Whatsapp

Enem: lista de exercícios sobre seleção natural

Exercícios de Biologia

Esta lista de exercícios sobre seleção natural testará seus conhecimentos sobre um dos principais pontos da teoria proposta por Charles Darwin. Publicado por: Frederico da Mata
questão 1

(Enem 2020) Acredita-se que os olhos evoluíram de órgãos sensores de luz para versões que formam imagens. O olho humano atua como uma câmera, coletando, focando e convertendo a luz em sinal elétrico, que é traduzido em imagens pelo cérebro. Mas em vez de um filme fotográfico, é uma retina que detecta e processa os sinais, utilizando células especializadas. Moluscos cefalópodes (como as lulas) possuem olhos semelhantes aos dos humanos, apesar da distância filogenética.

LAMB, T. D. A fascinante evolução do olho: cientistas já têm uma visão clara de como surgiram nossos olhos tão complexos. Scientific American Brasil, ed. 111, ago. 2011 (adaptado).

A comparação dos olhos mencionada representa que tipo de evolução?

a) Aleatória

b) Homóloga

c) Divergente

d) Progressiva

e) Convergente

questão 2

(Enem 2020) Os frutos da pupunha têm cerca de 1 g em populações silvestres no Acre, mas chegam a 70 g em plantas domesticadas por populações indígenas. No princípio, porém, a domesticação não era intencional. Os grupos humanos apenas identificavam vegetais mais saborosos ou úteis, e sua propagação se dava pelo descarte de sementes para perto dos sítios habitados.

DÓRIA, C. A.; VIEIRA, I. C. G. Iguarias da floresta. Ciência Hoje, n. 310, dez. 2013.

A mudança de fenótipo (tamanho dos frutos) nas populações domesticadas de pupunha deu-se porque houve

a) introdução de novos genes.

b) redução da pressão de mutação.

c) diminuição da uniformidade genética.

d) aumento da frequência de alelos de interesse.

e) expressão de genes de resistência a patógenos.

questão 3

(Enem 2014) Embora seja um conceito fundamental para a biologia, o termo “evolução” pode adquirir significados diferentes no senso comum. A ideia de que a espécie humana é o ápice do processo evolutivo é amplamente difundida, mas não é compartilhada por muitos cientistas.

Para esses cientistas, a compreensão do processo citado baseia-se na ideia de que os seres vivos, ao longo do tempo, passam por

a) modificação de características.

b) incremento no tamanho corporal.

c) complexificação de seus sistemas.

d) melhoria de processos e estruturas.

e) especialização para uma determinada finalidade.

questão 4

(Enem 2014) Um novo tipo de replicador surgiu recentemente neste planeta. Ainda está em sua infância num caldo primordial, mas já está evoluindo a uma velocidade que deixa o gene para trás. O novo caldo é a cultura humana. Precisamos de um nome para o novo replicador, que passe a ideia de uma unidade de transmissão cultural, ou unidade de imitação.

Exemplos de memes são melodias, ideias, “slogans”, roupas da moda, modos de fazer potes ou de construir arcos. Os memes propagam-se de cérebro a cérebro por meio de imitação. Se um cientista ouve ou lê uma ideia boa, ele a transmite a seus colegas e alunos. Se a ideia “pegar”, pode-se dizer que ela se propaga por si própria.

DAWKINS, R. O gene egoísta. São Paulo: Companhia das Letras, 1976 (adaptado).

Nesses termos, o paralelo entre a evolução biológica e a evolução cultural somente será válido se

a) o acaso operar com maior intensidade sobre os genes.

b) o processo de seleção de memes for mais intenso que o dos genes.

c) as taxas de mutação de genes e memes tiverem a mesma magnitude.

d) em ambas, as informações estiverem sujeitas a cópia com modificações.

e) ambos os processos forem independentes da configuração de um ancestral.

questão 5

(Enem 2011)

Charge “Banzé na arca de Noé”

Revista Mad. N° 68,1980.

O ser humano é responsável pela seleção de características, por exemplo, tipo e cor da pelagem dos animais domésticos, muitas das quais não eram observadas nos indivíduos selvagens das espécies. Cientistas das universidades de Uppsala (Suécia) e Durham (Reino Unido) explicam que o homem selecionou de forma ativa e proposital os animais domésticos com pelagens curiosas.

Disponível em: http://www1.folha.uol.com.br. Acesso em: 7 abr. 2010 (adaptado).

A partir de suportes diferentes, os quadrinhos e o texto apresentado abordam o mesmo tema, que se refere à seleção

a) natural.

b) direcional.

c) artificial.

d) estabilizadora.

e) cromatográfica.

questão 6

(Enem 2019) Um herbicida de largo espectro foi desenvolvido para utilização em lavouras. Esse herbicida atua inibindo a atividade de uma enzima dos vegetais envolvida na biossíntese de aminoácidos essenciais. Atualmente ele é bastante utilizado em plantações de soja, podendo inclusive inibir a germinação ou o crescimento das plantas cultivadas.

De que forma é desenvolvida a resistência da soja ao herbicida?

a) Expondo frequentemente uma espécie de soja a altas concentrações do herbicida, levando ao desenvolvimento de resistência.

b) Cultivando a soja com elevadas concentrações de aminoácidos, induzindo a formação de moléculas relacionadas à resistência.

c) Empregando raios X para estimular mutações em uma variedade de soja, produzindo a enzima-alvo resistente ao herbicida.

d) Introduzindo na soja um gene específico de outra espécie, possibilitando a produção da enzima de resistência ao herbicida.

e) Administrando a enzima-alvo nos fertilizantes utilizados na lavoura, promovendo sua absorção pela espécie cultivada.

questão 7

(Unesp 2020) Os insetos da ordem Coleoptera têm dois pares de asas, mas as asas do par anterior, chamadas de élitros, são espessas e curvadas, protegendo as delicadas asas membranosas do par posterior. Além disso, os élitros podem apresentar manchas e cores específicas, contribuindo para a camuflagem do inseto no ambiente, como é o caso do Penthea pardalis (besouro leopardo).

Penthea pardalis (besouro leopardo)

Disponível em www.fiocruz.br

Um pesquisador coletou amostras representativas de três populações de besouros leopardo e classificou-os segundo a quantidade e a distribuição de manchas escuras nos élitros. Em cada uma das três populações, a variabilidade fenotípica pôde ser representada pela mesma curva, conforme o gráfico:

Gráfico com variabilidade fenotípica de populações de besouro leopardo

Dez anos após a primeira coleta, o pesquisador voltou aos locais anteriormente visitados e coletou novas amostras representativas das mesmas populações. As proporções fenotípicas da população 1 não sofreram alterações, mas as populações 2 e 3 apresentaram novas proporções de fenótipo, como mostram as curvas do gráfico:

Gráfico com variabilidade fenotípica de populações de besouro leopardo após 10 anos do primeiro estudo

Ao longo dos dez anos de intervalo entre as coletas, a população

a) 3 se estabeleceu em novos nichos ecológicos, nos quais foram selecionadas mutações que levaram à formação de duas novas espécies.

b) 1 não se modificou porque sobre ela não houve ação de seleção natural sobre a variabilidade fenotípica.

c) 3 sofreu intensa pressão seletiva, que favoreceu os indivíduos de fenótipos extremos e eliminou aqueles de fenótipos intermediários.

d) 1 manteve-se fenotipicamente uniforme porque a pressão seletiva favoreceu uma variante fenotípica específica.

e) 2 foi submetida a uma pressão seletiva, que desfavoreceu fenótipos menos escuros e fenótipos mais escuros e favoreceu os indivíduos de fenótipo intermediário.

questão 8

(Unioeste 2020) No bicentenário de nascimento e 150 anos de publicação do livro A Origem das Espécies (1859), as ideias de Charles Darwin (1809–1882) se mantém atuais. Darwin propôs que as populações acumulam diferenças ao longo do tempo, principalmente por seleção natural, processo que ocorre quando indivíduos com certas características fenotípicas sobrevivem e se reproduzem com mais sucesso do que outros indivíduos com características diferentes. Dependendo de quais características são favorecidas, podemos categorizar a seleção natural em diferentes tipos, conforme ilustrado nos gráficos a seguir:

Gráficos com diferentes tipos de seleção natural

Imagens extraídas e adaptadas de https//gratispng.com//png-9K53yc

A partir da interpretação das figuras anteriores, é CORRETO afirmar que:

a) o gráfico A se refere à seleção estabilizadora, que ocorre quando indivíduos de fenótipo intermediário (por exemplo, indivíduos com nariz intermediário) são favorecidos em relação aos demais indivíduos com outros fenótipos.

b) o gráfico B se refere à seleção direcional, que ocorre quando indivíduos com fenótipos de ambos os extremos (por exemplo, indivíduos de nariz grande e pequeno) são favore­cidos em relação aos indivíduos de fenótipo intermediário.

c) o gráfico C se refere à seleção disruptiva, que ocorre quando indivíduos com um extremo de certa característica fenotípica hereditária (por exemplo, indivíduos com nariz gran­de) são favorecidos sobre outros indivíduos (indivíduos de nariz pequeno ou médio).

d) em todos os três tipos de seleção natural, o processo fundamental é que alguns indiví­duos têm características hereditárias que lhes dão uma vantagem de sobrevivência e reprodução.

e) em todos os três tipos de seleção natural, há a desvantagem de um tipo de fenótipo deixar mais descendentes do que indivíduos com outro fenótipo.

questão 9

(Udesc 2018) Charles Robert Darwin (1809–1882) chamou de “abominável mistério” o surgimento, rápida diversificação e dominância das angiospermas no registro fóssil. A explicação encontrada por Darwin foi que a origem das angiospermas teria sido restrita geograficamente com uma rápida expansão. Contudo, ele próprio considerou tal hipótese conjecturalmente pobre. Uma hipótese alternativa foi proposta por Louis Charles Joseph Gaston de Saporta (1823–1895): um conjunto de eventos evolutivos de interações entre angiospermas e insetos teria um papel central na rápida diversificação das angiospermas no Jurássico. A hipótese de Gaston de Saporta foi confirmada, posteriormente, pela ampliação do conhecimento sobre o registro fóssil e por estudos moleculares. A fantástica diversificação dos insetos e angiospermas atuais deve-se, em grande parte, a um padrão de etapas evolutivas graduais. A evidência geral sugere que, em parte, a evolução conduziu os insetos e as plantas a cobrirem o globo atual.

Texto adaptado de História da Ciência e Ensino — Construindo Interfaces; Valdir Lamim-Guedes;
Volume 10, 2014 — pp. 60-69; ISSN: 2178-2911

O “abominável mistério” de Darwin teve uma hipótese alternativa proposta por Gaston de Saporta, a qual foi confirmada pela ampliação do conhecimento dos registros fósseis e estudos moleculares. Sabe-se, hoje, que muitas angiospermas e muitos insetos tiveram um processo evolutivo conjunto.

Esse tipo de evolução em que duas espécies evoluem em conjunto é denominado:

a) coevolução

b) evolução simpátrica

c) evolução alopátrica

d) evolução divergente

e) evolução convergente

questão 10

(UFU 2019) O combate ao mosquito transmissor do vírus da dengue é um problema de saúde pública no Brasil. O uso de inseticidas em larga escala é discutido com cautela pelos cientistas, no que se refere às questões biológicas.

Essa cautela se justifica porque o uso de inseticidas

a) elimina o mosquito, e o vírus busca outro transmissor.

b) induz mutações no vírus e gera resistência a medicamentos.

c) seleciona mosquitos resistentes e torna esse combate ineficiente.

d) aumenta a intensidade da infecção viral e agrava o quadro dos doentes.

e) causará a mutação dos insetos-vetores.

questão 11

(FPS-PE 2018) A evolução, em geral, é um processo lento e gradual. Assim, a origem de novas espécies pode ser explicada quando uma determinada população sofre alterações bruscas, tornando o território inadequado. Acerca do processo evolutivo das espécies, assinale a alternativa correta.

a) Quando as barreiras geográficas são pequenas e as áreas de sobrevivência são grandes, essas áreas recebem o nome de refúgio.

b) Quando o isolamento geográfico impede o cruzamento entre os indivíduos de duas populações, as espécies não são consideradas distintas.

c) As barreiras geográficas podem promover mecanismos de isolamento reprodutivo.

d) Barreiras ecológicas não promovem especiação.

e) Os mecanismos de isolamento reprodutivo prezigótico impedem a fecundação.

questão 12

(Unifacef 2017) A partir de 1982, duas espécies de tentilhões, Geospiza fortis e Geospiza magnirostris, passaram a conviver na mesma ilha do Arquipélago de Galápagos. Ambas apresentavam bicos grandes e conviveram sem problemas porque a oferta de grandes sementes era abundante. Um período de seca nos anos 2003 e 2004 causou uma grande redução na oferta de alimentos, resultando em grande mortandade de pássaros das duas espécies. No entanto, a espécie G. fortis sobreviveu porque nasceram ao acaso descendentes com bicos menores. Estes sobreviveram por terem habilidade em quebrar sementes pequenas e essa característica se propagou nas gerações seguintes. Isso não aconteceu com a espécie G. magnirostris.

Disponível em https://answersingenesis.org. Adaptado.

O aumento da população de Geospiza fortis, em decorrência da redução no tamanho de seu bico e que a tornou mais hábil para quebrar sementes pequenas, retrata um exemplo de

a) cruzamento entre espécies diferentes.

b) seleção natural.

c) seleção sexual.

d) especiação.

e) mutação induzida pelo meio.

questão 13

(UEMG 2017) A planta, a seguir, chama-se Euphorbia obesa e se assemelha muito a um cacto, mas não pertence a essa família de plantas. Porém, assim como os cactos, são encontradas em regiões secas e com insolação abundante.

Planta Euphorbia obesa

Disponível em <http://3.bp.blogspot.com/-Fm73boBMDfA/
U1MSLJIM2xI/AAAAAAAAAA8/tAZX---t13Q/s1600/Euphorbia_obesa_blue_540.jpg>.
Acesso em 05 de outubro de 2016.

A semelhança entre essas plantas e os cactos deve-se ao fato de a Euphorbia ter

a) adquirido esse formato por seleção artificial.

b) perdido suas folhas devido à predação por herbívoros.

c) sido submetida às mesmas pressões seletivas que os cactus.

d) mudado sua aparência para sobreviver a ambientes inóspitos.

questão 14

(Enem 2017) Hospitais de diferentes regiões do país registram casos de contaminação pela superbactéria Klebsiella pneumoniae carbapenamase (KPC), que apresenta resistência à maioria dos medicamentos. Acredita-se que o uso inadequado de antibióticos tenha levado à seleção dessas formas mais resistentes.

De acordo com as teorias darwinistas e neodarwinistas, o surgimento dessa superbactéria ocorreu por

a) aumento da especiação.

b) crescimento populacional.

c) variações no material gênico.

d) ampliação da irradiação adaptativa.

e) potencialização da convergência evolutiva.

questão 15

(Enem 2017) Atualmente, o medicamento de escolha para o tratamento da esquistossomose causada por todas as espécies do verme Schistosoma é o praquizentel (PQZ). Apesar de ser eficaz e seguro, seu uso em larga escala e tratamentos repetitivos em áreas endêmicas têm provocado a seleção de linhagens resistentes.

LAGE, R. C. G. Disponível em: www.repositorio.ufop.br.
Acesso em: 17 dez. 2012 (adaptado).

Qual é o mecanismo de seleção dos vermes resistentes citados?

a) Os vermes tornam-se resistentes ao entrarem em contato com o medicamento quando invadem muitos hospedeiros.

b) Os vermes resistentes absorvem o medicamento, passando-o para seus descendentes, que também se tornam resistentes.

c) Os vermes resistentes transmitem resistência ao medicamento quando entram em contato com outros vermes dentro do hospedeiro.

d) Os vermes resistentes tendem a sobreviver e produzir mais descendentes do que os vermes sobre os quais o medicamento faz efeito.

e) Os vermes resistentes ao medicamento tendem a eliminar os vermes que não são resistentes, fazendo com que apenas os mais fortes sobrevivam.

questão 16

(Enem 2016) Darwin, em viagem às Ilhas Galápagos, observou que os tentilhões apresentavam bicos com formatos diferentes em cada ilha, de acordo com o tipo de alimentação disponível. Lamarck, ao explicar que o pescoço da girafa teria esticado para colher folhas e frutos no alto das árvores, elaborou ideias importantes sobre a evolução dos seres vivos. O texto aponta que uma ideia comum às teorias da evolução, propostas por Darwin e por Lamarck, refere-se à interação entre os organismos e seus ambientes, que é denominada de

a) mutação.

b) adaptação.

c) seleção natural.

d) recombinação gênica.

e) variabilidade genética.

questão 17

(Enem 2012) Charles R. Darwin (1809–1882) apresentou em 1859, no livro A origem das espécies, suas ideias a respeito dos mecanismos de evolução pelo processo da seleção natural. Ao elaborar a Teoria da Evolução, Darwin não conseguiu obter algumas respostas aos seus questionamentos.

O que esse autor não conseguiu demonstrar em sua teoria?

a) A sobrevivência dos mais aptos.

b) A origem das variações entre os indivíduos.

c) O crescimento exponencial das populações.

d) A herança das características dos pais pelos filhos.

e) A existência de características diversas nos seres da mesma espécie.

questão 18

(Enem 2009) Os anfíbios são animais que apresentam dependência de um ambiente úmido ou aquático. Nos anfíbios, a pele é de fundamental importância para a maioria das atividades vitais, pois apresenta glândulas de muco para conservar-se úmida, favorecendo as trocas gasosas.

Segundo a teoria evolutiva de Darwin, essas características dos anfíbios representam a

a) lei do uso e desuso.

b) atrofia do pulmão devido ao uso contínuo da pele.

c) transmissão de caracteres adquiridos aos descendentes.

d) futura extinção desses organismos, pois estão mal adaptados.

e) seleção de adaptações em função do meio ambiente em que vivem.

questão 19

(Enem 2019) Meses depois de deixar o convés do Beagle, Darwin estabeleceu-se em Londres, o coração da Inglaterra. Ansioso para se juntar aos “verdadeiros naturalistas”, Darwin mergulhou no trabalho de redigir a sua pesquisa, realizada durante a viagem no Beagle. Enquanto isso, uma grande ideia estava tomando forma em sua mente. Será que suas reflexões iniciais a bordo do navio estavam certas? Era possível que novas espécies pudessem surgir de velhas espécies? Se fosse possível, como isso poderia ter acontecido?

Fragmento extraído do material educativo da exposição Darwin — Descubra o Homem e a
Teoria Revolucionária que Mudou o Mundo. Instituto Sangari, s/d.

Vários anos após o término de sua viagem ao redor do mundo a bordo do Beagle, Charles Darwin publicou sua revolucionária teoria da evolução das espécies por meio da seleção natural. Graças às reflexões do cientista durante a viagem mencionada no texto, hoje se sabe que

a) as mutações são o único fator responsável pela variabilidade genética nos seres vivos.

b) a seleção natural é o único mecanismo conhecido responsável pelas mudanças evolutivas nos seres vivos.

c) os indivíduos de uma população natural são todos iguais entre si, apresentando forma e comportamento imutáveis.

d) o uso frequente de determinado órgão ou parte do corpo conduz à sua hipertrofia, característica mantida na prole.

e) algumas características podem contribuir para a sobrevivência e reprodução de certos indivíduos em determinado ambiente.

questão 20

(UFPR 2015) Numa planície alagada, bastante estável há milhões de anos, existe uma espécie de arbusto tóxico que produz flores com 10 variedades de cores distintas (fenótipos). Sabendo que as cores das flores em questão são determinadas geneticamente, um pesquisador lançou a seguinte pergunta: por que arbustos que produzem flores azuis são mais abundantes que os que produzem flores de outras cores? Para tentar responder a essa pergunta, o pesquisador investigou cinco parâmetros nos arbustos que apresentam esses 10 fenótipos distintos. De acordo com a teoria da seleção natural, qual parâmetro levantado pelo pesquisador é imprescindível para responder à pergunta formulada?

a) Forma de polinização.

b) Tempo médio de vida.

c) Quantidade de toxinas.

d) Sucesso reprodutivo.

e) Resistência à decomposição.

respostas
Questão 1

Letra E

Ao comparar duas estruturas de dois animais distantes filogeneticamente, podemos identificar várias semelhanças. Isso representa uma evolução convergente, o que comprova que a pressão de seleção natural sofrida por esses animais foi parecida, resultando na característica selecionada.

Voltar a questão
Questão 2

Letra D

Temos, no texto, um tipo de seleção artificial, mesmo que não intencional. Os índios buscavam frutos maiores e mais saborosos. Ao colherem os frutos para servir de alimento e jogarem as sementes em regiões próximas, eles garantiram o sucesso reprodutivo dessas árvores, o que aumentou a frequência dessa característica genética na população.

Voltar a questão
Questão 3

Letra A

O termo evolução é utilizado de várias formas no meio científico e também no senso comum. Com isso, pode haver interpretações erradas. Nem sempre a evolução significa algo benéfico ou maléfico, mais forte ou mais fraco. O significado mais aceito seria de que a evolução é um processo constante e lento de modificação de estruturas ou características.

Voltar a questão
Questão 4

Letra D

Ao analisar a sequência de genes de indivíduos, percebemos que a capacidade de replicação e de modificação é grande. Sendo assim, um gene está disponível para ser copiado, sofrer modificações e ser enviado para seus descendentes. Comparando com a cultura humana, devemos buscar a mesma característica: a velocidade de transmissão, a possibilidade de cópias e de modificações.

Voltar a questão
Questão 5

Letra C

O conceito de seleção natural se refere a pressões de um ambiente que “forçam” que determinadas características sejam testadas. Aquelas que são aptas sobrevivem, e as não aptas são eliminadas. No quadrinho e no texto, temos a explicação de que os humanos selecionaram características em criaturas sem se preocupar com sua importância ou funções, mas sim buscando características advindas de outro tipo de interesse — no caso do texto, o estético —, o que caracteriza uma seleção artificial.

Voltar a questão
Questão 6

Letra D

A questão cita a utilização de um herbicida sobre plantações de soja, o que seria o suficiente para matar a essas plantações. A busca por resistência ao herbicida se faz necessária, e para isso precisamos buscar essas características em alguma outra planta. Após identificar os genes de interesse, devemos introduzir essa nova característica na soja, o que produzirá a resistência desejada.

Voltar a questão
Questão 7

Letra E

Analisando o gráfico, podemos identificar que na população 1 não ouve alteração significativa da quantidade de indivíduos em relação à coloração. Assim, a distribuição continuou a mesma, sendo que a pressão seletiva manteve as três características de manchas.

Observa-se na população 2 que algum tipo de pressão seletiva favoreceu os animais com as manchas intermediárias, com diminuição dos animais mais escuros e mais claros. Percebe-se que na população 3 algum tipo de pressão seletiva favoreceu mais os animais com manchas claras e escuras e houve diminuição dos animais com manchas intermediárias.

Nenhuma população derivou outras espécies, nem sofreu a extinção de algum fenótipo, o que confirma a alternativa E.

Voltar a questão
Questão 8

Letra D

Imagem A — representa uma seleção disruptiva, em que características intermediárias são desfavorecidas, gerando uma distribuição em dois extremos.

Imagem B — representa uma seleção estabilizadora, em que características intermediárias são favorecidas.

Imagem C — representa uma seleção direcional, em que determinada característica é favorecida, gerando distribuição em um dos extremos da curva.

Nos três casos, depreende-se que os seres possuem características que são vantajosas na sobrevivência e reprodução. Por esse motivo, são selecionadas positivamente.

Voltar a questão
Questão 9

Letra A

Vários seres vivos conviveram em conjunto, enfrentando as diversas pressões seletivas dos ambientes, e acabaram desenvolvendo características ligando uns aos outros. Esse padrão é chamado de coevolução, que observamos, por exemplo, em plantas que imitam espécies de insetos e, com isso, auxiliam na perpetuação de uma espécie.

Voltar a questão
Questão 10

Letra C

Toda pressão seletiva, seja ela natural ou artificial, gera consequências em uma população. Com a utilização de um inseticida em larga escala, a chance de se eliminar indivíduos mais fracos e selecionar indivíduos resistentes seria alta. Com a reprodução destes, a população se tornaria totalmente resistente, e essa estratégia não funcionaria mais.

Voltar a questão
Questão 11

Letra C

Uma das formas mais comuns do processo de especiação, ou origem de novas espécies, é o surgimento de barreiras geográficas, pois dois grupos de uma população são separados, impedindo, assim, o processo de reprodução e circulação normal de genes na população, o que consiste em um isolamento reprodutivo.

Voltar a questão
Questão 12

Letra B

Todo processo de seleção natural está relacionado à seleção de características que ofereçam vantagens na sobrevivência ou reprodução de indivíduos.

Voltar a questão
Questão 13

Letra C

Cada ambiente ou habitat realiza uma pressão específica sobre os indivíduos que se encontram nesses locais, e isso pode se repetir em vários ambientes ou habitats diferentes pelo mundo, o que resulta na seleção de características iguais ou semelhantes em indivíduos completamente distintos.

Voltar a questão
Questão 14

Letra C

Ao fazer referência à abordagem neodarwinista, devemos agregar ao conceito de seleção natural o conhecimento de genética. Sabemos que bactérias se reproduzem de várias formas, e uma delas é receber material genético de outras bactérias, o que pode facilitar o surgimento de mutações. Sendo assim, as novas variações das bactérias podem gerar resistência aos medicamentos, como citado no texto.

Voltar a questão
Questão 15

Letra D

Trata-se de um caso de seleção artificial, por utilização de medicamentos, em que os indivíduos resistentes sobrevivem e conseguem se reproduzir, e determinada característica se torna predominante na população. Com isso, os medicamentos se tornam ineficazes.

Voltar a questão
Questão 16

Letra B

Uma das principais semelhanças nas teorias apresentadas por Darwin e Lamarck discorria sobre a presença da adaptação. Em suas observações, os pesquisadores citados percebiam que os animais eram perfeitamente adaptados a seu ambiente. O que divergia nas justificativas e conclusões era a origem dessas adaptações.

Voltar a questão
Questão 17

Letra B

A construção das narrativas de evolução e seleção natural de Darwin chegaram até o limite, considerando o escopo de conhecimento da época, uma vez que as informações necessárias para compreender a origem das variações ou mutações só seriam descobertas muitos anos depois, com o avanço nos estudos da genética, sobre variabilidade e mutações.

Voltar a questão
Questão 18

Letra E

A base da seleção natural que resulta em um processo de evolução é a presença de características favoráveis à sobrevivência no meio. Sendo assim, características de adaptação relacionadas com o meio em que esses animais vivem é um conceito da teoria evolutiva de Darwin.

Voltar a questão
Questão 19

Letra E

A seleção natural é baseada na ideia de que o surgimento de novas características que auxiliam na sobrevivência ou na reprodução são selecionadas e são transmitidas aos descentes. Sendo assim, essas características se perpetuam na população.

Voltar a questão
Questão 20

 Letra D

Nos estudos sobre evolução, consta que o sucesso de uma característica dentro de uma população está sempre relacionada com o sucesso reprodutivo, pois dessa forma novas características podem ser transmitidas para as novas gerações.

  

Voltar a questão