Whatsapp

Exercícios sobre pressão máxima de vapor em soluções

Exercícios de Química

Nossos exercícios testarão seus conhecimentos sobre pressão máxima de vapor em soluções. Também disponibilizamos resoluções comentadas das questões. Publicado por: Diogo Lopes Dias
questão 1

Dadas as soluções aquosas de mesma concentração molar, as quais apresentam os seguintes solutos:

I. C6H12O6

II. C6H8O6

III. KNO3

IV. C63H88CoN14O14P

V. NaCl

As soluções que apresentam a menor pressão de vapor são, respectivamente:

a) I e II.

b) III e IV.

c) III e V.

d) II e V.

e) I e IV.

questão 2

Veja as soluções aquosas a seguir e suas respectivas concentrações:

I- 0,50 mol/L de C6H12O6

II- 0,15 mol/L de C6H12O6

III- 0,25 mol/L de C6H12O6

IV- 0,35 mol/L de C6H12O6

IV- 0,45 mol/L de C6H12O6

Marque a alternativa que apresenta a solução de maior e menor pressão de vapor respectivamente:

a) I e II

b) II e III

c) II e IV

d) II e I

e) V e III

questão 3

(PUC-MG) Os pontos normais de ebulição da água, do etanol e do éter etílico são, respectivamente, 100 oC, 78 oC e 34 oC. Observe as curvas, no gráfico, de variação da pressão de vapor líquido (Pv) em função da temperatura (T).

As curvas I, II e III correspondem, respectivamente, aos compostos:

a) éter etílico, etanol e água.

b) etanol, éter etílico e água.

c) água, etanol e éter etílico.

d) éter etílico, água e etanol.

e) água, éter etílico e etanol.

questão 4

(UFSCar) As curvas de pressão de vapor, em função da temperatura, para um solvente puro, uma solução concentrada e uma solução diluída são apresentadas na figura a seguir:

Considerando que as soluções foram preparadas com o mesmo soluto não volátil, pode-se afirmar que as curvas do solvente puro, da solução concentrada e da solução diluída são, respectivamente:

a) I, II e III

b) I, III e II

c) II, III e I

d) II, I e III

e) III, II e I

respostas
Questão 1

Letra c). Sempre que um soluto é adicionado a um solvente, ocorrem interações entre as moléculas do solvente e as do soluto, que passam a dificultar o processo de evaporação do solvente.

Essa dificuldade é maior nas soluções que apresentam solutos iônicos, pois eles se dissociam, ampliando o número de partículas, logo, o número de interações. Esse fato ocorre nos casos III e V (apresentam metais na sua composição).

Os solutos I, II e IV são moleculares, os quais não se dissociam em água, gerando um menor número de interações com o solvente.

Voltar a questão
Questão 2

Letra d). Observa-se no enunciado que todas as soluções apresentam o mesmo soluto, ou seja, a natureza delas não influencia a pressão máxima de vapor, apenas a concentração. Quando a análise da concentração é necessária, sempre devemos ter o seguinte raciocínio em mente: quanto maior a concentração, maior a quantidade de soluto; assim, menos o solvente evapora, e menor é a pressão máxima de vapor.

A solução II (concentração 0,15 mol/L) terá a maior pressão máxima de vapor, e a solução I (concentração 0,50 mol/L) terá a menor pressão máxima de vapor.

Voltar a questão
Questão 3

Letra a). A análise do gráfico envolvendo pressão de vapor e temperatura deve ser feita sempre da seguinte maneira: quanto mais próximo do eixo y (pressão de vapor), maior será a pressão e menor será o ponto de ebulição. Quanto mais distante, menor será a pressão e maior será o seu ponto de ebulição.

Com esse raciocínio, a curva I é que está mais próxima, e a curva III é a mais distante, logo, a I é o solvente éter (34oC) e a III é o solvente água (100oC). A curva II é o etanol (78o).

Voltar a questão
Questão 4

Letra b). De acordo com a teoria sobre a pressão máxima de vapor, um solvente puro apresentará uma pressão máxima de vapor maior que a pressão do solvente na solução. Quanto maior a concentração da solução, menor será a pressão máxima de vapor.

  • Solvente puro: maior pressão;

  • Solução diluída: pressão menor que a do solvente puro e maior que a pressão do solvente na solução concentrada;

  • Solução concentrada: apresenta menor pressão do solvente.

A análise gráfica envolvendo pressão de vapor e temperatura deve ser feita sempre da seguinte maneira: quanto mais próximo do eixo y (pressão de vapor), maior será a pressão; quanto mais distante, menor será a pressão. Assim, podemos facilmente associar as curvas com o solvente das soluções fornecidas.

  • Solvente puro: curva I

  • Solução diluída: curva II

  • Solução concentrada: curva III

Voltar a questão
Logo Artigo
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas