmos ligantes. A cada par de carbonos quirais iguais, o composto forma um isômero meso.

O 2,3 dimetil-hexano possui dois carbonos quirais, os quais apresentam os mesmos quatro ligantes.

Como o 2,3 dimetil-hexano apresenta apenas dois carbonos quirais iguais, ele forma apenas um isômero meso.

Voltar a questão
Questão 3

Letra a). Para determinar o número de isômeros ativos na molécula, é preciso verificar o número de carbonos quirais presentes em sua fórmula estrutural.

Na estrutura, existem apenas dois átomos de carbonos quirais, os quais apresentam os mesmos ligantes.

Como os dois carbonos apresentam os mesmos ligantes, logo, são assimétricos iguais. Por essa razão, consideramos que a molécula apresenta apenas um carbono quiral para determinar a quantidade de isômeros ativos na expressão a seguir:

IOA = 2n

IOA = 21

IOA = 2

Voltar a questão
Questão 4

Letra d). Para formar um isômero meso, como o próprio enunciado diz, a cadeia deve apresentar dois carbonos quirais iguais, ou seja, dois carbonos que possuem exatamente os mesmos ligantes. Assim, o primeiro passo é montar as fórmulas estruturais de cada um dos compostos.

Para encontrar a cadeia que apresenta carbonos quirais com ligantes iguais, basta analisar as cadeias formadas partindo-as ao meio (com uma linha vertical imaginária) e verificar qual apresenta dois lados iguais.

a)

b)

c)

d)

e)

A resposta é a letra d porque, se partirmos a estrutura ao meio, verificaremos que ela apresenta dois lados exatamente iguais, podendo ter dois carbonos quirais com ligantes iguais e, consequentemente, isômero meso.

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola