Topo
pesquisar

Exercícios sobre demografia

Exercícios de Geografia

Para resolver estes exercícios sobre demografia, é preciso compreender não só os dados estatísticos, mas também as dinâmicas populacionais no espaço geográfico. Publicado por: Rodolfo F. Alves Pena
questão 1

 “O processo de envelhecimento nos países desenvolvidos ocorreu muito tempo depois de eles terem adquirido padrões elevados de vida, com redução das desigualdades sociais e econômicas (…). O desenvolvimento social e econômico na América do Norte e Europa Setentrional e Ocidental já estava determinado quando as demandas de uma sociedade que envelhecia (e mesmo as preocupações sobre isso) foram reconhecidas (…).

Nenhum país na América Latina apresenta uma história e um contexto institucional similares. Ao contrário: em quase todos os países, um processo de envelhecimento altamente comprimido começa a ocorrer no meio de economias frágeis e níveis crescentes de pobreza (…)”.

(Adaptado de: LEBRÃO, M. L. O envelhecimento no Brasil: aspectos da transição demográfica e epidemiológica. Saúde Coletiva, vol. 4, nº 017. São Paulo: Editorial Bolina, 2007. p.137).

Diante das considerações acima mencionadas, pode-se concluir que

a) há um processo generalizado de envelhecimento populacional em todo o mundo, o que é explicado pela explosão demográfica vivenciada atualmente pela maioria dos países.

b) a transição demográfica não representa um avanço das sociedades se não for acompanhada por uma política de distribuição de renda e democratização das estruturas sociais.

c) a queda das taxas de natalidade vem se tornando um problema para os países subdesenvolvidos, que atingem os mais altos índices de envelhecimento populacional.

d) ao contrário da América do Norte e da Europa, a América Latina apresenta um envelhecimento médio de sua população, acentuado pelas fragilidades de suas economias e níveis de renda.

questão 2

 “(...) o processo de ocupação espacial da população brasileira, nos últimos 56 anos, foi pautado por uma desruralização e pela concentração da população nas áreas urbanas. Esse fenômeno não se deu de forma homogênea no espaço nacional. As diferenças regionais estão fortemente associadas às diferenças nos timings em que os fenômenos ocorreram em cada região, os quais, por sua vez, decorreram das especificidades regionais (…)”.

(CAMARANO, A. A; BELTRÃO, K. I. Distribuição espacial da população brasileira: mudanças na segunda metade deste século. Rio de Janeiro, IPEA, 2000. p.27).

O fragmento acima descreve alguns pontos da dinâmica demográfica brasileira na segunda metade do século XX. Nesse caso, as expressões desruralização e concentração da população nas áreas urbanas fazem referência, respectivamente,

a) às migrações inter-regionais e à expansão das cidades.

b) ao êxodo rural e às migrações intraurbanas.

c) ao êxodo rural e ao processo de metropolização.

d) às migrações internas e ao início da urbanização brasileira.

e) às migrações inter-regionais e ao processo de metropolização.

questão 3

Em uma determinada província, localizada em um país distante, as autoridades locais registraram o número de 45 mil óbitos durante o período de um ano. Os órgãos oficiais também registraram o total de 65 mil nascidos vivos nessa mesma faixa de tempo.

Assim, considerando que a população total dessa localidade é de 5,5 milhões de habitantes, podemos concluir que a taxa de natalidade, a taxa de mortalidade e o crescimento vegetativo locais são, respectivamente, de:

a) 10,61‰ – 9,12‰ – 1,49‰

b) 10,89‰ – 7,89‰ – 3,0‰

c) 11,20‰ – 8,63‰ – 2,57‰

d) 11,81‰ – 8,18‰ – 3,63‰

e) 12,94‰ – 9,12‰ – 3,82‰

questão 4

(UFRN) A teoria reformista é uma resposta aos neomalthusianos. De acordo com essa teoria, é correto afirmar que:

a) as precárias condições econômicas e sociais acarretam uma redução espontânea das taxas de natalidade.

b) uma população jovem numerosa, devido às elevadas taxas de natalidade, é a causa principal do subdesenvolvimento.

c) o controle da natalidade só será possível mediante rígidas políticas demográficas desenvolvidas pelo Estado.

d) o equilíbrio da dinâmica populacional se dá pelo enfrentamento das questões sociais e econômicas.

respostas
Questão 1

O trecho apresentado pela questão relata as diferenças entre o processo de transição demográfica vivenciado pelos países desenvolvidos e o que atualmente ocorre nos países subdesenvolvidos. Nesses últimos, o processo recente de envelhecimento populacional (consequência direta da transição demográfica) não acontece em sociedades com economias e rendas médias preparadas para tal, o que é corretamente explicado pela alternativa B do exercício.

Alternativa correta: letra B.

Voltar a questão
Questão 2

A desruralização da população brasileira durante o século XX mencionada pelo texto faz referência ao processo de êxodo rural, muito influenciado pela expansão da fronteira agrícola, pela industrialização e pela mecanização do campo, com concentração de terras. Já a concentração urbana representou nesse período o processo de metropolização, com a migração em massa dos habitantes para grandes metrópoles e capitais do país.

Alternativa correta: letra C.

Voltar a questão
Questão 3

Cálculo da Taxa de Natalidade

Nascidos vivos: 65 000

População total: 5 500 000

A taxa de natalidade é a razão entre os nascimentos anuais (N) pela população total (P). Multiplica-se por mil em razão das alternativas estarem em permilagem (partes por mil).

TN = N . 1000
             P

TN = 65000 . 1000
           5500000

TN = 11,81‰ (nessa província nasceram 11,81 pessoas para cada mil habitantes)

__________________

Cálculo da Taxa de Mortalidade

Óbitos: 45 000

População total: 5 500 000

A taxa de mortalidade é a razão entre os óbitos anuais (M) pela população total (P). Multiplica-se por mil em razão das alternativas estarem em permilagem (partes por mil).

TM = M . 1000
             P

TM = 45000 . 1000
            5500000

TM = 8,18‰ (nessa província, morreram 8,18 pessoas para cada mil habitantes).

___________________

Cálculo de Crescimento Vegetativo (CV)

Natalidade: 11,81‰

Mortalidade: 8,18‰

O crescimento vegetativo é a diferença entre a taxa de natalidade (TN) e a taxa de mortalidade (TM).

CV = TN - TM

CV = 11,81 - 8,18

CV = 3,63‰

___________________

Alternativa correta: letra D.

Voltar a questão
Questão 4

A teoria reformista defende que não é o crescimento populacional que determina as condições de pobreza e miséria sociais, mas sim a má distribuição dos recursos. Assim, a dinâmica populacional seria melhor controlada mediante a promoção de medidas de melhorias sociais da qualidade de vida e da distribuição de renda.

Alternativa correta: letra D.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola