Topo
pesquisar

Exercícios sobre História do Comércio

Exercícios de História

Por meio destes exercícios sobre a História do Comércio, você poderá averiguar os conhecimentos que tem sobre as fases da história das trocas comerciais. Publicado por: Cláudio Fernandes
questão 1

Nos anos que se seguiram à Descoberta do Brasil, os portugueses que aqui vieram explorar os recursos naturais do litoral, como o explorador de pau-brasil Fernando de Noronha, estabeleceram uma forma de acordo comercial bastante simples com os indígenas, que forneciam a sua força de trabalho em troca de pequenas mercadorias. Essa forma de acordo era chamada de:

a) fisiologismo

b) fisiocracia

c) mercantilismo

d) duelo

e) escambo

questão 2

(FGV/RJ) A definição do mercantilismo constitui uma tarefa complicada. Entretanto, como afirma o historiador Fernand Braudel, “mesmo que não seja boa, essa etiqueta reagrupa comodamente uma série de atos e de atitudes, de projetos, de ideias, de experiências que marcam, entre o século XV e o XVIII, a primeira afirmação do Estado Moderno em relação aos problemas concretos que ele tinha que enfrentar”. (Fernand Braudel. Civilisation, économie et capitalisme, XVe-XVIII e siècle. Les jeux de l’échange. Paris: Armand Colin, 1979.)

Acerca do mercantilismo, analise as afirmativas a seguir:

I. a partir do século XVI, os Estados Modernos de Inglaterra, Holanda e França organizaram verdadeiras políticas comerciais nacionais com a criação de companhias privilegiadas, baseados na ideia de que o comércio era a atividade mais importante, porque fazia circular o metal precioso, medida e condição de todo o poder;

II. O mercantilismo era o conjunto de ações econômicas (direitos alfandegários e tributos) utilizado para garantir as crescentes necessidades financeiras do Exército, da Administração e da Corte, instrumentos indispensáveis para a consolidação e expansão do Estado Moderno;

III. O incentivo à exportação de produtos manufaturados de valor (objetos de luxo, de moda, perfumes, porcelanas etc.) e as altas tarifas alfandegárias aplicadas aos produtos importados tinham como objetivo exclusivo uma política protecionista de desenvolvimento industrial por meio de uma balança comercial favorável;

IV. Para os governantes que implementaram ações mercantilistas, a reserva de metais acumulada pelos Estados era o principal indicativo do seu poderio econômico.

Assinale:

a) se somente a afirmativa I estiver correta;

b) se somente as afirmativas I e II estiverem corretas;

c) se somente as afirmativas II e III estiverem corretas;

d) se somente as afirmativas I, II e IV estiverem corretas;

e) se todas as afirmativas estiverem corretas.

questão 3

Leia o texto e, a seguir, assinale a alternativa correta:

“Antes de um homem ajudar seu semelhante a cortar uma árvore, tal cooperação tem de ser imaginada. Antes de se efetuar um ato de escambo, a ideia de mútua troca de bens e serviços tem de ser concebida. Não é necessário que os indivíduos tenham consciência do fato de que essa reciprocidade resulte no estabelecimento de laços sociais e na formação de um sistema social. O indivíduo não planeja e executa ações com o propósito de construir uma sociedade. É a sua conduta e a correspondente conduta dos outros que geram os corpos sociais.” (MISES, Ludwig. Ação Humana. São Paulo: Instituto Ludwig von Mises Brasil, 2010. p. 233).

No trecho acima, o economista L. Von Mises destaca a importância das associações humanas dentro do organismo socioeconômico. Segundo essa visão, é correto dizer que:

a) o comércio não precisa levar em conta a ação humana e suas consequências.

b) não é a ação livre dos homens que dá as regras para a atividade econômica, mas sim o Estado.

c) não tem importância a cooperação entre os homens para o crescimento econômico.

d) a livre cooperação e ação dos homens em sociedade é a base para a construção da sociedade.

e) o capitalismo corrompe o homem, que, por sua vez, deve lutar para destruí-lo.

questão 4

No fim da Idade Média, nos mares do norte da Europa e na região do Báltico, estabeleceu-se uma grande agremiação de monopólio comercial, que ficou conhecida como:

a) liga hanseática

b) corporações de ofício

c) guildas venezianas

d) associações flamengas

e) liga de Amsterdã

respostas
Questão 1

Letra E

O escambo é talvez a forma de acordo comercial mais antiga de que se tem notícia. Nela, não há a mediação da moeda como padrão de valor, pois a troca é direta entre o que ambas as partes do acordo têm a oferecer, respectivamente.

Voltar a questão
Questão 2

Letra E

O mercantilismo foi o primeiro sistema comercial de caráter transatlântico e foi elaborado no início da modernidade, tendo vigorado até o século XVIII. O uso dos metais preciosos, ouro e prata, como moeda de troca, bem como as intervenções dos Estados nacionais na atividade econômica, tanto aquelas exercidas na Europa quanto a que era praticada nas colônias, estão entre as características principais desse sistema.

Voltar a questão
Questão 3

Letra D

Mises desenvolveu uma ciência chamada Praxeologia (que vem do grego “praxis”, ação), que trata exatamente da ação humana, das intenções, aspirações, desejos e atribuição de valor que os seres humanos dão às coisas e às relações uns com os outros. Para Mises, a ação e cooperação livres são a base do comércio e da economia de uma forma geral.

Voltar a questão
Questão 4

Letra A

A Liga Hanseática começou por volta do século XIII e seguiu até a entrada da modernidade. Ela teve um importante papel no controle do comércio praticado no norte da Europa, sobretudo no fluxo de mercadorias que chegavam aos portos das cidades do norte.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
artigo
relacionado
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola