Topo
pesquisar

Exercícios sobre função lucro, função receita e função custo

Exercícios de Matemática

Estes exercícios comentados testarão seus conhecimentos sobre a função lucro, função receita e função custo. Publicado por: Luiz Paulo Moreira Silva
questão 1

(ACAFE SC/2015) Uma fábrica produz e vende peças para as grandes montadoras de veículos. O custo da produção mensal dessas peças é dado através da função C = 6000 + 14x, onde x é o número de peças produzidas por mês. Cada peça é vendida por R$ 54,00. Hoje, o lucro mensal dessa fábrica é de R$ 6.000,00.

Para triplicar esse lucro, a fábrica deverá produzir e vender mensalmente:

a) o triplo do que produz e vende.

b) 200 unidades a mais do que produz e vende.

c) 50% a mais do que produz e vende.

d) o dobro do que produz e vende.

questão 2

(UERN/2015) O gráfico apresenta o lucro de uma empresa no decorrer do primeiro semestre de determinado ano:

Os economistas dessa empresa dividiram esse período em dois: primeiro período, de janeiro a abril, em que há um crescimento linear nos lucros; e segundo período, de abril a junho, em que há uma queda nos lucros de R$ 15 mil ao mês. A partir dessas informações, é correto afirmar que o lucro obtido no mês de janeiro foi:

a) R$ 158.000,00.

b) R$ 162.000,00.

c) R$ 164.000,00.

d) R$ 168.000,00.

questão 3

Supondo que o custo total para fabricar sapatos seja dado por C(x) = x3 + 100, em reais, determine:

a) O custo fixo;

b) O preço variável;

c) O custo de fabricação de 10 sapatos;

d) O custo médio da produção dos 10 primeiros sapatos.

questão 4

A produção de um determinado item tem um custo C(x) = 5x + 65. Sabendo que cada um dos itens custa R$ 30,00, quantos deles devem ser produzidos para que o lucro seja de R$ 600,00?

respostas
Questão 1

A função lucro é L(x) = R(x) – C(x). A função custo é C(x) = 6000 + 14x. Já a função receita é R(x) = px, sendo p o preço de mercado e x o número de peças produzidas por mês.

Substituindo a função Custo na função lucro, teremos:

L(x) = R(x) – (6000 + 14x)

Substituindo a função receita nessa função, teremos:

L(x) = px – (6000 + 14x)

Agora faremos dois cálculos distintos: o primeiro para descobrir quantas peças são produzidas mensalmente por essa fábrica e o segundo para descobrir quantas peças devem ser produzidas para triplicar o lucro.

Peças produzidas com lucro normal:

p é o preço de cada peça. Nesse exercício, o preço é 54 reais.

L(x) é o lucro. Nesse caso, R$ 6000,00. A quantidade de peças produzidas para esse lucro será:

6000 = 54x – 6000 – 14x

6000 + 6000 = 54x – 14x

12000 = 40x

x = 12000
      40

x = 300

Peças produzidas com lucro triplicado:

p é o preço de cada peça. Nesse exercício, o preço é 54 reais.

L(x) é o lucro. Nesse caso, o lucro almejado é de 18000 reais, exatamente o triplo do lucro mensal já alcançado por essa fábrica. Então, a equação, com as devidas substituições, fica assim:

18000 = 54x – 6000 – 14x

18000 + 6000 = 54x – 14x

24000 = 40x

x = 24000
      40

x = 600

Observe que 600 é o número de peças produzidas por mês com o lucro mensal triplicado e 300 é o número de peças produzidas por mês com o lucro mensal normal. Dessa forma, sabendo que 600 é o dobro de 300, para triplicar o lucro da fábrica, ela deve dobrar sua produção e vendas.

Alternativa D.

Voltar a questão
Questão 2

Para resolver esse exercício, analisaremos o gráfico para descobrir qual foi o lucro dessa empresa no mês de abril e utilizaremos as siglas: La = lucro de abril, Lj = Lucro de janeiro, Lf = Lucro de fevereiro e Lm = Lucro de março.

De abril para maio, o lucro caiu 15 mil, pois ele cai justamente esse valor por mês.

La = 183000 + 15000 = 198000.

Logo, em abril, houve um lucro de R$ 198000,00.

Entre fevereiro e abril, teremos:

La – Lf = 24000

Como pôde ser visto, o lucro dessa empresa cresceu R$ 24000,00 em dois meses. Isso quer dizer que, se em dois meses essa empresa teve um crescimento de R$ 24000,00, em um mês, utilizando regra de três, o crescimento foi de R$ 12000,00. Portanto,

Lj = Lf – 12000

Lj = 174000 – 12000

Lj = 162000

O lucro em janeiro foi de R$ 162000,00.

Alternativa B.

Voltar a questão
Questão 3

a) O custo fixo é a parte “não variável” da função. Portanto, o custo fixo é R$ 100,00.

b) O custo variável é de x3 reais.

c) Para calcular o custo da fabricação de 10 sapatos, basta substituir x por 10 na função custo:

C(10) = 103 + 100

C(10) = 1000 + 100

C(10) = 1100

Portanto, o custo para fabricar 10 sapatos é R$ 1100,00.

d) O custo médio da produção dos dez primeiros sapatos é o custo para produzi-los dividido pelo número de sapatos produzidos.

Custo médio = 1100
                      10

Custo médio = 110

Logo, cada um dos primeiros 10 sapatos custou R$ 110,00 para ser produzido.

Voltar a questão
Questão 4

L(x) = R(x) + C(x)

L(x) = px + 5x + 65

600 = 30x + 5x + 65

600 + 65 = 30x + 5x

665 = 35x

x = 665
      35

x = 19

Devem ser produzidos 19 itens para que o lucro seja de R$ 600,00.

Voltar a questão
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • SIGA O BRASIL ESCOLA
Exercícios Brasil Escola